segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Auxílio em debate: Proposta do deputado Aluísio Mendes de substituir o auxílio-reclusão por um benefício às famílias de vítimas de assassinato no Brasil.

deputado federal Aluisio Mendes
Gerou forte debate nas redes sociais, desde as primeiras horas da manhã de ontem, a publicação de reportagem de O Estado sobre a proposta do deputado federal Aluisio Mendes (PMB) de substituir o auxílio-reclusão por um benefício às famílias de vítimas de assassinato no Brasil.
De políticos, a professores, passando por militantes dos direitos humanos, a reportagem mobilizou leitores no debate sobre o tema.
Entre eles, estavam o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Rogério Cafeteria (PSC) – que declarou apoio à proposta de Mendes – e o juiz Márlon Reis, para quem uma medida como essa “aumenta o risco social”.
- Submeter a família de um apenado que contribui para a Previdência ao abandono completo aumenta o risco social -, opinou o magistrado.
Cafeteira rebateu: - Risco social maior corre a família que tem seu chefe morto por um marginal.
Pela proposta de Aluisio Mendes o auxílio previdenciário hoje destinado a famílias de presos – com o teto atual de R$ 1.157,00 – seria revertido aos familiares das vítimas de assassinato.
- No nosso país, há uma inversão de valores. As pessoas de bem, vítimas da criminalidade, perdem seus entes queridos e não recebem nenhum amparo do Estado. É preciso reverter essa injusta realidade -, defendeu o parlamentar.

Nenhum comentário:

Maternidade Maria do Amparo retorna as suas atividades em São Luís

Em São Luís, as portas da Maternidade Maria do Amparo, no bairro do Anil, foram reabertas. O funcionamento foi suspenso no dia 11 de deze...