quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Estrada que liga Bacabeira a Rosário é a única rodovia boa no MA

Um relatório Transporte apontou as piores e melhores estradas do país. No Maranhão, apenas a MA-110, que ligas oda Confederação Nacional do  município de Bacabeira a Rosário, foi considerada boa. Ainda segundo o relatório, seriam necessários mais de dois bilhões de reais para a recuperação de todas as estradas que cortam o Maranhão.
 
O que os motoristas percebem diariamente ao circular pelas estradas que cortam o Estado foi constatado também pela Confederação Nacional do Transporte, em um exigente levantamento. A CNT avaliou mais de 4.500 quilômetros de extensão de rodovias estaduais e federais no Maranhão e usou critérios como as condições da pavimentação e da sinalização para atribuir notas e classificar as estradas. Das 18 rodovias analisadas, somente uma foi considerada boa no aspecto geral. A MA-110, que liga as cidades de Bacabeira a Rosário foi avaliada com ótimo pavimento, sinalização regular e boa geometria.
 
Dez rodovias foram avaliadas como regulares: MA-345, BR-010, BR-222, BR-226, BR-230, BR-308, BR-316, BR-402 e BR-135. A rodovia que mais registrou pontos de infraestrutura de apoio, como lanchonetes, postos de combustível e borracharias, foi a BR-135, rodovia federal que liga o Maranhão ao interior.
 
De acordo com o relatório, sete estradas foram qualificadas como ruins ou péssimas. As rodovias MA-034, MA-106, MA-346, e um trecho da BR-222 foram avaliados como ruins e as BR-230 e MA-006 foram consideradas péssimas.Em comparação com o mesmo estudo feito no ano passado, as estradas que haviam sido apontadas como ruins ou péssimas melhoraram. É o caso da MA-110, hoje considerada boa. A melhoria também foi percebida pelos motoristas. Adalmir Nunes, caminhoneiro há quatro décadas, acredita que houve uma melhora. “As estradas não estão assim tão péssimas, estão até em bom estado de conservação. As únicas coisas que são ruins são os remendos que eles fazem e isso aí pode causar um acidente”, afirma ele.
 
As correções necessárias às estradas se tornam mais fáceis de serem realizadas já que a pesquisa também aponta os investimentos precisos para recuperar e conservar as rodovias. Este ano, a Confederação sugere a reconstrução, restauração e manutenção de 4.071 quilômetros. Pela média de valores do Departamento Nacional Infraestrutura de Transporte (DNIT), seriam precisos cerca de R$ 2.180.800.000 para melhorar o quadro das rodovias que cortam o Maranhão.

6 comentários:

Anônimo disse...

Essa MA liga Rosário a Presidente Juscelino. A que liga Rosário a Bacabeira é a BR 402. Kkkkkkkkkk

Anônimo disse...

TO MORA AONDDE INFELIFIZ

Anônimo disse...

TO MORA AONDDE INFELIFIZ

Anônimo disse...

TO MORA AONDDE INFELIFIZ

Anônimo disse...

O autor da materia será o cecretário de trssporte da prefeita irlai

Anônimo disse...

Bela materia ainda raiva da derota Willame Anceles foi divulgada varios jornais do Maranhão.
Folha maranhão, jornal pequeno todos fizeram essa materia é inveja do pessoal não liga amigo.
Bela Meteria!

Wesley Sousa, primeiro músico profissional a assumir cargo legislativo em São Luís

[São Luís] - Wesley Sousa, renomado professor do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), músico e ativista social, dá um passo significativo e...