quarta-feira, 4 de junho de 2014

Depois de oito dias parados, ônibus voltam a circular hoje

Após oito dias recolhidos às garagens das empresas, os ônibus voltaram a circular em São Luís à 0h de hoje. Em assembleia geral realizada na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Maranhão (Sttrema), na Rua Afonso Pena, na tarde de ontem, a categoria decidiu cumprir a determinação da Justiça do Trabalho de manter 70% da frota de ônibus em circulação. Mas os trabalhadores permanecem em estado de greve até o julgamento da ação de execução do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) 004/2011 que prevê melhorias no sistema de transporte coletivo da capital.
Em reunião realizada na manhã de ontem, na Promotoria de Defesa do Consumidor, com o Sttrema e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET), a promotora de Defesa do Consumidor, Lítia Cavalcanti, pediu aos rodoviários que recolocassem 70% da frota em circulação para garantir o transporte à população, aguardando o julgamento da ação de execução do TAC, pela 4ª Vara da Fazenda Pública. Também foi acordado, de forma temporária e paliativa, um reajuste salarial de 7% aos rodoviários.
Os sindicatos patronal e dos trabalhadores acordaram o abono das faltas e ficou assegurado o pagamento do salário referente ao mês de maio. Diante das propostas consideradas favoráveis, a diretoria do Sttrema convocou assembleia geral na tarde de ontem para repassar à categoria os pontos discutidos durante a reunião.
70% aprovado - Cientes da nova situação das negociações, a categoria decidiu, por unanimidade, pela retomada de 70% da frota de ônibus de São Luís a partir da 0h de hoje, conforme prevê determinação judicial da desembargadora Ilka Esdra, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), assinada em 21 de maio, um dia antes do início do movimento grevista. “A volta de parte da frota às ruas representa um avanço nas negociações, que até agora estavam travadas, já que os empresários, em todas as rodadas, não apresentavam propostas de reajuste, alegando não terem condições financeiras de arcarem com os novos valores dos salários”, disse Isaías Castelo Branco, secretário do Sttrema.
Mas a diretoria do sindicato destacou que o percentual colocado em circulação é relativo a 806 ônibus, que é o total da frota que efetivamente atende aos usuários do serviço de transporte coletivo da capital. “Desde a decisão da Justiça que determinou que 70% da frota continuasse em circulação, foi levado em consideração uma frota de 1.100 veículos, mas nós sabemos que não é esse o total que é colocado em circulação nas ruas de São Luís diariamente”, informou Gilson Coimbra, presidente do Sttrema.
Estado de greve – Apesar da retomada do serviço de transporte coletivo, a categoria permanece em estado de greve. “É importante destacar que a categoria permanece em estado de greve. Estamos atendendo ao pedido da promotora Lítia Cavalcanti, porque isso demonstra nossa disposição em avançar nas negociações e resolver o problema, além de contar como um ponto favorável durante o julgamento do dissídio”, afirmou Gilson Coimbra, presidente do Sttrema.
Os rodoviários vão manter 70% da frota em circulação até o julgamento da ação de execução do TAC. Segundo Lítia Cavalcanti informou aos diretores do sindicato durante a reunião, o mérito da ação deve ser julgado em até cinco dias. “Caso a decisão não seja favorável à categoria, podemos retomar o movimento grevista do ponto em que estava”, informou Gilson Coimbra.
Multa - O Sttrema informou ainda que recorreu da multa pelo descumprimento da decisão da desembargadora Ilka Estras, do TRT, que determinou que 70% da frota permanecesse em circulação durante o movimento grevista. Até ontem, o valor da multa dos rodoviários era de R$ 956 mil. A greve dos rodoviários teve início de forma parcial à 0h do dia 22 de maio e desde a 0h do dia 27 paralisou toda a frota de ônibus de São Luís, deixando 740 mil usuários do sistema de transporte coletivo sem locomoção. Hoje, a greve da categoria completa 14 dias e já é a segunda maior desde 2006. Em 2012, o movimento durou 17 dias.

O Estado do Maranhão

Nenhum comentário:

Jovem de Rosário morre ao ser atropelada por caminhonete em São Luís; o motorista atropelador fugiu

Uma jovem identificada como Rosany Alves, residente na cidade de Rosário, morreu, na madrugada deste domingo (27), em São Luís, vítima de at...