segunda-feira, 22 de julho de 2013

‘O Flávio Dino hoje é uma alternativa altamente viável’, diz presidente do PSDB

O presidente do PSDB maranhense, Carlos Brandão, afirmou em entrevista que o partido está preparado para dar o passo rumo às eleições de 2014. A declaração foi dada ao programa ‘Avesso’, da TV Guará, ao jornalista Américo Azevedo, em que o tucano traçou uma avaliação sobre as possíveis alianças políticas no Estado, além dos fatores envolvidos para a tomada de decisão. Em determinado trecho da entrevista, Brandão não descarta a possibilidade de o PSDB apoiar a candidatura de Flávio Dino ao governo do Estado. “O nome dele hoje é uma alternativa altamente viável”, afirma.
Veja, abaixo, a íntegra da entrevista de Carlos Brandão publicada na edição deste domingo do Jornal Pequeno:
Fala-se que o PSDB está construindo um consenso para as eleições. O partido está pronto para esse entendimento?
- Está sim. Nós temos pessoas importantes no partido, que já ocuparam cargos públicos. E temos representantes da ala jovem. Portanto, estamos construindo esse entendimento de que tem que haver consenso. Ao contrário do que se diz, não há qualquer desentendimento. O que existe na verdade são diferentes pontos de vistas, o que é natural. E as questões políticas já estão praticamente resolvidas. Estamos preparados para a tomada de decisão.
Como o partido vê a candidatura de Flávio Dino?
- É um bom nome. É um político preparado. Ele está aí na frente das pesquisas. O nome dele hoje é uma alternativa altamente viável. E eu acho que, na conjuntura atual, uma aproximação (com o PSDB) seria favorável, pois a população hoje quer mudança. E quem está fora do governo pode ter esse carimbo da mudança, o que pode ser um fator positivo para ele.
E o ex-governador José Reinaldo, qual o futuro político dele? Ele vai migrar para o PSDB?
- O José Reinaldo é um bom quadro. Acho que dentro do PSDB eu não vejo rejeição ao nome dele. E acredito que a ideia dele seja ser candidato ao Senado. Mas nós não chegamos a conversar. O que aconteceu foi uma mudança interna no partido dele (PSB), e ele, ao que me parece, está avaliando a permanência. Mas, primeiro, nós nem sabemos se ele tem essa intenção de sair. E segundo, teríamos que abrir a discussão no PSDB. E isso sequer chegou a acontecer.
Qual é a sua avaliação a respeito da administração do governo municipal em São Luís?
- Eu acho que o prefeito ainda está tomando pé. Na verdade, não dá para fazer uma avaliação precisa. São apenas seis meses e ele ainda está arrumando a casa. Não conseguiu o domínio da situação. Acho que isso demora um pouco. Mesmo porque ele nunca foi gestor público. Ser gestor não é fácil! Porque você tem que conhecer a legislação, mesmo com uma boa equipe. Tem que tomar decisões rápidas. Ele veio com a tese de mudança, então isso naturalmente cria uma expectativa muito grande. Mas a mudança não acontece nessa velocidade.
E o Governo do Estado, qual a sua avaliação?
- Acho que o governo tem autorizado muitas obras importantes. Por exemplo, uma das prioridades agora é ligar 16 municípios que ainda não receberam asfalto, recuperar algumas rodovias e fazer muitas obras aqui em São Luís. Eu acho que ele vem demonstrando que está dedicado para que as coisas aconteçam. Mas essas obras deveriam ter sido feitas há muito tempo. Mas aí vai chegando perto da eleição e as coisas vão acontecendo.
Por Blog do Jonh Cutrim

Nenhum comentário:

Ibope aponta Braide com 54% e Duarte com 46%

A TV Mirante divulgou nesta sexta-feira (27), no JM2, a última pesquisa Ibope no segundo turno da eleição para prefeito de São Luís, entre o...