terça-feira, 1 de novembro de 2022

Médicos com salários atrasados reduzem atividades no Maranhão


Médicos das unidades estaduais de saúde do Maranhão reclamam de até quatro meses sem receber salários. Em razão disso, há vários dias, o atendimento nas UPAs foram reduzidos para apenas casos de urgência e emergência.

Recentemente, profissionais da enfermagem também denunciaram atrasos nos pagamento de salários de responsabilidade da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares – EMSEEH, o que só começou a resolvido a imprensa denunciar.

No entanto, não apenas os profissionais médicos e enfermeiros enfrentam problemas, outros profissionais que trabalham nas unidades de saúde em outras áreas, como vigilância e limpeza, também estão sem receber.

Quem busca atendimento na UPAs se depara com avisos como este abaixo, informando à luta por salários em dia e pedindo a compreensão da população pelo atendimento reduzido.



Durante o período de campanha eleitoral, vários problemas que permaneceram escondidos estão vindo à tona. Ha reclamações de salários atrasados não somente na área da Saúde. Profissionais que trabalhar no sistema penitenciário também estão sem receber.

Buscamos respostas junto ao Governo do Maranhão, mas não fomos atendidos.


Nenhum comentário:

Braide comemora nota “A” no Ranking de Transparência do TCE-MA

A Prefeitura de São Luís, na gestão do prefeito Eduardo Braide (PSD), segue acumulando resultados positivos no quesito transparência. O mais...