sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Federal quer prender falsos pescadores, presidentes de colônias e deputados no Maranhão

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão deve julgar,antes do recesso de dezembro,o processo que pede a cassação dos deputados Cleber Verde (federal) e Edson Araújo (estadual). Ambos foram denunciados pelo Ministério Público Eleitoral por suposto uso da estrutura da Superintendência da Pesca e Aquicultura no Maranhão durante a campanha. A referida Superintendência é dirigida por Júnior Verde,irmão de Cleber Verde.

Cléber Verde e Edson Araújo foram investigados pela Policia Federal durante a campanha política o Núcleo de Inteligência da PF produziu a Informação Policial número 008/2010-NIP/SR/DPF/AM, a qual informa que no dia 19 de setembro de 2010, na sede da Asfem, no bairro Filipinho, realizou-se reunião da Colônia de Pescadores Z-10 Almirante Barroso.
 
A reunião tinha por objetivo tratar de assuntos relacionados ao seguro defeso, benefício do INSS, empréstimos do PRONAF e oferecimento de prestação de contas.
 
Os policiais, diz o relatório, chegaram ao local por voltas das 9h da manhã e na oportunidade observaram um grande número de pessoas, organizadas em enormes filas para assinarem um livro de ata.
Conforme a PF, as pessoas chegaram ao local transportada em veículos pequenos e ônibus que exibiam cartazes com propaganda eleitoral dos então candidatos Cleber Verde e Edson Araújo.
 
Após as assinaturas, as pessoas eram encaminhadas para um auditório, onde constavam cartazes dos dois candidatos, sendo que no material de propaganda do último constava a expressão “O candidato dos Pescadores”.
 
No momento, foram distribuídos inúmeros santinhos da dupla, tendo os policiais federais, infiltrados ao encontro, recebidos também as propagandas.
 
Além dois candidatos, estavam presentes o irmão de Cleber Verde e representantes de colônias de pescadores de vários municípios.
 
Conforme os policiais federais, o objeto da reunião limitou-se à realização de ato de propagandas eleitorais dos candidatos presentes, sendo que todos os que usaram a palavra pediram votos para eles.
Outro fato grave notado pelos federais foi o uso do carro oficial, um Ford Ranger, de placas JJU-7681, de propriedade do Ministério de Pesca e Aquicultura, presente ao local.
 
PRESIDENTES DE COLÔNIAS NA MIRA DA FEDERAL
 
Além dos deputados Edson Araujo e Cleber Verde, presidentes de Colônias de Pescadores em todo o Maranhão estão sendo investigados, secretamente, pela “Operação Malha Fina”, que investiga uma série de aposentadorias e seguros-defesos irregulares, que somam milhões em prejuízo ao erário público. Além de presidentes de Colônias, membros das entidades e pessoas que foram favorecidas pelas praticas fraudulentas também são alvo de investigações.
 
De acordo com fontes do Blog do Udes Filho, nos próximos dias, a federal deverá realizar uma série de prisões em todo o Maranhão.
 
 
Fonte: blog Udes Filho

2 comentários:

Anônimo disse...

É meu amigo e a denuncia foi feita pela prefeita eleita de Rosário IRLAHI, que está cumprindo aquilo que prometeu nos palanques acabar com a farra das colônias, mulheres que nunca pescaram na vida recebendo só pra curtir um REGGAE! Veja a mulher de Carlos do Remédio, rouba velhinhos e ainda recebe da colônia!

Anônimo disse...

Esse comentario foi bem feito por Carlos Martins,ele deve estar puto da vida por ter recebido apenas 35 votos,isso se chama inveja,é meu garoto tô vendo que de poitica tu não entende mesmo,só se candidatou por vontade do papaizinho,porque se dependesse de você Carlos Martins tua vida era só Malhar,comer e Dormir,agora vem com essa de se candidatar a deputado,hahaha faça-me um favor,se como vereador teve 35 votos,avalie como deputado,procura é trabalhar e larga de ta na aba do papai policial,porq desse jeito meu amigo,você não vai a lugar algum,ah talvez você vá,vai pra puta que o pariu seu playboyzinho de merda.

Rosário-MPMA obriga a Titara, Governo do Maranhão, Sema e Agem, para adotarem medidas para conter danos ambientais provocados por aterro

Em Ação Civil Pública, ajuizada no dia 17, o Ministério Público do Maranhão requer liminar para obrigar a Central de Gerenciamento Ambiental...