terça-feira, 31 de março de 2020

Duarte Jr. é acionado novamente por propaganda antecipada



O Ministério Público Eleitoral ajuizou, em 30 de março, Representação por prática eleitoral irregular contra Hildelis Silva Duarte Júnior, mais conhecido como Duarte Jr., deputado estadual e pretenso candidato ao cargo de prefeito de São Luís.


Assinada pela promotora eleitoral Moema Figueiredo Viana Pereira, a manifestação foi motivada pela distribuição de revistas, por meio do serviço dos Correios, às residências de eleitores, em desobediência à legislação eleitoral.



Como medida liminar, o Ministério Público Eleitoral requer a determinação da busca e apreensão dos exemplares (ainda não distribuídos) da revista, bem como da imediata suspensão da distribuição, com a notificação do gerente comercial da agência central de Correios, localizada na Praça João Lisboa, em São Luís, para que se abstenha de enviar o material ali existente.



Foi requerida igualmente a condenação do representado no pagamento da multa definida na Lei das Eleições e na Resolução nº 23.610/2019, do Tribunal Superior Eleitoral.



IRREGULARIDADES



As irregularidades chegaram ao conhecimento do Ministério Público por meio de publicação veiculada no blogue Online1, que noticiou a distribuição pelo deputado estadual Duarte Jr. de aproximadamente 201 mil exemplares da publicação em residências da capital.



Durante a investigação, o procurador regional Eleitoral, Juraci Guimarães Júnior, e o promotor eleitoral Pablo Bogéa Pereira Santos, informaram ter recebido um exemplar da revista em suas respectivas residências, acrescentando que o material fora enviado a inúmeros apartamentos dos prédios onde moram.



De posse do exemplar, o MP Eleitoral verificou que, contrariando a legislação eleitoral, não constam na revista informação sobre a tiragem e o número de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) ou no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) dos responsáveis pela sua confecção e contratação.



Na manifestação, a promotora destacou que, embora uma só revista seja suficiente para comprovar a irregularidade, foi expedido ofício à agência central dos Correios de São Luís, objetivando saber exatamente a quantidade de revistas distribuídas, os locais de distribuição e o valor do serviço contratado.



“A pretexto de prestar contas de sua atuação enquanto parlamentar, o representado, na verdade, promove a sua pré-candidatura, o que se revela não apenas pela excessiva quantidade de revistas distribuídas, mas, sobretudo, pelo conteúdo, que, além de vincular a sua imagem a projetos relacionados à saúde, educação, proteção aos animais, direitos do trabalhador e do consumidor, faz alusão a trabalhos futuros, mencionando expressamente que ‘muito ainda precisa ser feito’ e ‘acredite: juntos faremos muito mais’, referindo-se, por óbvio, à sua pretensa atuação como prefeito de São Luís”, enfatizou Moema Figueiredo Viana Pereira.



De acordo com a representante do MP, a publicação ressaltou, também, ações de Duarte Jr. quando era dirigente do Procon, o que revela que a propaganda não se restringe à sua atuação como parlamentar, não tendo o propósito de prestar contas de sua conduta e trabalho na Assembleia Legislativa, mas, sim, de demonstrar a sua performance na vida pública.



LEGISLAÇÃO



A manifestação do MP está fundamentada pelo artigo 36 da Lei nº 9.504/19974, que veda, expressamente, a divulgação de propaganda eleitoral antes do dia 16 de agosto do ano das eleições, e pelo artigo 38, que exige que todo material impresso de campanha eleitoral deverá conter o número de inscrição no CNPJ ou CPF do responsável pela confecção, bem como de quem a contratou, e a respectiva tiragem.



“Nas revistas recentemente distribuídas não constam as informações exigidas pelo dispositivo legal acima indicado. Não há dúvidas, portanto, que os impressos contrariam frontalmente a legislação eleitoral, restando demonstrada e provada a realização de propaganda extemporânea”, declarou, na manifestação, Moema Figueiredo.


NOTA DE ESCLARECIMENTO


O deputado Duarte Jr informa que vai se manifestar nos autos antes mesmo que lhe seja solicitado pela Justiça, na certeza de que agiu com base na lei. O material produzido trata-se de uma prestação de contas sobre seu mandato, exceção prevista nos termos do Artigo 36-a, IV da Lei 9.504/1997. Não há qualquer viés eleitoral na publicação. Informa ainda que a contratação do material foi feita bem antes da decretação da pandemia do coronavírus. Em face da crise provocada pelo enfrentamento da Covid-19, o deputado, por bom senso, já havia solicitado aos Correios a imediata suspensão das entregas, mas uma parte do material já havia sido enviada aos destinatários.

Ação do MPMA leva Justiça a determinar fechamento de comércio e serviços não essenciais em Rosário

Atendendo a pedido do Ministério Público do Maranhão, em Ação Civil Pública proposta pela 1ª Promotoria de Justiça de Rosário, no domingo, 29 de março, a Justiça determinou, nesta segunda-feira, 30, que os estabelecimentos de comércio e serviços não essenciais da cidade permaneçam fechados como medida de preservação da saúde pública.

A medida liminar também determina que a Prefeitura de Rosário adote as medidas necessárias à proibição de funcionamento, identificando os responsáveis por eventuais descumprimentos, acionamento dos órgãos de segurança e outras medidas que sejam necessárias para coibir a disseminação do novo coronavírus (Covid-19).

A decisão da 1ª Vara da Comarca de Rosário também estabeleceu multa diária de R$ 500 para atos de descumprimento da determinação, devendo o Município encaminhar ao Judiciário a notificação dos autuados para que seja providenciado o bloqueio de bens e contas bancárias. Os responsáveis pelos estabelecimentos também poderão responder pelo crime de desobediência.

Na Ação, a promotora de justiça Maria Cristina Lima Lobato Murilo afirma que, apesar da situação de pandemia declarada pela Organização Mundial de Saúde e da existência de decretos estaduais e municipal a respeito do tema, vários comerciantes estariam desobedecendo aos comandos legais e encorajando a população a transitar normalmente em locais públicos e privados.

“Apesar de haver limitação pontual dos direitos tanto da população em geral quanto dos comerciantes em particular, há de prevalecer o direito coletivo à saúde, que no momento depende do comportamento da coletividade no enfrentamento da doença e o isolamento social é a estratégia adotada tanto pelo governo federal, quanto pelos governos estadual e municipal, conforme se observa nos decretos”, observa a promotora de justiça.

domingo, 29 de março de 2020

Confirmada a primeira morte por novo coronavírus no Maranhão

O Secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, confirmou no início da tarde deste domingo (29), em suas redes sociais, a primeira morte por Covid-19 no Maranhão.
De acordo com o secretário de saúde, trata-se de um paciente que estava internado em São Luís, internado na rede hospitalar do Estado. 

A vítima é um homem de  49 anos e era do grupo de risco da doença  e acabou indo óbito na UPA da cidade Operária. 

Coronavírus: Prefeito de Santa Rita poderá ser preso e multado por descumprir decreto estadual

Contrariando o decreto assinado pelo governador Flávio Dino (PCdoB), que suspendeu por 15 dias todas as atividades não essenciais em todo o Estado e a recomendação do Procurador Geral da Justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, o prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo, parece não estar muito preocupado com a saúde da população local.
Hilton editou na última sexta-feira (27), o Decreto Municipal nº 13/2020 que autoriza a abertura do comércio local. Na medida, o prefeito determina a abertura imediata de igrejas, bares, lotéricas, empresas de segurança privada, de internet, mercearias, loja de material de construção, loja de roupas e eletrodomésticos, madeireiras, lava-jatos, restaurantes e lanchonetes entre outros.
No decreto, o prefeito diz que punirá qualquer cidadão que disseminar fakenews sobre coronavírus, mas esquece que está tomando medidas para contribuir com a proliferação do vírus no município.
A autorização assinada pelo prefeito de Santa Rita vai de encontro ao que foi determinado pelo Governo do Maranhão. Desta forma, Hilton Gonçalo poderá ser o primeiro cidadão brasileiro a ser preso por descumprir uma medida que visa combater a propagação do novo coronavírus. Comerciantes que seguirem o decreto municipal também poderão sofrer a mesma punição. Vamos aguardar a atitude dos empresários do município e do Procurador Luiz Gonzaga.

Santa Rita é considerada uma cidade de ato risco, por ser cortada pela BR-135, rodovia que recebe caminhoneiros de todos os Estados Brasileiros, principalmente do de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Bahia, onde estão os principais casos do coronavírus.
Confira o decreto Municipal.


Via blog do Maramais 

Sobe para 22 os casos suspeitos de COVID-19 no Maranhão

Na noite de sábado (28), o governador Flávio Dino usou suas redes sociais para confirmar que a Secretaria de Estado da Saúde (SES) acompanha 22 casos confirmados de coronavírus (COVID-19), no Maranhão. “Encerramos o sábado com o total de 22 casos confirmados de coronavírus no Maranhão. Mais detalhes no próximo boletim da Secretaria de Saúde, que talvez já traga mais casos. Infelizmente ainda vivemos no Brasil uma curva ascendente de casos. Daí a prudência”, destacou Flávio Dino em rede social. 
Poucas horas antes, no site do Governo do Maranhão, a SES tinha lançado nota sobre a confirmação de 16 casos. Confira!
A Secretaria de Estado da Saúde (SES) monitora mais dois casos de COVID-19 registrados na rede particular de São Luís. Atualmente, o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS) acompanha 16 casos confirmados por laboratório de infecção por COVID-19 no Maranhão.
Após resultado de exame laboratorial, dois novos casos foram registrados em São Luís. São eles: homem, de 26 anos, que segue a orientação para isolamento domiciliar, e um homem, de 29 anos, que está internado com quadro estável. Os casos foram atendidos na rede privada.
Dos outros 14 casos já confirmados no estado, 13 seguem cumprindo protocolo de isolamento domiciliar e um está sendo assistido por hospital da rede privada. Todos permanecem sendo monitorados pela equipe do CIEVS e apresentam quadro de saúde estável.

sábado, 28 de março de 2020

Prefeita de Rosário não atende os mais vulneráveis ao covid- 19 com distribuição de cestas básicas e kits de higiene

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes,  ainda não deu nenhuma assistência e  benefício  para os mais vulneráveis ao covid-19 coronavírus que estão isolados em suas casas precisando de ajuda. O município tem um caso suspeito de coronavírus e H1N1.

Algumas prefeituras do Maranhão como a de Barra do Corda, nos últimos dias vários técnicos de enfermagem e agentes de saúde estão realizando a distribuição de cestas básicas de alimentos e kits de higiene a idoso do município. Já no município de Rosário a gestora Irlahi não está dando nada para os idosos que são grupo de risco vulnerável ao covid -19. 

As fotos abaixo é de uma ação da prefeitura de Barra do Corta que entregou Cestas Básicas para idosos do município.




A certeza é que a prefeita Irlahi e o vereadores não estão ligando para os idosos de Rosário. Tanto a prefeita quanto os vereadores não beneficaram a população em nada nesta luta contra o novo coronavírus veja aqui


Justiça proíbe carreata contra o isolamento em São Luís.

Juiz Douglas Martins 


A Justiça do Maranhão proibiu a realização de uma carreata que seria realizada por empresários contra o isolamento e em favor da reabertura de empresas na capital São Luís. A proibição decretada pela justiça é para tentar conter o avanço do novo coronavírus no país

Em decisão proferida  pelo  o juiz Douglas de Melo Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, determinou que estado e município adotem as "medidas necessárias visando a não realização" da "Carreta Geral de São Luís", marcada para a próxima segunda-feira (30), às 10h.


Em decisão proferida também, o juiz Douglas Melo Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, determinou que estado e município adotem as "medidas necessárias visando a não realização" da "Carreta Geral de São Luís", marcada para a próxima segunda-feira (30), às 10h. 

Na decisão, do juiz Douglas de Melo Martins, foi determinado também que o Estado do Maranhão e o Município de São Luís adotem as medidas necessárias para impedir a realização do movimento, com a identificação dos responsáveis pela organização, acionamento dos órgãos de segurança, apreensão de veículos e materiais utilizados, entre outras ações que coíbam o risco de proliferação do coronavírus (Covid-19).

Outra determinação é a proibição imediata da realização de eventos que resultem na formação de aglomerações em espaços públicos, enquanto durarem as medidas de isolamento em todo o Estado do Maranhão, de modo a preservar a saúde pública.

Os anúncios da carreata circularam pelas redes sociais, principalmente na forma de cards, sendo direcionados especialmente a empresários, comerciantes, motoristas de aplicativos, profissionais liberais, entre outros, com o objetivo de pedir o fim do isolamento social e a volta das atividades “normais” no país, incluindo o trabalho no setor do comércio.

No requerimento, foi ressaltado que “movimentos de natureza idêntica estão sendo convocados por todo o Estado do Maranhão”.

Governo do Estado prorroga início do pagamento do IPVA no Maranhão

O governo do Maranhão por meio da Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ) publicou nesta sexta-feira (27) portaria prorrogando os prazos para o pagamento do IPVA, por conta do avanço da pandemia do novo coronavírus no Maranhão.
O IPVA 2020 começará a ser pago a partir de 6 de maio e o início da fiscalizaçào no mês de agosto. Veja as novas datas na tabela acima.
De acordo com o secretário de Estado da Fazenda, Marcellus Ribeiro, o governo busca alternativas para sanar as dificuldades enfrentadas pela pandemia do coronavírus, propiciando um alívio para os contribuintes que estão enfrentando desafios em razão das medidas de isolamento social que provocaram o fechamento do comércio, e, como consequência, a redução das vendas e do consum..

sexta-feira, 27 de março de 2020

Projeto de Weverton diminui a taxa básica de juros e determina carência de seis meses para pagamento de empréstimos

Senador Weverton Rocha PDT
O Projeto de Lei do senador Weverton (PDT-MA) diminui a taxa básica de juros a zero e determina carência de seis meses para pagamento de empréstimos em instituições bancárias públicas. Se aprovadas, a medidas valerão enquanto durarem os efeitos da pandemia do coronavírus. Segundo o parlamentar, a crise que se alastra por todos os países é grave e algumas providências precisam ser tomadas para que a população não seja ainda mais prejudicada.
“Nos EUA, o próprio Banco Central reduziu os juros e está adotando várias estratégias para que os norte americanos passem pela crise de uma forma digna. Não podemos ser negligentes neste momento”, afirmou.
Weverton explica que a paralisação da atividade econômica é iminente e que o país deve enfrentar uma recessão financeira muito séria.
“Por isso, o Poder Executivo precisa reduzir a taxa básica de juros a patamares mais baixos. Não me parece justificável manter o nível atual por temor da inflação”, ressaltou.
O senador enfatizou ainda que é preciso ajudar as pessoas e empresas endividadas. Uma das soluções propostas pelo parlamentar é a carência de seis meses para pagamento de empréstimos. Weverton explica que muito pequenos empresários têm empréstimos com instituições como, por exemplo, Banco da Amazônia e Banco do Nordeste, e precisam dessa folga para continuarem existindo em meio à crise.
“São essas empresas e consumidores com dívidas a vencer que precisam ter uma possibilidade de manejo financeiro nos próximos dois trimestres. Muitos não terão condições de arcar com prestações e temos que ajudá-los”, finalizou.

Primeiro caso suspeito de coronavírus em Bacabeira

O boletim divulgado pela SES – Secretaria de Estado da Saúde na noite desta quinta-feira (26), revelou o primeiro caso suspeito de Coronavírus (Covid-19) no município de Bacabeira.

Até o momento, pacientes de 77 municípios no Maranhão aguardam resultados dos exames para o novo Coronavírus. Apenas  São Luís e Imperatriz tem casos confirmados.



quinta-feira, 26 de março de 2020

Hospital São Domingos confirma primeiro caso de coronavírus

O Hospital São Domingos em São Luís, confirmou na noite desta quinta-feira (26), o primeiro paciente com Covid-19 confirmado em exame atendido pelo Hospital.
De acordo com o Boletim, trata-se de uma mulher com 29 anos que teve contato com caso suspeito vindo de São Paulo.

O Hospital também informou que a paciente está bem e em isolamento domiciliar, e que as medidas de vigilância epidemiológica estão sendo tomadas. No Estado do Maranhão já foram confirmados 10 casos pela Secretaria de Estado da Saúde.

Nota às entidades empresariais do Maranhão

A Secretaria de Indústria, Comércio e Energia Seinc solicitar que todas as entidades empresariais interessadas na abertura imediata do seu segmento de comércio, fundamentem seus pedidos por escrito e encaminhem para a Seinc http://www.seinc.ma.gov.br.

Todos os pedidos serão encaminhados para análise técnica e respondidos o mais rápido possível.
Simplício Araújo

Secretário de Industria, Comércio e Energia do Maranhão  (98) 3235-8621.  


Maranhão tem 10 casos de coronavírus confirmados

Em entrevista na manhã desta quinta-feira (26), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) confirmou mais 2 casos de covid-19 no Maranhão. Segundo o governador, os casos confirmados estão localizados nas cidades de São Luis e Imperatriz.
Agora o Maranhão soma 10 casos confirmados da doença e, segundo o último boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde publicado na terça-feira (24) são 584 casos suspeitos, aguardando resultados finais.
Flávio Dio reafirmou que vai continuar com as medidas de prevenção adotadas pelo Governo do Maranhão, como o isolamento social e o fechamento de serviços não essenciais, apesar das críticas feitas pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. Dino relembrou que as medidas adotadas pelos estados estão em consonância com as adotadas atualmente por outros países.

Prazo de filiação para disputar eleições 2020 mantém-se inalterado

Apesar da pandemia do coronavírus e até mesmo do crescimento do debate sobre o adiamento das eleições 2020, a Justiça Eleitoral confirmou que, até o momento, o prazo de filiação para que quiser disputar o pleito está mantido.
O prazo final para se filiar ou mudar o partido e disputar as eleições de 2020 está mantido para o dia 04 de abril. Ou seja, faltam aproximadamente duas semanas para esse prazo ser concluído.
O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão confirmou que, em razão de medidas preventivas para evitar o contágio pelo novo coronavírus, a Secretaria Judiciária está realizando atendimento pelo e-mail sedap@tre-ma.jus.br de segunda a sexta, das 13h às 19h.
A suspensão do atendimento ao público, entre outras medidas internas e externas de prevenção à pandemia causada pelo COVID-19, está prevista na Portaria Conjunta número 1/20, assinada pelos presidente e corregedor do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, desembargadores Cleones Cunha e Tyrone Silva, respectivamente.
É aguardar e conferir, mas por enquanto os prazos para a disputa eleitoral e as eleições 2020 seguem inalterados.

quarta-feira, 25 de março de 2020

Primeiro caso suspeito de H1N1 e SES erra na digitalização de segundo caso suspeito de coronavírus em Rosário.

A prefeitura de Rosário informou nesta terça-feira 24, o primeiro caso suspeito de H1N1 no município.O caso está em analise pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) para verificar se configuram se algum vírus respiratório como influenza.  

Sobre o segundo caso suspeito do novo coronavírus a prefeitura de Rosário, destacou que foi um erro da Secretaria de Saúde do Estado do Maranhão, em sua digitalização no sistema. O município de  Rosário, continua com um caso suspeito de Covid 19, que o paciente segue em monitoramento domiciliar esperando o exame do laboratório  relembre.



Câmara de Rosário até agora omissa no combate ao novo coronavirus no município.

O presidente da Câmara de Rosário Cacau Oliveira o kiko - PDT e os vereadores  estão de quarentena deste do começo do início dos trabalhos na Câmara. Depois do decreto do governo do Estado de calamidade pública por conta do novo coronavírus (Covid-19). A Câmara Municipal de Rosário realizou a interrupção dos trabalhos para evitar a aglomeração no local e para evitar a propagação do vírus que até aí tudo bem. Mas os vereadores esqueceram de dar assistência para a população contra o coronavírus que não é preciso os parlamentares sair de casa como blog vai mostrar através da tecnologia.

A Câmara Municipal de São Luís, vai realizar neste quinta-feira (26), uma videoconferência remota para debater  medidas e propostas de combate ao novo coronavírus e os parlamentares do município de Rosário até agora nada fizeram. O município já tem caso de H1N1 e de coronavirus .

Os membros do legislativo rosariense  poderiam sair dessa omissão e usar o "Skype"  para uma chamada de vídeo que comporta até 50 pessoas e é fácil de usar para solicitar medidas para o executivo decretar no combate ao novo coronavírus no município.

Umas das medidas para benefício da população poderia ser a tarifa zero de água até mês de maio pela prefeitura de Rosário através do SAAE. O governo do Estado realizou um decreto assinado pelo governo Flávio Dino que a Caema aplica tarifa zero a 850 mil consumidores até maio no Maranhão. 

Agora blog e a população rosariense que saber quando os vereadores de Rosário vão se manifestar, porque o novo coronavírus pode afeta não só a saúde dos rosariense, mas economicamente o município que vive dos comerciantes  formais e informais que precisam debater medidas com executivo e legislativo sobre a pandemia que está afetando ambos financeiramente. 

530 doses de vacina H1N1 são subtraídas no município de Rosário


A prefeitura de Rosário através da secretaria de saúde do município e sua coordenadora  de imunização registraram um boletim de ocorrência nesta segunda-feira 23, do furto de 530 doses de vacina contra influenza (H1N1), que seriam para vacinação de idosos, crianças e trabalhadores da saúde. 

As doses foram furtadas da geladeira do hospital SESP e rapidamente a coordenadora de imunização foi até a Delegacia da Policia Civil do município registrar o BO que está  abaixo: 

  
Nota 
A prefeitura municipal de Rosário, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde, vem a público informar que foram subtraídas 500 doses da vacina para H1N1, no entanto todas as medidas já foram tomadas e o caso segue em investigação para a identificação e responsabilização dos culpados. Destacamos ainda, que o fato já foi comunicado à Gerência Regional solicitamos reposição, de forma a evitar maiores prejuízos à população e garantir uma cobertura vacinal eficiente.

Observação: A coordenadora de imunização de Rosário realizou um BO na Delegacia da Policia Civil do furto de 530 doses  de (H1N1) da geladeira do hospital CESP e a prefeitura de Rosário em nota alega 500 doses. Até o momento não se sabe a quantidade exata de doses que foram subtraídas.

terça-feira, 24 de março de 2020

Caema aplica tarifa zero a 850 mil consumidores até maio no Maranhão

Cerca de 850 mil clientes da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) terão tarifa zero para água nos próximos dois meses. A medida faz parte do plano de combate ao coronavírus (Covid-19) e foi editada no decreto nº 35.679, assinado pelo governador Flávio Dino.
O decreto dispõe que, até 23 de maio, ficam isentas de fatura clientes pessoa física cujo consumo é de até 10 m³ (dez metros cúbicos) por mês de água e esgoto, pessoas que integram o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e são residentes em município do Programa Mais IDH e pessoa jurídica em regime de condomínio inserido na Faixa I do Programa Minha Casa Minha Vida.
“A isenção atinge os que mais precisam. São 850 mil pessoas que serão beneficiadas em todos os municípios em que a Caema atua. Essa medida e mais as 200 mil pessoas já beneficiadas pela gratuidade do Programa ‘Viva Água’, somam mais de 1 milhão de maranhenses assistidos pelo Governo do Maranhão”, garantiu André dos Santos Paula, diretor-presidente da Companhia.
De acordo com André Paula, essa é uma medida humanitária, para amenizar os efeitos da crise sanitária nas camadas mais carentes da população. “Não podemos abrir mão da arrecadação daqueles que possuem alguma condição. Neste sentido, pagar as contas de serviços essenciais como a água, também é um ato de solidariedade para garantir os serviços essenciais à população”, disse.
Ainda segundo Paula, é importante que, nesse momento de crise, a população esteja consciente sobre o uso correto da água. “Não queremos que falte água para as pessoas tomarem as medidas de higiene preventivas à contaminação e, justamente por isso, não podemos ter desperdício”, pontuou.

segunda-feira, 23 de março de 2020

Maranhão já tem 8 casos confirmados de novo coronavírus

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou um novo boletim na noite desta segunda-feira (23), com mais 6 novos casos de coronavírus (covid-19) no estado do Maranhão. No total, 8 casos foram confirmados, todos em São Luís.

Dos seis novos casos, quatro tiveram contato com o primeiro caso confirmado no Maranhão. Monitorados, os contactantes, todos idosos, estão cumprindo o isolamento domiciliar conforme protocolo do Plano Estadual de Contingência do Novo Coronavírus (COVID-19). De acordo com o monitoramento diário do Centro de Informações Estratégicas e Vigilância em Saúde (CIEVS), os idosos apresentam sintomas leves.


Os outros dois novos casos positivos: um homem de 43 anos, contato com caso suspeito; e, um homem de 57 anos, com histórico de viagem para São Paulo e Salvador, estão monitorados e em isolamento domiciliar.
A SES informou também que está investigando 302 casos suspeitos no Maranhão, 170 foram descartados até agora.


Segundo caso suspeito de coronavírus em Rosário.

Depois que a Secretaria de Saúde do Município de Rosário confirmou o primeiro caso suspeito do novo coronavírus no município nesta sábado (22), que está sendo monitorado e o paciente está em isolamento domiciliar  relembre.

A SES confirmou nesta segunda-feira 23, através de boletim o segundo caso suspeito do novo coronavírus (Covid-19) no município de Rosário, que está sendo monitorado esperando o exame do laboratório em São Luís. Todos os dois pacientes suspeitos seguem em isolamento no município. 

Atualmente, o Maranhão possui dois Centro de Testagem localizados na Policlínica Diamante e no Viva Beira-Mar. Estes serviços da Secretaria de Estado da Saúde ( SES), estão recebendo casos suspeitos de Covid-19, para a coleta de material para a realização dos exames laboratoriais e orientação sobre as medidas que devem ser tomadas até o resultados do exame. Os Centros de Testagem funcionam de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 18h.


Taxação de grandes fortunas podem ajudar no combate ao coronavírus, diz Weverton. ( Veja o Vídeo)

O senador Weverton (PDT-MA) reiterou que o trabalhador não pode pagar a conta dos prejuízos causados pela pandemia do coronavírus. Para o parlamentar, o papel do governo, neste momento, é garantir renda para que as pessoas fiquem em casa e não corram risco de vida.
“Todos os líderes no mundo estão fazendo isso. Até de governos liberais. Sem renda, a população não vai comprar e somente as grandes empresas se salvarão”, enfatizou.
De acordo com o senador, os trabalhadores precisam ter seus direitos protegidos e sua renda garantida.
“É preciso priorizar a saúde das pessoas. Não é hora de discutir economia. Precisamos discutir sobre as vidas, sobre as pessoas. Além de um vírus que ameaça nossa sociedade, o presidente está fazendo um verdadeiro genocídio com o emprego brasileiro. Isso é grave! Nós não podemos ficar calados e achar que isso é normal”, afirmou.
Weverton disse ainda que as propostas defendidas pelo governo federal não podem continuar atacando os trabalhadores.
“Isso não pode acontecer dessa forma. Os mais pobres e as pequenas empresas são atacados diretamente. O presidente deveria convidar os bancos, que tiveram quase R$ 100 bilhões de lucro no ano passado, para ajudar ”, ressaltou.
Taxação de grandes fortunas
O senador Weverton sugeriu a taxação das grandes fortunas para reforçar o caixa do governo federal neste momento de crise. Ele defendeu incluir o novo imposto entre a fontes de recursos para combater a disseminação do coronavírus.
“206 famílias brasileiras, juntas, concentram a fortuna de R$ 1,2 trilhão. Essas pessoas também precisam ser convidadas a pagar a conta, não somente o pobre, o assalariado”, finalizou.

Postos de saúde registram aglomeração em primeiro dia de campanha de vacinação em São Luís.

No primeiro dia de vacinação contra o influenza ( H1N1) em São Luís, uma situação já causa preocupação: os postos aglomerados. Através de um vídeo gravado que está rolando pelas redes sociais dá para ver a grande quantidade de pessoas reunidas em frente ao Posto de Saúde do Bairro de Fátima, na capital.


A prefeitura de São Luis aumentou para 118 salas distribuídas em 76 postos de vacinação. O horário é de 07h até s 17h, por isso a recomendação é que a população mantenha a calma para evitar situações como a do vídeo. 

A fila também é grande no posto do Renascença. Desde hoje pela manhã, os postos já estarão atendendo o público-alvo da vacina, idosos, crianças com mais de seis meses e menos de seis anos e profissionais da saúde.

Atendimento em escolas
As unidades de ensino que funcionarão como pontos de vacinação estarão disponibilizadas para a campanha de imunização atenderão das 8h às 17h. A partir de segunda-feira (23), serão ofertadas vacinas nas seguintes unidades de ensino: Escola Comunitária João de Deus (na avenida Tales Neto, no bairro), Centro de Ensino Médio Vila Luizão (na rua do Canavial, 100, Vila Luizão), Colégio Militar (na Rua do Arame, Vila Palmeira), Creche Maria de Jesus Carvalho (na Avenida Camboa), Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA do Centro Histórico), UEB Alberto Pinheiro (no Centro).
Já a partir de terça-feira (24), começarão a ser aplicadas as doses nas seguintes unidades: UEB Felipe Conduru (na avenida Guajajaras, no São Cristóvão), UEB Maria Alice Coutinho (na avenida São Luís Rei de França, Turu), Unidade de Ensino Menino Jesus de Praga (na Rua 2, Quadra 10, Planalto Vinhais II), UEB Rosália Freire (na Avenida dos Portugueses, na Vila Isabel) e UEB Tancredo Neves (na Unidade 201, avenida Este 203, Cidade Operária).
Postos extras


Além das escolas, também haverá equipes de vacinadores na APAE (no Filipinho), no Hospital Aquiles Lisboa (no Bonfim), na Maternidade de Alta Complexidade (na Cohab), no Materno Infantil (este para atendimento específico a funcionários e acompanhantes) e nas farmácias Pague Menos do Anil e do João Paulo, a partir desta segunda-feira (das 7h às 17h).
Além das unidades de ensino e farmácias, postos de saúde da capital montarão estrutura a partir desta segunda-feira (23), das 7h às 18h, em todos os distritos da cidade (Centro, Itaqui-Bacanga, Coroadinho, Cohab, Bequimão, Tirirical e Vila Esperança).
Para ampliar a estratégia, 10 unidades da rede funcionarão de segunda à sexta, das 7h às 18h, e aos sábados, das 7h ao meio-dia. São estas: PSF do São Francisco, C.S. Vila Bacanga, C.S Genésio Ramos Filho C.S Cohab – Anil, C.S Turu, PSF Dr. Antônio Carlos S. Reis I na Cidade Olímpica I, PSF Fabiciana Moraes no Habitacional Nice Lobão, C. S. São Raimundo, C.S Clodomir Pinheiro Costa e C.S. Vila Nova.

domingo, 22 de março de 2020

Primeiro caso suspeito de coronavírus em Rosário.

A prefeitura do município de Rosário por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informou através de boletim neste domingo 22, o primeiro caso suspeito do novo coronavírus no município.

Até o momento a Secretaria de Saúde do Município de Rosário não informou o nome do paciente que foi levado com a suspeita do Covid-19 para um hospital em São Luís, de ambulância para realização do exame que será publicado na próxima semana pela Secretaria de Saúde. O paciente já retornou ao município de Rosário e está isolado sendo monitorado.

Os moradores de Rosário tem que ter a consciência e ficar em casa para evitar a propagação do coronavírus (Covid-19) no município Veja aqui.

Com atualizações. 

Em São Luís, Bombeiros pedem para as pessoas saírem da praia e voltarem para casa. ( Veja o Vídeo).

Nesta sábado (21), uma viatura do Corpo de Bombeiros esteve na Avenida Litorânea, alertando as pessoas que estavam na orla de São Luís, para deixassem o local e voltassem às suas casas para evitar aglomerações e a propagação do coronavírus.  O governo do Estado decretou ações preventivas, estado de calamidade pública  e confirmou dois casos do novo coronavirus (covid-19) no Maranhão. 

Os irresponsáveis que estavam na Avenida Litorânea,  não estão vendo a realidade do que está acontecendo no mundo e estão botando em risco a vida e dos próximos que estão em suas casas fazendo a sua parte na luta contra à expansão do novo coronavírus.

Só na Itália foram confirmadas mais de 4 mil mortes por conta do novo coronavírus e no Brasil são 18 mortes segundo Ministério da Saúde. 

Veja abaixo.



sábado, 21 de março de 2020

Flávio Dino confirma segundo caso de Coronavírus no Maranhão

O Governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B) anunciou pelas redes, na tarde deste sábado (21), o segundo caso confirmado do novo coronavírus no Maranhão.
Segundo Flávio Dino, trata-se de uma mulher de 37 anos que não teve a identidade revelada e teria tido contato com um estrangeiro.
A paciente está internada na rede privada e não apresenta sintomas graves.
Cuidados
Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas e também usar álcool gel. 

Mesmo com recomendações sobre o Covid-19 e H1N1, várias pessoas se aglomeram na Caixa Econômica em Rosário.

Vários moradores de Rosário mesmo após o governo do Estado do Maranhão,  baixar um decreto de calamidade pública e fazer campanhas preventivas para não aglomerações de pessoas para evitar a propagação do coronavírus e H1N1. Os moradores de Rosário se aglomeraram nos caixas eletrônicos da Caixa Econômica  no centro do município de Rosário. 

O blog respeita a população rosariense que iria receber seus benefícios e sacar o seu dinheiro suado, mas é bom se prevenir para não prejudicar a você e seu próximo com vírus covid-19 e o H1N1. A Secretaria Municipal de Saúde e a Regional de Saúde de Rosário deveriam está no local para orientar os desavisados que não estão vendo que está acontecendo no Mundo.

Cerca 4.032 pessoas morreram na Itália e já tem o primeiro caso confirmado de coronavírus no Maranhão, de um paciente de 59 anos que recentemente esteve no Estado de São Paulo e está internado no hospital Carlos Macieira e sem falar que (H1N1), tem casos no Maranhão de morte.

A imagem da denúncia foi realizada nesta sexta-feira (20), e está rolando pelas redes sociais e grupos de Rosário. 

Em Rosário, Roubo das 530 doses de H1N1 da geladeira do Hospital SESP completa dois meses sem solução.

No município de Rosário o roubo  das 530 doses da vacina  influenza H1N1 da geladeira do sistema de frios do Hospital SESP durante a ca...