quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Bomba contra a Rainha da cocada preta! Agentes de Trânsito registram boletim de ocorrência contra Irlahi

Quatro Agentes de Trânsito deram queixa na delegacia regional de Rosário em desfavor da prefeita Irlahi Linhares (PMDB), por, segundo eles, abuso de autoridade e constrangimento.
 
O boletim de ocorrência n° 291/2014 foi registrado no dia 03 deste mês, no mesmo dia em que teria acontecido o fato, conforme consta na imagem do boletim de ocorrência abaixo.
 
Entenda o caso
 
Segundo relato de um dos agentes que não quis se identificar por medo de represálias, estavam os quatro agentes em ronda rotineira, quando um caminhão teria partido em uma via no sentido contrário ou na contramão, pra ser mais claro. De acordo com o relato, os agentes teriam feito a orientação verbal ao motorista, alertando que o mesmo estava transitando em sentido proibido, quando foram surpreendidos pela prefeita da cidade, que teria passado no local na hora do ocorrido.
 
Ainda de acordo com relatos, Irlahi teria ameaçado descontar dos proventos dos agentes a multa não aplicada ao caminhoneiro na ocasião da “infração de trânsito”. “Ela gritou pra nós no meio da rua dizendo que queria ver a multa na sua mesa o mais rápido possível. Se nós não levássemos a multa, ela iria descontar do nosso salário. Isso foi um constrangimento para nós, funcionários públicos do município”. Disse o declarante.
 
A rua em questão (que passa em frente à prefeitura e Correios) teve uma recente modificação de trajeto. Antes era possível trafegar nos dois sentidos da via, mas, depois da mudança, a rua se transformou em mão única. É justamente aí que está firmada a tese dos agentes, em primeiro orientar os condutores de veículos acerca das mudanças que houve em alguns trechos do centro da cidade, algo que não foi sabiamente compreendido pela gestora maior do município, a prefeita.
 
Pelo que nos foi informado, o município de Rosário está em situação irregular para aplicar multas em condutores de veículos automotores. Segundo informações, o município ainda não regularizou a JARI (Junta Administrativa de Recursos de Infração) e ainda não teria firmado convênio com os Correios, para que, condutores multados, possam recorrer das aplicações de multas.
 
Os agentes de trânsito envolvidos no caso estão denunciando Irlahi por abuso de autoridade, constrangimento e desacato a autoridade.
 
O blog já havia tomado conhecimento do caso um dia após do ocorrido, e repudia qualquer atitude autoritarista de quem quer que seja.
 
Como o regime brasileiro é democrático e todos tem direito a ampla defesa ao contraditório, o blog aguarda a resposta de Irlahi sobre o caso.
 


 

Por Bacabeira em Foco
Postar um comentário

Vereador Joãozinho Freitas homenageia PMs e comandante do Batalhão Tiradentes por salvar vítima de afogamento que pulou da ponte do São Francisco.

Vereador de São Luís Joãozinho Freitas entregou a Moção de Aplausos aos PMs e seu Comandante do Batalhão Tiradentes  por salva a vida ...