sábado, 27 de julho de 2013

ROSÁRIO TERRA ESQUECIDA



Rosário terra esquecida;
Aos teus filhos ensinou calar;
Tua história me faz indignar;
Rosário terra esquecida;
Teus filhos ricos e políticos;
Serviram só para nos enganar!

Rosário de todos nós;
Não dar mais pra aguentar;
Rosário de todos nós:
Vamos nós te libertar;
Rosário agora é hora:
De uma nova historia;
Nós vamos sim registra!!! 

Rosário é uma terra esquecida não apenas por autoridades políticas. Falta hospital e falta médico e medicamento tem um hospital podre.

O clamor na rua é muito grande, Eu Reinaldo Cantanhêde Lima detentor de informações seguras tento organizar manifestação para São Luis pessoas que querem chegar ao poder tentam atrapalhar com seus deboches, manifestando-se inclusive sobre a minha determinação com o meu voto. O que vocês estão vendo tudo tem haver com o preço do voto porque quando as pessoas se candidatam não falta mais quem busque ajuda! É uma cidade de pedintes e que querem viver de prefeitura todos não são, entretanto a maioria é assim como digo e como escrevo. Quando o governo ajeita uma rua eles cortam e jogam água de esgoto para correr nas ruas!

Oligarquia Sarney define candidatura de Luis Fernando ao governo

Luis Fernando: candidato da oligarquia Sarney
Uma escolha com a cara do autoritarismo que marca a trajetória da oligarquia liderada pelo senador José Sarney (PMDB-AP). Numa reunião na área nobre da cidade, da qual participaram apenas dez “iluminados” foi imposto o nome de Luis Fernando Silva como candidato da oligarquia para disputar o governo do Estado em 2014.
Ao ministro Edison Lobão (Minas e Energia), que também postulava a candidatura, restou o sorriso amarelo e o insosso discurso da unidade.
A foto que ilustra o post feita pela repórter fotográfica Flora Dolores do Jornal O Estado do Maranhão, de propriedade da família Sarney, é simbólica. Fala mais que tudo que se possa escrever. é o retrato fiel e acabado de um grupo que impõe ao povo maranhense suas vontades. O povo? Ah, esse como sempre fica à margem do processo.
De nada adiantou a juventude ir às ruas protestar e pedir o fim da corrupção no mês de junho. Centrais sindicais, trabalhadores da Caema, da educação e até empresários todos foram solenemente ignorados pela governadora Roseana Sarney.
De lá para cá, o cartão de visitas é a presença da polícia postada atrás de um poderoso esquema de segurança, que inclui grades de ferro nas cercanias do Palácio dos Leões.
E assim, ungido candidato ao governo pela oligarquia Sarney, o secretário de Infraestrutura, Luis Fernando, chegará à disputa envelhecido como representante das práticas mais arcaicas, que levaram o Maranhão a ostentar os piores indicadores sociais entre os estados brasileiros.
Um fato, contudo, salta aos olhos: a presença entre os dez “iluminados” sarneysistas daquele que personifica o coronelismo que tanto atrasa o Estado. Sim, é com o aval de José Sarney que Luis Fernando agora apresenta-se como candidato.
Uma coisa é certa os campos políticos agora estão bem definidos: de um lado os de sempre. Do outro o povo do Maranhão e aqueles que pregam o diálogo como uma das alternativas para retirar o estado das mãos de um grupo, que empobreceu o Estado ao longo de décadas e que insiste em manter-se no poder para completar as bodas de ouro.
A bola agora está com o povo e a pergunta é inevitável: é essa gente que você quer que continue a governar o Maranhão?
(Jornal Pequeno)

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Prefeitura promove demissões em massa em Santa Rita

Segundo informações, as demissões atingem pelo menos 500 servidores


Uma demissão em massa autorizada pela Prefeitura de Santa Rita, localizada a 70 quilômetros de São Luís, trouxe indignação para trabalhadores deste município, que aumentou em mais de cinco centena o número de desempregados. Nada menos que 500 servidores públicos municipais estão impedidos de continuar trabalhando. Pegos de surpresa, órgãos públicos como postos de saúde e escolas estão sofrendo as consequências da redução do número de servidores.

Com o grande corte no número de servidores, os funcionários que restaram reclamam da sobrecarga de trabalho. Em algumas escolas, segundo apurou a reportagem, professores tiveram que fazer a merenda dos alunos porque cozinheiras foram demitidas.

Um fato que mais está revoltando os ex-servidores municipais é a contratação temporária de novatos - a maior parte familiares do prefeito - para as mesmas funções que ficaram em aberto após a demissão em massa.

A auxiliar de serviços gerais que pediu para não ser identificada, reclama que foi demitida sob a alegação de que a Prefeitura não tinha como pagar seu salário para trabalhar de segunda a sexta. Mesmo assim, soube que foi substituída.

As pessoas demitidas recebiam até um salário mínimo e não tinham outra renda. As demissões na Prefeitura atingem o comércio de Santa Rita.

A reportagem da Folha Maranhão tentou ouvir o prefeito Tim Ribeiro (PRB), mas ele não foi localizado para comentar as denúncias dos demetidos.

Por Folha Maranhão

Sampaio empata em casa por 1 x 1, mas segue líder na Série C

Tricolor saiu perdendo para o Luverdense (MT), no Castelão, mas empatou com Arlindo Maracanã.

O Sampaio Corrêa termina a 5ª rodada na liderança isolada do grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C, mas com o Luverdense (MT) aparecendo claramente no retrovisor. Na noite de ontem, no Castelão, o time boliviano ficou apenas no empate por 1 x 1 com o vice-líder Verdão do Norte. A equipe do atacante Pimentinha soma 14 pontos contra 11 da equipe do Mato Grosso.
Washington abriu o marcador para o Luverdense e Arlindo Maracanã deixou tudo igual. Os gols saíram durante a primeira etapa.
O Sampaio volta a campo contra o Cuiabá (MT), domingo, às 17h, no Estádio Presidente Dutra, na capital mato-grossense. O Luverdense na próxima rodada também jogará fora de casa contra o CRB, no mesmo dia, às 16h, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).
A partida começou com o Luverdense tomando a iniciativa no jogo, enquanto o Sampaio parecia sonolento na partida e pecando muito na marcação. O time tricolor parecia não conseguir se encontrar dentro de campo.
Melhor em campo, o Verdão do Norte quase abriu o placar aos 20 minutos. Rafael Tavaresrecebeu em profundidade e, na saída do goleiro, chutou por cobertura e a bola passou rente a trave. Dois minutos depois o Sampaio respondeu com Arlindo Maracanã acertando à trave de Gabriel Leite.
De tanto insistir, aos 25 minutos, o Luverdense saiu rápido com Samuel, que cruzou para Washington completar de cabeça e abrir o placar: 1 x 0.
Após o gol sofrido, o time Tricolor acordou na partida e passou a atacar a equipe do Verdão do Norte, que se encolheu no seu campo. Aos 28 minutos, a bola sobrou para Arlindo Maracanã dentro da área, que chutou forte, longe do alcance do goleiro Gabriel Leite, deixando tudo igual: 1 x 1.
A equipe do Sampaio ainda tentou a virada na partida ainda no primeiro tempo, mas não conseguiu furar a defesa do Luverdense.
Etapa final - No segundo tempo, o domínio foi amplo do Sampaio, que tentou buscar a virada, enquanto o Luverdense se preocupou em gastar o tempo e segurar o empate fora de casa. A equipe Tricolor ainda reclamou a não marcação de dois pênaltis.
O jogo seguiu até o fim com o Sampaio atacando e o Luverdense tentando o contra-ataque. Apesar do domínio do Tricolor, o Verdão do Norte conseguiu arrancar o importante resultado fora de casa.
Com o resultado, o Sampaio chega a sua sexta partida na Série C invicto com quatro vitórias e dois empates. Já o Luverdense, em seis jogos tem três vitórias, dois empates e uma derrota.
Sampaio 1
Rodrigo Ramos; Denílson (Tote), Mimica, Paulo Sérgio e Deca; Robson Simplício (Jonas), Arlindo Maracanã, André Beleza (Edgar) e Cleitinho; Pimentinha e Tiago Cavalcanti
Técnico – Flávio Araújo
Luverdense 1
Gabriel Leite, Raul Prata, Zé Roberto, Luís Eduardo e Samuel; Júlio Terceiro, Gilson, Washington (Max Carrasco) e Rafael Tavares; Ney Mineiro (Tatu) e Misael (Marcelo Maciel)
Técnico - Júnior Barbosa
Data - 24/07/2013 //Horário - 20h // Estádio - Castelão// Cidade - São Luís (MA) // Árbitro - Edmar Campos da Encarnação (AM) // Assistentes - Thiago Gomes Brigido (CE) e Carolina Romanholi Melo (CE) // Quarto Árbitro - Paulo S. Santos Moreira (MA).

Por O Estado do Maranhão

Agora Lascou geral:Prefeitura de Rosário recolhe seu "asfalto sonrisal" e obra prioritária vira decepção

Operários retirando asfalto colocado pela Prefeitura de Rosário dias atrás que não prestou, é dinheiro público sendo jogado no ralo.
Não durou uma semana o "asfalto sonrisal" colocado com recursos próprios do município em um trecho que tinha asfalto bom, na Avenida Vitorino Freire no Centro e na manhã desta terça-feira (dia 23) a atrapalhada prefeita Irlahi Moraes (PMDB) se viu obrigada a mandar recolher o dito asfalto novo que estava se dissolvendo. 

A façanha do governo Irlahi é digna de registro no "Guinness World Records" (antigo Guinness Book), pois não temos relatos de um asfalto tão ruim para demorar tão pouco tempo (lembrando que foi colocado no dia 17 - clique aqui). A situação causou revolta nas redes sociais e nas ruas, principalmente naquelas que estão em situação ruim de pavimentação, pois a obra é tratada como a maior prioridade de 2013 pelo governo municipal, enquanto Rosário passa a maior crise na Saúde de sua História e escândalos de corrupção nunca antes vistos.

O episódio só mostra a desorganização de Irlahi Moraes que segue um caminho triste e decepcionando a população, inclusive perdendo prematuramente os apoios até de seus eleitores e cabos eleitorais. Já inclusive sendo chamada de a pior gestão da História de Rosário, algo surpreendente para quem dizia ter passado 30 anos se preparando para administrar.

E por falar em desorganização, o acidente de um carro com a máquina dessa obra, ocasionado pela falta de sinalização, aconteceu no mesmo dia da retirada do asfalto novo (clique aqui e veja).


Por Rosário Notícias

segunda-feira, 22 de julho de 2013

‘O Flávio Dino hoje é uma alternativa altamente viável’, diz presidente do PSDB

O presidente do PSDB maranhense, Carlos Brandão, afirmou em entrevista que o partido está preparado para dar o passo rumo às eleições de 2014. A declaração foi dada ao programa ‘Avesso’, da TV Guará, ao jornalista Américo Azevedo, em que o tucano traçou uma avaliação sobre as possíveis alianças políticas no Estado, além dos fatores envolvidos para a tomada de decisão. Em determinado trecho da entrevista, Brandão não descarta a possibilidade de o PSDB apoiar a candidatura de Flávio Dino ao governo do Estado. “O nome dele hoje é uma alternativa altamente viável”, afirma.
Veja, abaixo, a íntegra da entrevista de Carlos Brandão publicada na edição deste domingo do Jornal Pequeno:
Fala-se que o PSDB está construindo um consenso para as eleições. O partido está pronto para esse entendimento?
- Está sim. Nós temos pessoas importantes no partido, que já ocuparam cargos públicos. E temos representantes da ala jovem. Portanto, estamos construindo esse entendimento de que tem que haver consenso. Ao contrário do que se diz, não há qualquer desentendimento. O que existe na verdade são diferentes pontos de vistas, o que é natural. E as questões políticas já estão praticamente resolvidas. Estamos preparados para a tomada de decisão.
Como o partido vê a candidatura de Flávio Dino?
- É um bom nome. É um político preparado. Ele está aí na frente das pesquisas. O nome dele hoje é uma alternativa altamente viável. E eu acho que, na conjuntura atual, uma aproximação (com o PSDB) seria favorável, pois a população hoje quer mudança. E quem está fora do governo pode ter esse carimbo da mudança, o que pode ser um fator positivo para ele.
E o ex-governador José Reinaldo, qual o futuro político dele? Ele vai migrar para o PSDB?
- O José Reinaldo é um bom quadro. Acho que dentro do PSDB eu não vejo rejeição ao nome dele. E acredito que a ideia dele seja ser candidato ao Senado. Mas nós não chegamos a conversar. O que aconteceu foi uma mudança interna no partido dele (PSB), e ele, ao que me parece, está avaliando a permanência. Mas, primeiro, nós nem sabemos se ele tem essa intenção de sair. E segundo, teríamos que abrir a discussão no PSDB. E isso sequer chegou a acontecer.
Qual é a sua avaliação a respeito da administração do governo municipal em São Luís?
- Eu acho que o prefeito ainda está tomando pé. Na verdade, não dá para fazer uma avaliação precisa. São apenas seis meses e ele ainda está arrumando a casa. Não conseguiu o domínio da situação. Acho que isso demora um pouco. Mesmo porque ele nunca foi gestor público. Ser gestor não é fácil! Porque você tem que conhecer a legislação, mesmo com uma boa equipe. Tem que tomar decisões rápidas. Ele veio com a tese de mudança, então isso naturalmente cria uma expectativa muito grande. Mas a mudança não acontece nessa velocidade.
E o Governo do Estado, qual a sua avaliação?
- Acho que o governo tem autorizado muitas obras importantes. Por exemplo, uma das prioridades agora é ligar 16 municípios que ainda não receberam asfalto, recuperar algumas rodovias e fazer muitas obras aqui em São Luís. Eu acho que ele vem demonstrando que está dedicado para que as coisas aconteçam. Mas essas obras deveriam ter sido feitas há muito tempo. Mas aí vai chegando perto da eleição e as coisas vão acontecendo.
Por Blog do Jonh Cutrim

Prefeitura de Rosário, não cumpre a Lei Complementar 131, conhecida como Lei do Portal da Transparência.

São 207 municípios, cujas informações sobre a execução orçamentária e financeira da administração ainda não estão sendo disponibilizadas em tempo real
Este ano, a regra passou a valer para os municípios com até 50 mil habitantes. São 196 cidades com esse perfil populacional e nenhuma cumpre a Lei Complementar 131. Entre as prefeituras que não cumprem a regra estão, Raposa, Pedreiras, Santa Helena, Tuntum, Buriti e Morros, além de Zé Doca, Viana, Vargem Grande, Coelho Neto, Lago da Pedra, Presidente Dutra, Araioses, São Bento e Rosário.
Segundo a procuradora do Ministério Público de Contas, Flávia Gonzalez Leite, a maioria desses municípios não tem site e as prefeituras que possuem portal da cidade não disponibiliza o link da Transparência. "A maioria não tem site e os que têm não alimentam [o Portal da Transparência] com informações em tempo real", declarou a procuradora.
Em Pedreiras, por exemplo, o secretário de Administração, Patrício Oliveira, assim como Ribamar Alves, alega problemas com a conexão de internet. Segundo ele, 40% das informações da gestão do prefeito Francisco Antônio da Silva, o Tontonho Chicote (PRB), estão disponíveis.
"Os outros 60% das informações estamos com dificuldade de atualização devido a problema técnico. São arquivos pesados que não conseguimos concluir o carregamento porque cai a conexão", afirmou o secretário.
Ainda segundo Patrício Oliveira, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) será informado sobre os problemas técnicos que dificultam a atualização do Portal da Transparência de Pedreiras. "Na próxima semana, vamos enviar comunicado ao TCE informando dos nossos problemas com a conexão da internet", disse o gestor.
Atualização - No site da prefeitura de Coelho Neto existe o Portal da Transparência, mas não há atualizações recentes e as informações não estão detalhadas. O prefeito Soliney Silva (PSD) se mostrou surpreso ao saber que seu município consta na lista do MPC como irregular. Segundo ele, o Portal da Transparência de Coelho Neto estava funcionando normalmente e sendo abastecido com regularidade.
"Verificarei junto aos meus auxiliares qual o problema porque, até onde tinha conhecimento, o portal funciona normalmente", afirmou o prefeito.
Na cidade de Raposa, a situação é pior. A Prefeitura não tem disponível nenhum site da administração. No endereço eletrônico de Raposa aparece apenas a mensagem avisando que "em breve portal da Prefeitura Municipal de Raposa".
O Estado entrou em contato com o prefeito Clodomir de Oliveira (PRTB), mas não obteve resposta.

Municípios terão 60 dias para cumprimento da lei

O Ministério Público de Contas com esse levantamento fará uma recomendação aos municípios irregulares estabelecendo um prazo de 60 dias para que a Lei do Portal da Transparência seja cumprida corretamente. Segundo a procuradora de contas, Flávia Gonzalez Leite, esse será o último prazo para que os gestores se ajustem à regra.
Em agosto, deveremos comunicar aos prefeitos a recomendação do MPC. A partir daí, eles terão 60 dias para cumprirem a regra, caso contrário, sofrerão as sanções previstas na lei", afirmou Flávia Gonzalez.
Caso a recomendação do MPC não seja cumprida, os municípios que continuarem em situação irregular serão colocados como inadimplentes e automaticamente ficam impossibilitados de receber repasses voluntários tanto do Governo do Estado quanto da União.
Além disso, o MPC deverá iniciar o monitoramento periódico dos municípios. A cada seis meses, os municípios serão fiscalizados sobre o cumprimento da Lei Complementar 131.

Regulares

Municípios que cumprem a Lei do Portal da Transparência
São Luís
Imperatriz
São José de Ribamar
Timon
Caxias
Codó
Paço do Lumiar
Açailândia
Grajaú
Coroatá

Números

207 municípios não cumprem a Lei do Portal da Transparência
196 cidades com até 50 mil habitantes não estão cumprindo a Lei Complementar 131
8 dos 9 municípios com mais de 100 mil habitantes cumprem a regra
10 prefeituras cumprem corretamente a Lei da Transparência

Por O Estado do Maranhão e blog do Anônimo de Rosário

sábado, 20 de julho de 2013

Criança acorda e pede água no meio de seu velório

Uma criança de dois anos acordou, sentou no caixão e bebeu um copo de água durante seu próprio velório no sábado, em Belém, segundo parentes e pessoas presentes no local. Depois disso, o menino Kelvys Simão dos Santos foi levado para o hospital, mas chegou morto.
 
A Polícia Civil do Pará investiga se houve erro médico na declaração da “primeira morte”, mas, na ilha de Cotijuba, em que o fato ocorreu, há quem diga que foi um milagre ou algo sobrenatural.
 
Havia cerca de 50 pessoas no velório. Kelvys foi internado em um hospital estadual com febre e falta de ar na sexta-feira. À noite, o hospital constatou a morte da criança. A declaração de óbito aponta como causa da morte insuficiência respiratória, broncopneumonia e desidratação.
 
Segundo o hospital, ele passou cerca de três horas sem poder respirar. A família, porém, diz que retirou os algodões de suas narinas e boca e abriu o saco plástico.
 
Durante o velório, segundo a pastora Maria Raimunda Batista, ele “estava se mexendo o tempo todo”.
 
O pai do menino, o agricultor Antônio dos Santos, diz que por volta das 14h as pessoas presentes começaram a fazer massagem cardíaca no menino, até que ele cuspiu restos de algodão que haviam sido colocados em sua boca.
 
Logo depois, diz, o menino sentou no caixão e disse “Pai, água”.
 
“O povo entrou em pânico, a avó dele desmaiou. O pai e a mãe dele ficaram muito felizes”, disse a pastora. O menino foi levado ao hospital imediatamente, segundo o pai, mas já chegou morto.




INVESTIGAÇÃO
 
O pai do menino diz acreditar que a criança reagiu aos medicamentos que haviam sido dados no hospital na tentativa de ressuscitá-lo depois que o óbito já havia sido declarado, e por isso acordou no velório.
 
A direção do hospital afirmou, em nota, que só será possível esclarecer o episódio caso o corpo da criança seja exumado.
 
De acordo com a Polícia Civil, a depender dos depoimentos colhidos na fase preliminar da investigação pode ser determinada a abertura de inquérito e feito o pedido de exumação.
 
O hospital deixou a investigação a cargo da polícia. “Se a criança estivesse viva, ela não ia aguentar ficar tanto tempo tamponada. Por isso que achamos estranho e queremos também uma explicação”, afirmou a diretora do Hospital Regional Abelardo Santos, Vera Cecim.


Assista ao vídeo:
 

É essa a prioridade, Irlahi?

Muito nos admira que Rosário precisando urgentemente de Saúde e infraestrutura a prefeita priorize a segunda opção. Tudo bem, as ruas estão intrafegáveis mesmo.

Mas, espere um momento! Qual é a prioridade mesmo?

Fala sério, Irlahi! Asfaltar ruas e avenidas sem necessidade enquanto outras não entram nem bicicletas, é brincadeira.

Fotos mostram claramente que a prefeita Irlahi Linhares (PMDB) está gastando dos quase 1,5 milhão de reais em vias que não precisariam de melhorias urgentes, enquanto a rua do fio, por exemplo, padece a falta de infraestrutura, assim como dezenas e centenas.

O trecho asfaltado (foto) recebe recapeamento aonde não havia necessidade alguma.

Se observar bem perceberás na segunda imagem que o asfalto antigo está perfeito. É só fazer o comparativo do velho com o novo. 


Veja a foto do serviço feito na avenida em frete ao estádio municipal de Rosário.
 
 
 
 
Por Bacabeira em Foco

sexta-feira, 12 de julho de 2013

A verdade crua sobre o governo da prefeita Irlahi Linhares...

Não está sendo fácil para a prefeita de Rosário, enrolada Irlahi Linhares, enfrentar o seu primeiro ano de mandato.É que todas as atitudes ou qualquer passo positivo que a administradora tenta dar são suplantadas pela imagem negativa que a população tem dela desde que adentrou a prefeitura de Rosário Click aqui!, e Click aqui!.

Tanta negatividade já não é nem tanto pessoal, por causa das medidas drásticas e sua falta de consistência nos discurso, já que por muitas vezes tem dito uma coisa e feito outra, mas é que Irlahi Linhares, tem enrolado muito o povo e também tem realizado obras de serviços de uma forma tão lenta que tem irritado a população de Rosário.

Apesar de todos os recursos que já caíram nos cofres da prefeitura Click aqui!, não há investimento e melhorias na Saúde e na infraestruturada da cidade de Rosário.

A verdade de tudo é que a prefeita Irlahi Linhares (PMDB), não um tem nenhum plano de governo e também não tem planejamento para melhorar a Saúde de Rosário, Click aqui! ,Click aqui! e Click aqui!.        

quinta-feira, 11 de julho de 2013

FIEMA fará novos investimentos em Rosário

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA), Edilson Baldez das Neves, anunciou que Rosário receberá o programa ViraVida,  do Serviço Social da Indústria (SESI), e que está negociando a aquisição de um terreno no Distrito Industrial da cidade para construir instalações definitivas para o SESI e para o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). O anúncio foi feito durante solenidade de cerificação dos primeiros 415 alunos formados no município.

Segundo o presidente da FIEMA, os técnicos do SESI estão delineando um projeto para que o ViraVida possa funcionar na cidade. “O presidente do Conselho Nacional do SESI, Jair Meneghelli, já garantiu que há recursos para instalarmos o Programa Vira Vida, que atende jovens de 14 a 21 anos em situação de vulnerabilidade, violência e exploração sexual. Hoje a primeira unidade do programa funciona em São Luís”, afirmou.

Em relação às novas instalações do SESI e SENAI em Rosário, o presidente da FIEMA comentou que há negociações em andamento para substituir as unidades que hoje estão funcionando em prédios provisórios.

“Já estamos finalizando as tratativas com o governo estadual para adquirimos o terreno onde construiremos as instalações definitivas do SENAI e do SESI. Hoje temos dois prédios diferentes que nos foram cedidos em comodato pela Prefeitura de Rosário e pelo governo do estado, mas agora queremos ter prédios próprios e fazer instalações conjugadas”, assegurou Baldez.


Fonte: Idifusora.com

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Rosário:Homem é preso suspeito de violentar suas quatro filhas

Do G1 MA

De acordo com denúncias, ele teria dois filhos com uma delas.
Suspeito está detido na delegacia de Bacabeira.


Está detido na delegacia de Bacabeira, município localizado a 58 quilômetros da capital maranhense, um homem suspeito de violentar suas quatro filhas e ter dois filhos com uma delas. O mandado de prisão foi expedido pela juíza Rosângela Santos, após denúncias anônimas feitas pelo telefone 3223-5800, do serviço Disque-Denúncia.
De acordo com as denúncias, o suspeito violentava, constantemente, suas filhas de oito, 10, 14 e 16 anos. A mais velha estaria sendo violentada desde os seis anos de idade e, com ela, o denunciado teria tido dois filhos, com dois anos de idade cada um.
O suspeito, as filhas e sua esposa residiam na mesma casa, na localidade conhecida como Morro do Urubu, no povoado São Domingo, em Rosário. "O mandado foi expedido pela doutora Rosângela e cumprido ontem. Ele foi apenas transferido para Bacabeira, como medida de segurança", explicou a delegada regional Regina de França Barros.

terça-feira, 9 de julho de 2013

Cemitério de Rosário é coberto pelo mato mesmo após contrato de quase 150 mil

O cemitério público do município de Rosário, localizado no bairro Ivar Saldanha, centro da cidade é tomado pelo mato. Quase não dá mais pra ver os túmulos, só de tanto mato.

Mesmo após contrato firmado entre a prefeitura de Rosário e uma empresa prestadora de serviços e manutenção, em maio deste ano, no intuito de cuidar da parte física e funcional do cemitério, a situação e a realidade ainda é de calamidade e total desrespeito aos que já se foram.

Diante do incomodo sentido por um leitor fiel do blog e vítima desse descaso, o jovem decidiu expor essa realidade enviando por e-mail, fotos do cemitério no qual seu avô, Genésio Brito, foi enterrado no último dia 02 julho. Para a família, um verdadeiro descaso.

Ver contrato firmado entre a Prefeitura de Rosário e a empresa prestadora de serviços, Clicando aqui.


Por Bacabeira em Foco

Agente de Saúde cobra transparência e aplicação correta de recursos públicos


Confira na íntegra: o texto publicado em uma rede social na Internet:

Senhora prefeita Irlahi Moraes, POR FAVOR, nos dê explicações a respeito do pagamento dos profissionais do Programa Saúde da Família, referente ao mês de maio, que foi repassado ao município de Rosário, pelo governo federal, no dia 18 de junho de 2013. É sabido que este dinheiro não pode ser usado para outro fim a não ser o de pagar despesas do programa PSF. Caso seja feito de outra forma seria improbidade administrativa. 

Como não criticar uma gestão feita desta forma? Sem nenhum respeito aos profissionais, as condições precárias, que é bem verdade, já vem de outras gestões sim, mas pelo menos o pagamento é garantido pelo governo federal mensalmente. Outro questionamento: O que está sendo feito ou o que será feito, com o dinheiro que deveria ser para pagar alguns profissionais , e que estes não existem em alguns postos de saúde do PSF???? É isso mesmo, como exemplo temos a equipe da SEDE, do Curral Velho e da Bacural que não tiverão médicos no mês de junho, isso só como um pequeno exemplo, porque sabemos que existem muitos mais profissionais cadastrados no CNES em determinados meses, e que este não prestaram serviço algum às equipes que estão cadastradas. Cabe a senhora Prefeita, a Secretária Municipal de Saúde, Mauricéa Rodrigues Lopes responder a esses questionamento e a muitos outros que nos faz não acreditar até hoje nesta gestão que disse que faria diferente de todas as outras gestões que já passaram, e que na verdade está fazendo bem pior.

Quero só ver como será desenvolvido o PPA, porque até hoje nunca houve de fato a restruturação do Conselho de Saúde, e não venha com conversas fiadas de que não estamos (conselheiros), dando condições para que isso aconteça, já que deixamos tudo na direção de uma pessoa escolhida pela própria secretária de saúde.

COMO NÃO CRITICAR UM GOVERNO QUE NÃO PENSA PRIMEIRAMENTE NO POVO? VOCÊ DIZIA SABER DOS PROBLEMAS DE ROSÁRIO E PROMETEU RESOLVÉ-LOS, E AGORA NÃO CONSEGUI NEM DEIXAR QUE OS PROGRAMAS PAGOS PELO GOVERNO FEDERAL, PRESTEM SERVIÇOS DE QUALIDADE AO POVO. NÓS NÃO PRECISAMOS DE FESTA, PRECISAMOS NESTE MOMENTO É DE CONDIÇÕES PARA TRATAR A SAÚDE DO POVO, QUE NÃO TEM CONDIÇÕES DE PROCURAR RECURSOS BÁSICOS EM OUTRO MUNICÍPIO. QUER CALAR A NOSSA BOCA OU OUVIR UM ELOGIO, POIS COLOQUE O SESP PARA FUNCIONAR DE VERDADE E USE O DINHEIRO DOS PROGRAMAS FEDERAIS DA ÁREA DA SAÚDE, COMO DE FATO DEVEM SER USADOS...IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA É CRIME.


Por  Rosário Notícias e Kátia Oliveira (agente comunitária de Saúde)

PGJ possui mais de 180 investigações criminais abertas contra pessoas com foro

Informações foram divulgadas pelo Ministério Público do Maranhão e Atual 7 A PGJ (Procuradoria-Geral de Justiça) do Maranhão possui mai...