segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Estudante de direito é preso em Imperatriz por roubo qualificado

Policiais do Serviço de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública (SSP), núcleo de Imperatriz, sob o comando do delegado Tiago Bardhal, com apoio do Grupamento de Operações Especiais (GOE), cumpriram, na manhã de sexta-feira (6), mais um mandado de prisão em Imperatriz, decretado pela juíza titular da Vara Especial da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, Sara Fernandes Gama, na ocasião respondendo pela 2ª Vara Criminal, foi cumprido em desfavor do acadêmico de direito João Alexandre Lucas, 33 anos, que foi preso em casa.

João Alexandre Lucas é acusado de roubo qualificado, tipificado. A pena para esse tipo de crime é de 4 a 10 anos de reclusão em regime fechado. O acusado  tem uma vasta ficha criminal. Ele se encontrava em liberdade provisória, já que tinha sido preso anteriormente acusado de envolvimento no assalto ao Posto Arizona, localizado na BR-010, entre o povoado Bananal e Governador Edison Lobão. Embora com várias prisões, somente agora é que João Alexandre Lucas foi condenado.
 
Imparcial

Nenhum comentário:

Justiça suspende tramitação do processo de cassação do prefeito de Rosário Calvet Filho

A magistrada da 1ª vara do município de Rosário, Karine Lopes de Castro, deferiu durante a tarde desta terça-feira, 11, mandado de segurança...