segunda-feira, 3 de junho de 2013

Sarney esqueceu dos buracos que deixou abertos no Maranhão…

Sarney reclama dos buracos de São Luís, acho que deveria falar dos buracos da Fábrica de Rosário , Refinaria e estradas fantasmas que Roseana pagou e não fez…

Ates de iniciar este assunto quero deixar claro que não estou falando apenas de rombos, sim, das estradas desse Brasil inteiro que nossos políticos esquecem-se de tampar.
Buracos no Maranhão, Amapá, de todo o país neste 1º mandato de Dilma Rousseff  casada com uma faminta bancada de pmdebistas, ávidos pelo poder e pelas vantagens. Vantagens estas que, logicamente, nunca retornam aos seus eleitores como benefícios às suas cidades.
Estrada fantasma de Roseana
As estradas do país inteiro estão esburacadas, não é exclusivo da capital do Maranhão e sim da apatia dos nossos políticos que não pensam na população. Mas o senador pelo Amapá parece ignorar por completo este detalhe. Aliás, está dando o devido destaque em sua coluna. Vamos ao que interessa:
Pelo blog do jornalista Gilberto Leda (acompanhem aqui), tive acesso ao tremendo contra-senso (se bem que a aplicação correta seria de tremendo absurdo) praticado pelo dono da coluna, José Sarney, que ascendeu na vida através dos votos da população maranhense. Sarney, hoje senador pelo Amapá, foi deputado, governador, presidente da Brasil graças ao povo do Maranhão, terra que diz morrer de amor.
Mas não parece que se interessa em resolver os problemas do povo do Maranhão, pois com tanto carisma e intimidade com os petistas Lula e Dilma, bem que poderia fazer uma atitude em favor do povo do MA, estado que lhe deu tantas oportunidades de ascender.
Sarney que para apontar o dedo indicador na direção dos adversários é rápido, foi direto ao ponto; se há buracos a culpa é do prefeito (Edivaldo Holanda Jr.). Muito bem, Sarney, Vossa Excelência se esquivou mais uma vez de uma responsabilidade, pois, sua maior preocupação seriam as ruas do Amapá, pois, seu mandato de senador pelo Amapá ainda vai até o fim do ano de 2013.
Mas, será que, então, o senador não citou sua cidade, Macapá, que está totalmente entregue aos buracos, como mostra um artigo retirado de um blog de Macapá, vejam abaixo no blog da Jeanny Raiou:

MACAPÁ: BURACOS, LIXO E TRÂNSITO


Seria bom se o senador Sarney falasse nos seus textos, além dos buracos de São Luís, da famosa estrada fantasma Arame/Paulo Ramos, da Fábrica de Rosário, da Refinaria de Bacabeira, e tantos outros buracos e esqueletos deixados para que seu grupo político se  perpetuasse no poder.


Por blog do Ricardo Santos

Nenhum comentário:

Assembleia Legislativa do MA rejeita concessão de medalha a Michelle Bolsonaro

Nesta quinta-feira (18), a Assembleia Legislativa deliberou sobre a concessão da Medalha do Mérito Legislativo ‘Manuel Beckman’ à ex-primeir...