quarta-feira, 25 de março de 2020

530 doses de vacina H1N1 são subtraídas no município de Rosário


A prefeitura de Rosário através da secretaria de saúde do município e sua coordenadora  de imunização registraram um boletim de ocorrência nesta segunda-feira 23, do furto de 530 doses de vacina contra influenza (H1N1), que seriam para vacinação de idosos, crianças e trabalhadores da saúde. 

As doses foram furtadas da geladeira do hospital SESP e rapidamente a coordenadora de imunização foi até a Delegacia da Policia Civil do município registrar o BO que está  abaixo: 

  
Nota 
A prefeitura municipal de Rosário, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde, vem a público informar que foram subtraídas 500 doses da vacina para H1N1, no entanto todas as medidas já foram tomadas e o caso segue em investigação para a identificação e responsabilização dos culpados. Destacamos ainda, que o fato já foi comunicado à Gerência Regional solicitamos reposição, de forma a evitar maiores prejuízos à população e garantir uma cobertura vacinal eficiente.

Observação: A coordenadora de imunização de Rosário realizou um BO na Delegacia da Policia Civil do furto de 530 doses  de (H1N1) da geladeira do hospital CESP e a prefeitura de Rosário em nota alega 500 doses. Até o momento não se sabe a quantidade exata de doses que foram subtraídas.

Nenhum comentário:

Maranhão chega a 81 casos confirmados do novo coronavírus

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) do Maranhão confirmou na noite de quinta-feira (02) que registrou mais 10 casos confirmados de COVI...