sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Três pessoas são presas durante megaoperação contra pedofilia em Rosário, São Luís e Paço do Lumiar

Oziel Frankilin Estrela e Alessandro Saraiva Gomes foram presos pela Polícia Civil em São Luís.
A Polícia Civil do Maranhão deflagrou na manhã desta sexta-feira (20), a operação ‘Luz na Infância’ que tem como objetivo apurar crimes de exploração sexual e pedofilia contra crianças e adolescentes. Estão sendo cumpridos quatro mandados de busca e apreensão nos municípios de São Luís, Rosário e Paço do Lumiar. Três pessoas foram presas.
Os alvos da operação foram identificados por meio de um levantamento de informações da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil. Com base nas informações e evidências coletadas em ambientes virtuais, foi instaurado um inquérito policial que resultou nos mandados de busca e apreensão emitidos pelo Poder Judiciário. A operação visa apreender computadores e dispositivos onde estão armazenados conteúdos de pedofilia infantil. As investigações estão sendo realizadas há seis meses e a ação envolve 1.100 policiais.
Em São Luís, no bairro Santa Cruz, foi preso o músico Oziel Franklin Estrela Gomes e o agente penitenciário temporário Alessandro Saraiva Soeiro. O agente penitenciário Alessandro Saraiva Soeiro, foi preso no bairro Maiobão, em Paço do Lumiar, região metropolitana de São Luís.
 José Carlos Mesquita Oliveira foi preso em Rosário (MA

No município de Rosário, a 70 km de São Luís, os policiais prenderam o fotografo José Carlos Mesquita Oliveira, de 54 anos. A operação para combater pedofilia está sendo realizada em 24 estados e no Distrito Federal.
Além da Polícia Civil, participam da operação o Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos (DCCT), Superintendência Estadual de Investigação Criminal (SEIC), Laboratório de Lavagem de Dinheiro (LAB) que trabalham em parceria coma Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).
‘Luz na Infância’
Segundo a Polícia Civil, a operação foi intitulada ‘Luz na Infância’ por serem bárbaros os crimes contra a dignidade sexual de crianças e adolescentes. O nome significa propiciar as crianças e adolescentes vitimas de abuso e violência sexual, o resgate da dignidade e sentenciar os responsáveis pelos crimes.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica a pedofilia como uma doença de transtorno de preferência sexual. Pedófilos são normalmente pessoas adultas que tem como preferência sexual por crianças pré-puberes ou no início da puberdade. A internet e a ausência de fronteiras no mundo virtual são elementos que proporciam a atuação desses criminosos.

Nenhum comentário:

Willame Anceles participa de reunião que discutiu o cumprimento de normas ambientais no Lixão de Rosário

Gestor da Regional de Saúde de Rosário Willame Anceles. O gestor da Regional de Saúde de Rosário Willame Anceles, participou nesta man...