sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Presidente da câmara de Rosário tem total culpa no corte da luz da Câmara

Presidente da câmara Kiko sequer fiscalizou para ver  como estava a gestão do antecessor presidente da câmara Agenor Brandão.
O Presidente da câmara de Rosário, Kiko nunca  fiscalizou a prefeita Irlahi, que está sucateando a saúde e nem o  presidente câmara  anterior  Agenor Brandão, que deixou 4 contas que nunca foram pagas que gerou o corte da luz da câmara de Rosário.

A juíza Karine decretou a volta do fornecimento de energia a câmara onde a segundo a assessoria jurídica da Câmara, a Resolução Normativa 414/2010 da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL proíbe esse tipo de interrupção e por isso vai acionar judicialmente a CEMAR. (Art – 172, §2º É vedada a suspensão do fornecimento após o decurso do prazo de 90 (noventa) dias, contado da data da fatura vencida e não paga, salvo comprovado impedimento da sua execução por determinação judicial ou outro motivo justificável, ficando suspensa a contagem pelo período do impedimento).

Um ato de irresponsabilidade do próprio presidente atual da Câmara Kiko,   que sequer tomou conhecimento como vereador para ver  como estava pelo menos a conta de luz da Câmara, isto só mostra a falta de interesse do legislativo municipal em fiscalizar a prefeita Irlahi onde o hospital SESp, está sem medicamentos, Agora fica a pergunta se fosse um cidadão comum com 4 contas atrasadas será que sua luz iria ser regularizada estabelecida e seu direito pleno exercido com a palavra a população de Rosário.

Nenhum comentário:

Grupos começam a ser formados para as eleições de 2020 em Rosário

Grupo de Coalizão formado por Willame Anceles Clavet Filho e Kiko e vereadores que teve a participação da Dra. Cláudia . Em Rosário a ...