sábado, 5 de outubro de 2013

Irlahi Linhares na iminência de passar vexame em 2014

IRLAHI E ROSEANA
Com o ano eleitoral se aproximando e com os pretensos candidatos se ajeitando partidariamente, as coisas vão se alinhando pouco a pouco e o cenário vai ficando definido para 2014.

De acordo com o cronograma das eleições de 2014, o prazo garantido pelo TSE para filiações de quem irá concorrer às eleições, vai até o próximo sábado dia 05 de outubro. Diante disto, poderemos fazer uma breve análise preliminar daquilo que pode ser um vexame para a prefeita de Rosário, Irlahi Linhares (PMDB).

Você pode até achar o título da postagem grosseiro, mas...

A cidade de Rosário vive um momento político-econômico bastante conturbado nos últimos meses e, o atual governo tem sofrido com grandes manifestações populares por não estarem satisfeitos com a administração da gestora maior do executivo municipal, Irlahi Linhares. Além das manifestações, vários outros problemas tem sido motivo de revolta da população rosariense, como Saúde (algo quase inexistente no município);Infraestrutura (ruas intrafegáveis na sede e nos povoados e falta de serviços de drenagem); Saneamento básico (Falta de água constante e falta de escoamento de águas pluviais) e outros.

Não são somente os problemas dentro da circunscrição do município de Rosário que mora o perigo. Mas, a falta de investimentos do governo do estado no município também ajudará num possível vexame da prefeita Irlahi em 2014.

Vamos aos fatos:

Irlahi Linhares é do PMDB, mesmo partido da governadora Roseana Sarney e do pré-candidato a governador da oligarquia, Luis Fernando Silva. Apoiará, também, o deputado Roberto Costa para estadual e Gastão Vieira para senador ou para deputado federal (ainda está indefinido), ambos também são do PMDB.

Com a falta de investimentos do governo do estado no município, ficará quase impossível Irlahi transferir votos dos rosarienses aos “turistas” candidatos governistas no ano que vem. Mesmo por que, os oito (8) vereadores da base governista na câmara já tem seus candidatos a deputados independentes e, os que ainda não tem, dificilmente apoiarão os candidatos que a prefeita indicar. Tampouco apoiarão o pré-candidato ao governo do estado, Luis Fernando. Pelo menos o que já ouvimos pelos corredores do parlamento, Flávio Dino é o cara entre a maioria dos vereadores, até mesmo entre os governistas.

Nem só de vereadores se faz uma campanha, certo? Em partes, sim! Porém, Irlahi também não poderá contar com a maioria de seus secretários municipais. Muitos deles também têm acordos políticos com seus prováveis candidatos.

Diante do fato concreto, um possível vexame eleitoral está por vir e, dificilmente Irlahi escapará dele.  

Por Bacabeira em Foco



Nenhum comentário:

Grupo de Wennder Rocha vai com Eduardo Braide 19

Wennder Rocha mostra força vai de Braide 19 com seu grupo O irmão do Senador Weverton Rocha , o candidato a vereador Wennder Rocha (PDT ) vê...