quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

“A presidente da República não tem noção da gravidade da situação na Petrobras”, afirmou Aécio Neves

Brasília – O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, disse nesta quarta-feira (25) que a presidente Dilma Rousseff desconhece o real tamanho dos problemas existentes na Petrobras e o impacto negativo que a situação da estatal causa na economia brasileira.
Aécio criticou a declaração dada hoje pela presidente da República sobre o rebaixamento da nota da Petrobras pela agência de classificação Moody’s. Segundo a presidente, a redução do indicador que reduz o grau de segurança da empresa para aplicações de investidores foi resultado da “falta de conhecimento” por parte da agência.
“A fala da presidente da República é assustadora. Ela não tem noção da gravidade da situação na Petrobras e das consequências disso no restante da economia. Nós podemos estar a passos também do rebaixamento da nota de rating da própria economia brasileira”, destacou o senador.
Aécio lembrou que fornecedores da estatal, que não têm recebido seus pagamentos, estão sendo obrigados a demitir funcionários.
O senador acrescentou ainda que há a perspectiva de que o cálculo do PIB mostre resultado negativo da economia em 2014, que as expectativas para 2015 não são positivas e que a consequência do quadro ruim tende a ser sentido principalmente pela população mais pobre.
“Não são os petistas que pagarão o preço disso, mas sim aqueles cidadãos a quem o PT dizia defender. Os primeiros a serem punidos pela alta da inflação e pela perda do emprego são os mais pobres”, falou.
E acrescentou, ressaltando a contradição no discurso da petista: “Isso significa, ao contrário do que dizia a campanha da presidente da República, menos comida na mesa do trabalhador”.
Aécio enfatizou também que o PSDB permanecerá na luta pelo combate à corrupção “na Petrobras e em outras áreas do governo federal”.

Nenhum comentário:

Prefeitura de Rosário realiza Piseiro da vacinação contra Covid-19 de (20 a 23)

A SEMANA DE VACINAÇÃO DA D2 (SEGUNDA DOSE) DA PFIZER CONTRA O NOVO CORONAVÍRUS (COVID-19), REFERENTE AS DOSES QUE FORAM APLICADAS NO ARRAIAL...