quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Senai terá Centro de Educação Profissional e Tecnológica no Distrito Industrial de Rosário

O presidente da Fiema, Edilson Baldez das Neves(dir), e o secretário de estado de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Maurício Macedo e o diretor regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).
 
O Centro de Educação Profissional e Tecnológica de Rosário será o primeiro do Senai a ser edificado dentro de um Distrito Industrial no Maranhão. Para o presidente da Fiema, este fato dará agilidade não só no atendimento das demandas já existentes como facilitara a percepção de demandas futuras

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), Edilson Baldez das Neves, o secretário de estado de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Maurício Macedo e o diretor regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e superintendente do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), Marco Antonio Moura, assinaram o contrato de venda de um terreno em Rosário, onde será instalado o prédio permanente do Centro de Educação Profissional e Tecnológica do Senai, na região.

Com 40 mil metros quadrados, o terreno está localizado dentro do Distrito Industrial de Rosário, ás margens da MA-110, que liga a cidade à BR-135, e servirá para atender as indústrias que estão em operação dos segmentos, siderúrgico, petroquímico, construção civil, panificação, cerâmica e de mineração que atuam na região, com cursos de formação técnica, serviços laboratoriais e de consultoria.

Segundo presidente da Fiema, o fato da nova unidade está dentro do Distrito Industrial da cidade facilitará o atendimento das indústrias, no que diz respeito a qualificação de mão de obra, além de serviços técnicos e tecnológicos.

“Será a primeira unidade do Senai que será edificada dentro de um Distrito Industrial no Maranhão. Isso dará agilidade não só no atendimento das demandas já existentes como facilitara a percepção de demandas futuras”, afirmou Baldez.

Na ocasião, o presidente da Fiema ainda informou ao secretário Maurício Macedo que as unidades móveis que o Senai recebeu em 2013 serão usadas para atender ás demandas de empresas industriais espalhadas por todo o estado. “Já estamos preparando o envio delas para as regionais do Senai, que passarão a administrar a utilização destas carretas para treinar profissionais e qualificar maranhenses para trabalhar na indústria”, disse.

Para o secretário Maurício Macedo, a iniciativa do Sistema Fiema por meio do Senai, terá ganhos para a região. “Rosário entrará em um novo patamar de desenvolvimento, porque se poderá atender as indústrias que estão instaladas lá e as que estão em instalação. É importante que esta escola do Senai esteja nesta região para qualificar pessoas para ocupar os cargos que serão abertos na área técnica nestes empreendimentos”, afirmou Macedo.

De acordo com o diretor regional do Senai e superintendente do IEL, Marco Antonio Moura, o próximo passo será abrir a licitação para escolher a empresa que irá executar a obra. “Faremos isso ainda no primeiro semestre deste ano, para começar as obras até o meio do ano”, afirmou Moura.

Nenhum comentário:

Escola em Rosário fica sem aula por falta de pagamento de energia elétrica por parte da prefeitura..

Alunos estão 3 dias sen aulas e os pais querem uma solução rápida  Faz 3 dias que os alunos da Unidade Integrada José Maria Saldanha,...