quinta-feira, 27 de julho de 2017

Morador de Rosário denuncia a falta de equipamento de Raio-x em hospital SESP e em SANTA RITA prefeitura lança “DISK HOSPITAL”

A saúde da cidade de Rosário que fica 60 quilômetros da capital São Luís, está um caos o hospital da cidade SESP, esta sucateado a prefeita Irlahi,não investir na saúde da cidade que está um caos.


Um   morador de Rosário por nome Gustavo Leal, denunciou nesta quinta-feira (27), a falta de atendimento médico no hospital do SESp, na cidade de Rosário, onde segundo  Gustavo,  o seu filho acabou   machucando o pé no raio da bicicleta e  procurou atendimento  médico no hospital SESp, chegando no hospital pediram para  bater um raio-x  do pé da criança,  mais o Raio-x do hospital não está funcionado está quebrado sucateado.O morador  Rosarinse acabou levando  o seu filho com pé machucando sem atendimento para a clínica particular da prefeita Irlahi, onde a prefeita investir todo dinheiro da saúde da cidade na sua clínica deixando o hospital da cidade sucateado " Engraçado que a clínica da prefeita tem Raio-x,  já no hospital de Rosário não tem infelizmente terei que paga porque é pelo meu filho mais isso é muita falta de vergonha e falta de respeito com o povo rosariense", desabafou o denunciando o  morador rosarinse.

 Já em Santa Rita a história é outra.





O prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo, lançou na última terça-feira (25), um serviço inovador, que trará melhoria e eficiência no sistema municipal de Saúde, trata-se do Disk Hospital. A partir de agora qualquer morador da cidade e dos povoados vão poder marcar consultas, fazer chamadas de emergências e obter informações sobre pacientes através de dois números. 



De acordo com Hilton Gonçalo, o serviço visa modernizar a rede municipal de Saúde. “Agora o morador dos povoados distantes, não vai precisar se deslocar até a sede para marcar uma consulta. De casa, ele vai poder marcar uma consulta através do telefone”, explicou o prefeito.
Além da marcação de consultas, Hilton Gonçalo também quer agilizar o serviço de emergência da cidade por isso, os dois números também serão utilizados para chamados que necessitam de urgência de atendimento. Assim como serão disponibilizados veículos para levar pacientes até a capital maranhense para realizar procedimentos como hemodiálise ou outros tratamentos.


Postar um comentário

Envolvido em duplo homicídio de terceirizados da Cemar se apresenta à SHPP

Se apresentou com a presença de um advogado à Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) na tarde desta terça-feira (22) o...