domingo, 31 de maio de 2015

Sede do Detran-MA na capital aumenta horário de atendimento ao público

A partir desta segunda-feira (1º), os usuários do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) terão uma hora a mais para utilizar os serviços da instituição em São Luís. O atendimento ao público passa a ser feito de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30. A medida, autorizada pela Portaria 569, tem como principal objetivo seguir a política do governo Flávio Dino em oferecer um serviço público melhor e mais eficiente ao cidadão.
A Portaria muda, também, o horário de realização dos exames práticos de direção veicular realizados na sede do Detran-MA na capital. A partir do dia 1º, o horário será de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 17h30. A mudança beneficia diretamente os alunos das Centros de Formação de Condutores(CFCs), com o aumento de vagas para a realização das provas.
“Proporcionar uma hora a mais para o usuário do Detran-MA vai diminuir o tempo de espera de quem precisa dos serviços da instituição e ajuda a acabar com a superlotação na sede, um problema antigo que o Governo do Estado está buscando resolver”, explica o diretor geral do Detran-MA, Antônio Nunes.
Nos postos do Detran-MA em São Luís e nas Ciretrans, o horário de atendimento permanece o mesmo.

sábado, 30 de maio de 2015

Polícia Militar impede resgate de detento do Socorrão II em São Luís

Dois policiais militares e um agente penitenciário impediram na noite desta sexta-feira (29) o resgate do detento Wadson Romário dos Santos, internado no hospital Socorrão 2, em São Luís.

O episódio aconteceu por volta das 20hs desta sexta-feira, quando um carro branco com seis pessoas parou próximo ao hospital. Um homem e duas mulheres portando armas de fogo desceram do carro e começaram a atirar, mas foram detidos pela equipe de segurança que fazia a escolta do detento.

Wadson Romário dos Santos estava foragido e foi detido nesta quinta-feira (28), numa operação da Polícia Militar. Os suspeitos que tentaram invadir o hospital para resgatar o detento foram encaminhados para a Delegacia da Cidade Operária.

Uma verdade: “Ninguém mais nasce em Rosário”, denuncia gestor Regional de Saúde

Willame Anceles cobrando a retomada da obra do hospital Regional de Rosário.
O gestor de Saúde da Unidade Regional de Rosário, Willame Anceles (PSB) participou da audiência pública sobre a situação da saúde materno-infantil do Maranhão, realizada nesta quinta-feira (28), na Assembleia Legislativa.Presidida pela deputada estadual Valéria Macedo (PDT), a audiência pública abordou os números do aumento da mortalidade materna no estado, a melhoria da assistência obstétrica e neonatal da rede, déficit de leitos e recursos humanos, fechamento de maternidades e a realização de concurso público.
Durante o debate, o rosariense Anceles fez um pronunciamento criticando a prefeita Irlahi Linhares (PMDB) que, segundo ele, proibiu a realização de partos e cirurgias em geral no Hospital SESP, principal unidade de saúde do município. A prefeita já é alvo, inclusive, de uma CPI que  apura irregularidades na Saúde de Rosário.
“Ninguém mais nasce em Rosário desde 2013, depois que a gestão municipal proibiu a realização de partos e cirurgias em geral. Toda semana as mães rosarienses vivem uma verdadeira odisseia”, desabafou.

Ao defender a retomada das obras do Hospital Regional de Rosário, o gestor Regional de Saúde, afirmou que a construção da unidade seria a única forma de Rosário deixar de ‘exportar’ seus nativos para cidades vizinhas.
“Precisamos unir forças para que a obra de construção do Hospital Regional de Rosário se torne uma realidade, pois só assim o município vai deixar de exportar seus nativos para cidades vizinhas”, declarou.
ENCAMINHAMENTOS

Ao final da audiência, foram fixados vários encaminhamentos acerca dos problemas discutidos. As principais medidas são: reunião para discutir a estruturação das regionais com Secretaria de Estado da Saúde, Conselho Regional de Saúde, Ministério Público, Defensoria Pública e Associação dos Conselheiros Tutelares; exigência de médico plantonista nas maternidades privadas (vigilância sanitária); realização de concurso público para profissionais da saúde; curso de capacitação em obstetrícia para enfermeiras; capacitação de todas as parteiras do estado do Maranhão; solicitação de Mapeamento de Rede; criação de uma Coordenação de Estatística na Secretaria de Saúde; solicitação de informações sobre o Comitê de Monitoramento de Mortalidade Materno, Infantil e Fetal; reestruturar as maternidades já existentes, com equipamentos, reformas e ampliação das casas de parto; fortalecimento e estímulo do Fórum Perinatal; fortalecimento da Rege Cegonha.
E ainda: capacitação em obstetrícia dos médicos e profissionais que trabalham no interior do estado; cofinanciamento do Estado na Política de Atenção Primária em Saúde (Equipe de Saúde da Família, Equipe Saúde Bucal, Laboratório de Prótese Regional e CEOS); avaliação de cobertura da estratégia da saúde da família e incentivo ao aumento dessa cobertura bem como capacitação da equipe; criação de Grupo de Trabalho Paritário para construção de linha de cuidado e definição de linha de cuidado.

Do blog de Isaias Rocha 

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Encerra quarta-feira (03) prazo para prefeituras apresentarem projetos para São João 2015

Para viabilizar a realização dos festejos juninos nos municípios maranhenses, o Governo do Estado vem articulando junto às prefeituras uma série de convênios, que irão garantir o fomento às festas de São João que acontecem no interior. Para isso, mantém, até a quarta-feira (3), o prazo de recebimento das propostas e submissão de documentação obrigatória para celebração dos convênios.

Da mesma forma como realizou durante o Carnaval deste ano, o governo Flávio Dino trabalha de forma conjunta à Assembleia Legislativa e as Secretarias de Cultura e a de Assuntos Políticos e Federativos, que estão responsáveis por gerenciar todo o processo, visando garantir que os investimentos do Estado cheguem à população de todo o Maranhão.

Oriundo do Tesouro Estadual, o recurso disponibilizado a cada parlamentar deverá ser distribuído de forma descentralizada e, para isso, o Governo do Estado implementa novidades no processo de convênio do São João. Dentre elas, destaque para a definição de que cada cidade somente poderá ser pleiteada duas vezes.

O secretário de Estado de Assuntos Políticos e Federativos, Márcio Jerry, destacou que o diálogo permanente com os municípios. “Desde o início, o Governo do Maranhão tem mantido diálogo permanente com os municípios, estabelecendo importantes parcerias em várias áreas, inclusive na cultura”.

Com prazo de submissão das propostas de convênio mantida até a próxima quarta-feira (3), o Governo do Estado planeja em seguida realizar ato coletivo de assinatura dos convênios aprovados.

“Com este investimento do governo Flávio Dino, as Prefeituras poderão investir de forma mais setorizada na promoção dos festejos juninos. É uma ação destinada à promoção de política pública estruturante, por se tratar de uma forma de proporcionar a salvaguardada de manifestações e grupos populares do interior do Maranhão, que deverão contar com o investimento estadual por meio do repasse a ser realizado para as prefeituras”, declarou a Secretária de Estado da Cultura, Ester Marques.

Critérios

Para formalização do convênio, a Prefeitura, por meio de seus representantes, deve protocolar na Secretaria de Estado da Cultura (Centro Histórico, São Luís), um projeto de aplicação do recurso, devidamente encaminhado junto a documento que demostre intenção de um parlamentar da Assembleia Legislativa em aplicar o recurso disponível.

Além do projeto, devidamente orientado com indicação parlamentar, as Prefeituras devem apresentar habilitação documental exigida, e que se encontra disponível no site da Secretaria de Estado da Cultura: www.cultura.ma.gov.br.

O procedimento de submissão das propostas de convênio pelas Prefeituras pode ser protocolado no horário das 13h30 às 19h.

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Após CPI da Saúde, prefeita de Rosário Irlahi e vereadores aliados tentam impedir investigações

Prefeita de Rosário Irlahi Linhares tenta impedir CPI da Saúde.
Depois da mobilização que contou com apoio da própria base governista para o pedido de criação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) na Câmara Municipal de Rosário para investigar irregularidades na saúde, a prefeita Irlahi Linhares (PMDB) resolveu colocar em prática uma manobra para tentar barrar as investigações do colegiado: a desmoralização pública dos vereadores que assinaram o pedido.

Pelo regimento da Câmara, uma CPI pode funcionar mesmo sem apreciação do plenário, desde que tenha assinaturas suficientes para sua criação. Foi o que ocorreu com a CPI da Saúde em Rosário que obteve um total de assinaturas mais do que suficiente: foram dez dos treze parlamentares que apoiaram a proposta.

Para tentar esvaziar o colegiado, desde a semana passada, Irlahi realiza reuniões às escondidas e na calada da noite para convencer os aliados a desistirem do pedido. Dos dez que assinaram, quatro já havia declinado da proposta. Dois deles, inclusive, ajudaram a cassar a prefeita no final de junho de 2013. O blog vai divulgar os documentos nos próximos dias.

Veja uma das manobras da prefeita de Rosário Irlahi linhares  com vereadores aliados a manobra se chama, manobra de revezamento para não haver a CPI.

A cada sessão um grupo de vereadores aliados não comparecem para que não acha a sessão para esfriar a CPI, eles ficam revezando para enganar até o povo rosariens.


Sessão da Câmara é suspensa em Rosário

A sessão da Câmara Municipal de Rosário que seria realizada nesta segunda-feira (25) foi suspensa por falta de quórum, segundo argumentou o presidente da Câmara, vereador Agenor Brandão (PV).

O prazo regimental para iniciar a sessão é às 17h, com tolerância de atraso de apenas 15 minutos. Segundo Brandão, o prazo tolerável foi extrapolado e ele iniciou e encerrou a sessão por falta de quórum.

Os vereadores Léo Cavalcante (PTB), Pedrosa Necó (PSB), Sandro Marinho (PSD), Carlos do Remédio (SD), Jardson Rocha (PP), Preto do Raça (PP), Kiko (PP), Nazareno Barros (PTdoB), Magno Nazar (PRP) e Ademar do Sindicato (PRP) estavam na câmara, mas muitos deles não estavam em plenário. Segundo Brandão, foram feitas três chamadas para iniciar a sessão. Já haviam sete inscritos no livro para os expedientes.

Os vereadores ficaram indignados com a não realização da sessão e prometeram fazer uma manifestação com carro de som na frente do parlamento rosariense.


Nair Portela vence na consulta prévia para reitoria da UFMA

Com mais de 50% dos votos apurados, a candidata Nair Portela Silva Coutinho, vence a consulta prévia para a reitoria da Universidade Federal do Maranhão, realizada nesta quarta-feira (27). Nair será a primeira mulher a ocupar o cargo máximo da Instituição. Já o candidato a vice-reitor, Fernando Carvalho Silva, vence a consulta com 57,21% dos votos.
Segundo a Presidente da Comissão Coordenadora da Consulta Prévia à Comunidade Universitária, Elisa Lago, esta é apenas uma parcial. “Ainda faltam nove municípios onde funcionam os cursos do PROEB. Estamos aguardando as urnas chegarem para darmos continuidade a apuração”, explicou.
A consulta prévia foi realizada das 8h às 21h30, em todos os centros (CCH, CCSo, CCET, CCBS, HUUFMA – Unidades Presidente Dutra e Materno Infantil, Ceb Velho, Colégio Universitário, Núcleo de Esportes, Odontologia, Farmácia, Faculdade Medicina – antigo Ila, onde votam os servidores do Cristo Rei, Saúde Pública e DAC, Paulo Freire – curso de Enfermagem, Ciências Biológicas e Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia, Prefeitura de Campus, além dos Campus de Bacabal, Balsas, Chapadinha, Codó, Grajaú, Imperatriz, Pinheiro e São Bernardo).
Para Nair Portela, esse é um momento de grande satisfação uma vez que este é o resultado de um trabalho coletivo onde as pessoas contribuíram fortemente, cada qual com sua experiência, com sua colaboração efetiva para que chegassem a esse final tão feliz. “Estou muito satisfeita porque nós conseguimos tudo aquilo que foi planejado com muito carinho e cuidado e muita competência, para que possamos dar continuidade no trabalho maravilhoso que foi feito nessa gestão, para que a gente possa avançar e atender realmente a necessidade do nosso estado com uma formação qualificada dos nossos alunos, tanto da graduação quanto da pós-graduação. Essa é uma festa da democracia”, comemorou.
Ela falou ainda sobre o fato de ser a primeira reitora na história da Universidade. “É uma questão histórica o fato de eu ser a primeira mulher a assumir a instância máxima da Universidade, justamente quando a Universidade fará, no próximo ano, 50 anos e eu serei, portanto, a primeira reitora da Universidade Federal do Maranhão. Muito me honra e eu fico muito comovida”, conclui.

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Veja a reportagem em video da operação ‘Cayenne’ de desvio de quase R$ 34 milhões da educação

A Polícia Civil deflagrou nesta quarta-feira, 27, a Operação "Cayenne", que prendeu quatro suspeitos de integrarem uma quadrilha acusada de desviarR$ 33, 78 milhões na Universidade Virtual do Maranhão (Univima), entre 2010 e 2013. As investigações começaram a partir do resultado de auditorias realizadas pela Secretaria de Estado de Transparência e Controle (STC), que revelaram desvio de verbas públicas, no governo passado. Os presos na operação "Cayenne" foram apresentados pela Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção, na sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública. A Operação 'Cayenne’ envolveu diversos entes do Estado.

Entre os presos estão Paulo Giovanni Aires Lima, José de Ribamar Santos Soares, Inaldo Damasceno Correa e Valmir Neves Filho. Eles são suspeitos de desviar aproximadamente R$ 34 milhões da Univima. Na ação, foram apreendidos carros de luxo; joias, estimadas em mais de meio milhão de reais; e relógios de luxo, alguns deles superando R$ 20 mil. As buscas e apreensões foram realizadas em mansões na cidade de São Luís.


Operação ‘Cayenne’ prende suspeitos de desviar quase R$ 34 milhões da educação

Materiais e artigos de luxo encontrados com os suspeitos pela Polícia Civil durante a ‘Operação Cayenne’.
A Polícia Civil deflagrou nesta quarta-feira, 27, a Operação "Cayenne", que prendeu quatro suspeitos de integrarem uma quadrilha acusada de desviarR$ 33, 78 milhões na Universidade Virtual do Maranhão (Univima), entre 2010 e 2013. As investigações começaram a partir do resultado de auditorias realizadas pela Secretaria de Estado de Transparência e Controle (STC), que revelaram desvio de verbas públicas, no governo passado. Os presos na operação "Cayenne" foram apresentados pela Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção, na sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública. A Operação 'Cayenne’ envolveu diversos entes do Estado.


Entre os presos estão Paulo Giovanni Aires Lima, José de Ribamar Santos Soares, Inaldo Damasceno Correa e Valmir Neves Filho. Eles são suspeitos de desviar aproximadamente R$ 34 milhões da Univima. Na ação, foram apreendidos carros de luxo; joias, estimadas em mais de meio milhão de reais; e relógios de luxo, alguns deles superando R$ 20 mil. As buscas e apreensões foram realizadas em mansões na cidade de São Luís.

Auditores do Estado realizaram serviços de auditoria na Univima e desvendaram um esquema de desvio de recursos públicos do órgão através de fraude no sistema financeiro do Estado, o Siafem.

O esquema fraudulento funcionava da seguinte forma: os ordenadores de despesa do órgão realizavam pagamentos normais aos credores do órgão, que tinham contratos em vigor e que apresentaram faturas a serem pagas. Depois da emissão das ordens bancárias e de confirmar o pagamento pelo banco, o responsável pelo setor financeiro cancelava o pagamento no sistema Siafem e lançava novo pagamento, dessa vez, para empresas fantasmas, usadas apenas para desviar os recursos públicos. A fraude foi realizada durante três anos.Nesse período, os órgãos foram comandados pelos ex-secretários Olga Simão e José Costa.

“Ao receber o relatório de auditoria apontando a fraude, instauramos um procedimento na Corregedoria Geral do Estado para investigar os fatos e depois compartilhamos as provas e relatórios com a Polícia Civil. Ainda não é possível afirmar o envolvimento de servidores de alto escalão, mas a Corregedoria Geral do Estado, vinculada à Secretaria de Transparência, aprofundará as investigações”, destacou o secretário de Transparência e Controle, Rodrigo Lago, ressaltando que um dos compromissos da atual gestão é a transparência e o combate à corrupção.

O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, destacou o trabalho sério e imparcial realizado pelo governo Flávio Dino no combate ao desvio de recursos financeiros no estado. “A operação visa o combate à corrupção em todas as suas formas. Esses desvios não atingem apenas o patrimônio de forma individual, mas lesa a coletividade. O sistema penal não deve olhar nomes, sobrenomes e cargos. Foi o que foi feito”, pontuou.

O delegado-geral da Polícia Civil, Augusto Barros, destaca que a operação deflagrada nesta manhã é o cartão de apresentação da nova superintendência. “A operação visa investigar desvios na monta de R$ 34 milhões da Univima, a partir de ordens de pagamentos bancários feitos de forma fraudulenta e com vistas à simulação de pagamento de fornecedores”, destacou. O delegado acrescentou a importância da parceria existente entre a Polícia Civil e o Ministério Público, que tem promovido resultados expressivos nas ações desencadeadas no combate ao desvio de verbas. “A partir dessa colaboração, foi viável essa ação. É importante salientar que a operação está apenas em sua 1ª etapa, e ainda não podemos dimensioná-la. Mas, é certo que as investigações vão prosseguir, e em breve, provavelmente, teremos fatos novos” explicou.

O promotor de justiça José Osmar Alves frisou o trabalho em parceria desenvolvido pelas instituições. “A parceria entre o Ministério Público e a Polícia Civil está dando certo e vai continuar dando muitos resultados em curto espaço de tempo. Estamos cumprindo a lei. O poder judiciário com apoio do aparato policial vai responsabilizar quem estiver envolvido em esquemas fraudulentos, independente de quem seja”, pontuou.

O delegado Ricardo Moura, que preside o inquérito, informou que os desvios investigados na Univima ocorreram entre 2010 e 2012. “Com a operação deflagrada nesta quarta-feira (27), conseguimos obter várias provas. Os funcionários presos na ação apresentavam patrimônio incompatível com a s rendas declaradas por eles”, afirmou.

O balanço da ação foi apresentado na tarde desta quarta-feira (27), em uma coletiva de imprensa, realizada no auditório da Secretaria de Segurança Pública. Estiveram presentes, o secretário de segurança pública, Jefferson Portela; o secretário de Transparência e Controle, Rodrigo Lago; o delegado-geral da Polícia Civil, Augusto Barros; o delegado Ricardo Moura, da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção; e o promotor de justiça José Osmar Alves.


Combate à corrupção

Tratadas como prioridade pela gestão Flávio Dino, as ações de combate à corrupção já apresentaram diversos resultados nestes cinco primeiros meses de gestão. Em apenas cinco meses, a Comissão de Investigação de Agiotagem e a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) em ações conjuntas com o Ministério Público Estadual já deflagraram operações como a ‘Imperador’, ‘Mahajara’, ‘El Berite’ e ‘Morta Viva’, que revelaram desvios na ordem de R$ 100 milhões.

As ações integram o plano de metas estabelecido pelo governador Flávio Dino para garantir o combate à corrupção e controle social das contas públicas no Estado. Também com este intuito, o atual governo criou a Secretaria de Transparência e Controle (STC), com a missão de assistir direta e imediatamente no âmbito da defesa do patrimônio público. “O objetivo primordial é o combate à corrupção, narcotráfico e homicídio, haja vista que este tripé, de forma direta, infelizmente, é responsável por grande parte da violência do estado”, enfatizou o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portella.  

Bomba: Este ano Rosário já recebeu R$ 2,7 milhões para investimentos em saúde

Item essencial em qualquer política séria de saúde pública, a atenção básica agoniza em Rosário sobrecarregando as urgências e emergências de cidades vizinhas e aumentando as demandas sobre a média e alta complexidade em São Luís. O resultado é o caos nos Socorrões I e II, na capital do estado.
Responsável pela área, a prefeita Irlahi Linhares (PMDB) é frequentemente apontada como a culpada por esse desleixo que pode custar vidas. E de fato é ela que deveria investir na política de atenção básica. O problema é que a prefeita recebe os recursos, mas ao que parece, não vem investindo no setor, resultando em irregularidades que estão na contramão da humanização no atendimento de saúde na cidade.
Assim como a educação, a saúde está no que se chama de políticas compartilhadas, ou seja, aquelas que são responsabilidade dos estados, da União e dos municípios. A estes caberia cuidar da atenção básica, essencial para a prevenção de doenças gerando qualidade de vida e economia no sistema, já que a ideia é evitar que os casos se agravem, aumentando os custos dos tratamentos mais complexos.

A realidade de Rosário na área da saúde não é diferente dos outros 216 municípios maranhenses. Mas o município rosariense tem um agravante que se destaca entre os demais: por ser proprietária de uma clínica particular no município, a prefeita Irlahi Linhares é acusada pela população de não investir no setor e, segundo as denúncias, a gestora estaria acabando com algumas das especialidades gratuitas do Hospital SESP e, direcionando os serviços pagos com recursos do SUS, para a Clínica Nossa Senhora do Rosário, de sua propriedade.
O BLOG realizou um pesquisa detalhada no sistema DataSus e verificou que as supostas irregularidades no sistema público de saúde em Rosário, não é por falta de recursos.
De acordo com os dados, entre janeiro e maio deste ano, os recursos liberados por meio de crédito oficial do governo federal para o município rosariense totalizaram a bagatela de R$ 2.717.902,34 (dois milhões, setecentos e dezessete reais, novecentos e trinta e quatro mil e trinta e quatro centavos). Os valores são referentes à assistência farmacêutica; atenção básica; média e alta complexidade ambulatorial e hospitalar, além de vigilância em saúde.
sus
Apesar do montante, a população rosariense diariamente reclama dos problemas nas estruturas físicas das unidades de saúde; da falta de medicamentos, de materiais básicos e até ausência de médicos para atendimento.
Para investigar possíveis irregularidades e má aplicação de recursos públicos no setor, a Câmara Municipal de Rosário (CMR) instalou, na última terça-feira (19), uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). No entanto, o inicio dos trabalhos do colegiado ainda não tem prazo. Existe suspeita de que a prefeita Irlahi Linhares estaria se articulando para impedir que a CPI inicie as investigações. Na última segunda-feira (25), por exemplo, o parlamento que só realiza sessão uma vez por semana, não alcançou quórum qualificado para abrir os trabalhos.

Por blog do Isaias Rocha 

Vice-Governador Carlos Brandão participa da Marcha dos Prefeitos em Brasília

Vice-governador Carlos Brandão
Representando o governador Flávio Dino, o vice-governador Carlos Brandão,  estará na capital federal, nesta quarta-feira (27), para participar da “XVIII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios: Pacto Federativo – Esperança de Vida aos Municípios”.
A expectativa é a de que 72 prefeitos do Maranhão estejam presentes no evento, que tem como foco as discussões sobre a governança nos municípios e estados. Para ambos, a reformulação do modelo federativo é uma eficaz saída, sobretudo no que diz respeito à destinação de mais tributos constitucionais a eles distribuídos.
A proibição da criação de despesas para os entes federados sem previsão de fonte de recursos, a liberação da contratação de financiamentos e uma maior participação da União na saúde e na segurança pública serão outros pontos em comum no debate.
Soluções para o Maranhão
O vice-governador Carlos Brandão será o porta-voz do governo Flávio Dino durante a Marcha. O vice-governador irá reverberar o que foi acordado pelo governador Flávio Dino no Encontro com Governadores no Senado, na quarta-feira (20).

O governador Flávio Dino defendeu a votação emergencial no Congresso Nacional de projeto de lei que regule a taxação de fortunas superiores a R$ 4 milhões. A intenção é a de que o imposto recolhido a partir dessa taxa seja utilizado para o atendimento da saúde pública. Carlos Brandão ressaltará, também, a necessidade apontada pelo governador Flávio Dino da distribuição dos royalties pela produção do petróleo.
Questões municipalistas
Após discussões da Mesa Federativa, a Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) e a bancada federal organizaram uma reunião dos prefeitos do Maranhão com o governador Flávio Dino e os deputados.

Dentre as questões apontadas na reunião, estão a modificação da prática do subfinanciamento dos programas federais; a necessidade de consulta aos municípios antes da aprovação de leis e emendas com impactos financeiros diretos nas prefeituras; instalação do Plano Municipal de Resíduos Sólidos e os desafios enfrentados pelas cidades nos contratos de repasse financeiros junto a Caixa Econômica Federal.
Estes, além de outros temas importantes para o Maranhão serão abordados pelo vice-governador Carlos Brandão durante a Marcha e discutidos à luz do que foi anteriormente tratado pelo governador Flávio.

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Polícia prende homem acusado de esquartejar mulher em Bacabeira

A polícia prendeu a poucas horasRaimundo João Castro Filho, de 47 anos, acusado de ter matado e esquartejado a própria mulher no povoado Assentamento, no Videl, zona rural do município de Bacabeira, na madrugada do último domingo (24).


João estava foragido desde o momento do crime, e foi capturado no bairro do Anil, em São Luis, segundo informações repassadas ao blog.

A esposa do acusado, Maria Célia Marques Castro, de 41 anos, foi espancada, morta e teve o corpo dividido em 4 partes. Após esquartejar a esposa, João ainda jogou os pedaços em um igarapé do povoado, onde foi resgatado na tarde do mesmo dia pelo IML.

João deve ser transferido para a delegacia regional de Rosário, onde será ouvido pelo delegado de plantão e aguardará despacho judicial.

O corpo de Maria Célia ainda não chegou no povoado para ser velado.

A tragédia divide opiniões e causa sensibilidade por causa do envolvimento das duas famílias, tanto a da vítima, quanto a do acusado, que tem sofrido muito com o ocorrido lamentável.

Por Jefferson Calvet 

Ação das Polícias Civil e Militar desarticula quadrilha especializada em assaltos a bancos

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), por meio o delegado-geral da Polícia Civil, Augusto Barros, apresentou à imprensa, na manhã desta segunda-feira (25), no auditório da SSP, um dos integrantes de uma quadrilha especializada em assaltos a instituições financeiras, que atuava nos estados do Maranhão e Piauí. O suspeito foi identificado como Judnilson da Silva Sousa, o ‘Palhaço’. Na ocasião, também, foi apresentado o autor do homicídio que vitimou o presidente da Câmara dos Vereadores de Santa Luzia do Tide, Cícero Ferreira da Silva, mais conhecido como Vavá.

A prisão de ‘Palhaço’ é resultado de uma ação conjunta do Departamento de Combate a Roubo a Instituição Financeira e do 11º Batalhão da Polícia Militar, que culminou com a prisão de outros cinco integrantes da quadrilha. ‘Palhaço’ e três comparsas foram presos em Timon (MA) e os outros dois integrantes foram presos no Pará. Francisco Moreno da Silva e Julimar Viana de Deus foram presos, na madrugada de sexta-feira (22), na cidade de Brejo Grande de Araguaia (PA), onde se organizavam para praticar mais um assalto.

De acordo com o delegado Tiago Bardal,em poder da dupla foi encontrada uma pistola ponto 45, carregadores e munições calibre 7.62 e 5.56. Com as prisões de Francisco e Julimar, a polícia obteve informações do paradeiro de ‘Palhaço’, que foi preso em Timon, no sábado (23), em companhia de Guilherme Henrique Bezerra de Mesquita. Eles estavam em um veículo Civic preto, de placas NID-8816. Com ‘Palhaço’, os policiais apreenderam duas pistolas.

Dando continuidade às diligências, os policiais prenderam os irmãos André Maciel dos Santos e Adão Maciel dos Santos, no Bairro Formosa, zona rural de Timon. No local, foram apreendidos três revólveres e duas pistolas. Em uma residência no bairro Vila Berck, a polícia apreendeu um fuzil 7.62; uma escopeta calibre 12; R$ 76 mil em espécie; muitas munições; cocaína, maconha e roupas de camuflagem do exército.

De acordo com o delegado Tiago Bardal, os outros quatro integrantes da quadrilha que estão foragidos já foram identificados, dentre eles, o líder conhecido como John Leno. “O serviço de inteligência está trabalhando no intuito de localizá-los”, frisou. O delegado informou, ainda,que John Leno foi um dos regatados pela quadrilha, no dia 5 de abril, do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. No dia 22 do mesmo mês, o grupo assaltou uma agência bancária no município de Brejo. Ainda de acordo com Bardal, ‘Palhaço’ confessou a ação da quadrilha em Brejo e na morte de dois policiais militares do estado do Piauí. As armas dos PM’s assassinados foram encontradas em poder do grupo.

O delegado geral da Polícia Civil parabenizou o trabalho realizado pelas Polícias Civil e Militar. “Essa ação demonstra um trabalho integrado entre as duas instituições, que retirou de circulação integrantes de uma quadrilha de alta periculosidade”, destacou Augusto Barros.

Caso ‘Vavá’

Na ocasião, foi apresentado à imprensa Osmar Pereira Alves,conhecido como ‘Fabiano’, 29. Ele é apontado como autor do homicídio que vitimou o vereador Cícero Ferreira da Silva, no dia 3.

O suspeito foi preso, na quinta-feira (21), no Povoado Olho d’Água do Lapela, zona rural da cidade de Conceição do Lago Açu. A ação foi coordenada pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic). Com ele, a polícia apreendeu um revólver calibre 38.

Estiveram na coletiva, o delegado geral da Polícia Civil, Augusto Barros; o superintendente da Polícia Civil do Interior (SPCI), Dicival Gonçalves; o chefe do Departamento de Combate a Roubo a Instituição Financeira (DCRIF), delegado Tiago Bardal; o delegado titular da Delegacia de Santa Luzia do Tide, Diego Fernandes Rocha; e o tenente-coronel da Polícia Militar, Flávio Augusto Leite Bayma do Lago.

sábado, 23 de maio de 2015

A CPI da Saúde em Rosário vai punir os culpados ou acabar em pizza?

Um relatório mostrando as principais irregularidades na unidade hospitalar foi produzido, após a inspeção dos parlamentares. Foi a partir deste documento que a Câmara resolveu instalar a CPI para investigar as denúncias. Criada em fevereiro deste ano, a CPI tem prazo de 90 dias para concluir a sua missão. A contagem do tempo começou na última terça-feira (19), quando a CPI foi instalada depois da publicação do decreto legislativo. A previsão é que o relatório final da comissão seja entregue no dia 31 de agosto, quando termina o prazo das investigações.

CPI JÁ AFASTOU PREFEITA

Essa não é a primeira vez que a Câmara de Rosário criou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a prefeita Irlahi Linhares. Em julho de 2013, a denúncia de um contrato da Prefeitura rosariense com o posto de combustível do pai da prefeita foi um dos motivos que levaram a Casa de Leis a instalar uma comissão que resultou no afastamento da chefe do executivo municipal.
Na época, o requerimento, proposto pelo vereador Sandro Marinho (PSD), foi aprovado no plenário e contou com as assinaturas de outros quatro parlamentares.

A prefeita Irlahi Linhares (PMDB) retornou no dia seguinte, calçada em liminar judicial assinada pela juíza Rosângela Prazeres, da Comarca de Rosário.

Para a magistrada, a votação no Legislativo – que culminou com o afastamento da peemedebista por 90 dias – foi feita sem que se desse à prefeita o direito de defesa.

“A votação foi realizada sem que a requerente exercesse seu direito constitucional de defesa”, despachou.

A peemedista foi processada no Legislativo depois de contratar a empresa Moraes e Linhares Ltda, de propriedade do pai dela, para fornecer combustíveis e derivados para todas as secretarias do Município. O contrato é de R$ 919.450,00.


O povo de Rosário quer saber se os membros do legislativo municipal de Rosário vão apurar as irregularidades na Saúde de Rosário  ou  se tudo vai mesmo acabar em pizza. 

A saúde de Rosário está um verdadeiro caos não tem médico para fazer partos e para  atender a população um caso de omissão por parte da prefeitura de Rosário que continua negando atentimento para o povo de Rosário.

Por Isaias Rocha e blog do Anônimo.de Rosário e Carlos Martins







sexta-feira, 22 de maio de 2015

Governo trabalha para implantação de 11 aeroportos no Maranhão

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Indústria e Comércio (Seinc), está trabalhando para a implantação do Programa de Aviação Regional (PIL), que visa a instalação de aeroportos em todo o país. No Maranhão, 11 aeroportos estão contemplados no programa, sendo eles os de Bacabal; Barra do Corda; Barreirinhas; Balsas; Carolina; Caxias; Governador Nunes Freire; Imperatriz; Pinheiro; Santa Inês e São João dos Patos.

Em reunião realizada em Brasília, a Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República (Sac-PR) informou ao Governo do Maranhão que os estudos de viabilidade técnica, que identificam as intervenções necessárias e o reaparelhamento de cada aeroporto, estavam atrasados por conta da ineficiência de gestões estaduais passadas.
Diante disso, o governador Flávio Dino determinou que a Seinc liderasse o projeto de implantação junto aos órgãos federais e prefeituras, atuando de forma a acelerar a conclusão desses aeroportos.

O secretário de Indústria e Comércio Simplício Araújo afirmou que os aeroportos de Bacabal; Barreirinhas; Barra do Corda; Carolina; Santa Inês e Pinheiro já estão em fase de estudo preliminar. Caxias e Imperatriz estão na fase do estudo de viabilidade técnica.

Os aeroportos apresentados pelos municípios de Balsas e São João dos Patos não apresentavam viabilidade técnica para operação visto que, dentre outros problemas, se encontravam em área urbana, com ocupações irregulares e residenciais que inviabilizaram os investimentos.
Porém, segundo Simplício Araújo, o governador conseguiu que as prefeituras fornecessem novas áreas para implantação dos aeródromos e os mesmos já foram informados à Sac-PR.

“Os 11 aeroportos previstos estão sendo trabalhados pela Sac-PR e pela Seinc. O Governo do Estado está atento e cobrando dos responsáveis brevidade”, garantiu o secretário.

Segundo Simplício Araújo, os recursos para a construção desses aeroportos, no valor de R$ 270,5 milhões, estavam disponíveis desde o início de 2013. “Por determinação do governador Flávio Dino, estamos em contato constante com prefeituras, com a Sac e demais atores envolvidos para acelerar o processo e garantir que nada fique paralisado”, afirmou.

Do total de aeroportos incluídos no programa de aviação regional, nove serão administrados pelo Governo do Estado, tendo como base o novo Plano Geral de Outorgas (PGO). Neste plano, estão definidas diretrizes e modelos para a exploração de aeródromos civis públicos, em conformidade com a Política Nacional de Aviação Civil (Pnad).

O PGO determina que a exploração de aeródromos estratégicos só poderá ser delegada a municípios que apresentem Produto Interno Bruto (PIB) anual superior a um bilhão de reais, conforme divulgação mais recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Após serem implantados, os aeroportos possibilitarão um avanço no crescimento econômico do Estado, contribuindo na geração de emprego e renda. A iniciativa também deve alavancar o turismo em todas as cidades do Maranhão.

Flamengo acerta com Paolo Guerrero por dois anos e meio, diz jornal

A procura do Flamengo por um atacante de peso parece ter chegado ao fim. Isso porque, ao contrário dos rumores que apontavam Robinho e Alexandre Pato como principais alvos, o Rubro-Negro deve anunciar em breve a contratação de Paolo Guerrero, segundo o jornal Extra. O peruano tem vínculo com o Corinthians até 15 de julho e ainda não acertou renovação.
De acordo com a publicação, o centroavante definiu as bases do acordo com o Flamengo há alguns dias e, inclusive, especula-se que o peruano já recebeu cerca de R$ 2 milhões do clube carioca. O contrato teria duração de dois anos e meio, incluindo o pagamento de luvas – parte como “sinal” e o restante diluído entre julho de 2015 e dezembro de 2017. Procurada pela reportagem do FOXSports.com.br, a assessoria de imprensa do clube reafirmou a postura de não comentar negociações com jogadores.

A indefinição sobre o futuro de Paolo Guerrero se arrasta desde o fim do ano passado. Apesar de afirmar que deseja permanecer no Corinthians, o
peruano não abre mão de exigências que inviabilizam um novo acordo. Além de cobrar valores atrasados, o atacante de 31 anos pede cerca de R$ 18 milhões para assinar um novo contrato e salário de R$ 500 mil mensais.
O acerto de Guerrero com o Flamengo deve ser formalizado após a disputa da Copa América no Chile, entre 11 de junho e 4 de julho. O peruano deve se apresentar à seleção de seu país já nas próximas semanas.

Do Fox Sport

quinta-feira, 21 de maio de 2015

PSDB mostra força em São Luís, e aparece com 3 nomes cotados em pesquisa para prefeito

O partido do PSDB, mostra força em São Luís, e tem 3 nomes cotados para prefeito de São Luís segundo a pesquisa Escutec realizada pelo Jornal Estado do Maranhão.

Secretario da Sedes e deputado Neto Evangelista
O deputado Neto Evangelista do PSDB, no segundo cenário da pesquisa Escutec tem 6,4% e  está em terceiro lugar, atrás do prefeito Edivaldo Holanda Jr  que tem 13,3%,   Neto  Evangelista tem reais chances de levar  a disputa para o segundo turno com a deputada Eliziane Gama já que não lançou  a candidatura para prefeito e só tem a cresce até pleito de 2016 segundo pesquisa Neto vem crescendo muito no cenário segundo pesquisa realizada.

Ex-prefeito de São Jose de Ribamar Luis Fernanda.
O outro candidato é Luis Fernando do PSDB, que já mostra uma grande força no quarto cenário da pesquisa Escutec, chegando em segundo lugar com 15, 3% e levando para segundo turno com a deputada Eliziane Gama do PPS e deixando o prefeito atual Edivaldo Holanda Jr de fora da disputa  e  ainda tem  reais chances de crescimento porque ainda não lançou candidatura para prefeito de São Luís, e ainda não decidiu o seu domicilio eleitoral se é São Luis ou São José de Ribamar  e segundo pesquisa pode até encostar ou passar Eliziane Gama já que ainda não lançou candidatura e pode mostra força e um grande  crescimento durante as eleições se viabilizar seu nome  para  capital um forte concorente com uma grande chance de vencer as eleições para prefeito de São Luís em 2016.

deputado federal João Castelo
E por fim o  ex- prefeito e deputado Federal Castelo do  PSDB que pode surpreender porque fez uma administração melhor que atual prefeito Edivaldo Holanda Jr, que está todo enrolada em sua administração, Castelo no 3 cenário tem 13,3 %  na pesquisa Escutec e  leva a eleição também para segundo turno como Luis Fernando seu amigo de partido deixando o prefeito atual de fora da disputa do segundo turno um fato inedito nas eleições de São Luis um prefeito de fora da disputa de Segundo turno.
Vice-Governador Carlos Brandão atuante.
O PSDB ainda conta com o vice-governador Carlos Brandão do PSDB lider do Partido no Estado do Maranhão  e  que vai fazer palanque durante as eleições, Carlos Brandão atuante, vem realizando grande trabalho no governo Flávio Dino é uma grande força para de qualquer candidato do partido do PSDB.

O PSDB vem  mostrando um  grande crescimento na capital mostra força e pode voltar a ter um prefeito novamente em São Luís o cenário da pesquisa mostra isso.

Veja a pesquisa aqui:


Câmara de São Luís rejeita pedido de impeachment contra Prefeito

A Câmara Municipal de São Luís rejeitou, na manhã desta segunda-feira (20/05), um pedido para abertura de processo de impeachment contra ...