terça-feira, 7 de dezembro de 2021

‘Não tem como bater o martelo se vai ter o Carnaval no Maranhão’, diz Carlos Lula


O secretário de Estado da Saúde do Maranhão, Carlos Lula (PSB), endossou nesta terça-feira, 7, em entrevista à Rádio Mirante AM, discurso do governador Flávio Dino (PSB) a respeito da realização, ou não, do Carnaval no estado em 2022.

“Em 15 dias muda tudo. Não tem como dizer. O que a gente tem que fazer é minimizar os danos,tentar vacinar o máximo e tenta conviver. Dá para fazer um evento com 50 mil pessoas? Por isso que não dá para fazer o réveillon, que estava previsto para ter atrações nacionais. E o que a gente faz? Coloca 80 mil pessoas e corre o risco e depois tem um aumento de casos? Então esse é o

problema. A gente não tem como bater o martelo que vai ter carnaval”, destacou Carlos Lula.

Em relação as medidas sanitárias, diante da confirmação de transmissão local da variante Delta e do surgimento de uma nova cepa (ômicron), Carlos Lula explicou que o cenário da pandemia no Maranhão é avaliada semanalmente, mas garantiu que se for necessário retomar com as medidas sanitárias, isso será feito

“Medida sanitária a gente tem que tá olhando toda semana. Ontem mesmo a gente estava reunido conversando com infectologista, com médico, governador participando. Se olhar que tem necessidade de voltar atrás, a gente volta atrás”, garantiu Carlos Lula.


Nenhum comentário:

PSD procura nome de impacto para vice de Edivaldo Jr.

  O comando da campanha do ex-prefeito Edivaldo Holanda Jr., candidato a governador pelo PSD, teria iniciado consultas para definir seu comp...