segunda-feira, 12 de março de 2012

Governo do estado destinou R$ 112 milhões para a saúde; educação recebeu apenas R$ 5 milhões

Neste início de ano o governo do Maranhão destinou R$ 112 milhões para as ações da Secretaria de Saúde, enquanto que para a Secretaria de Educação foram repassados recursos na ordem de R$ 5 milhões.

Os dados estão publicados no portal da transparência do estado e revelam o descaso das autoridades com o setor da educação.

Não se questiona aqui a importância do setor da saúde, que realmente precisa de atenção especial. Mas o que chama atenção é a diferença do montante repassado à educação. Mais de R$ cem milhões a menos.

Todo mundo sabe que uma população bem educada e informada, é uma população sadia. De nada adianta campanhas de saúde, se o povo não possui o mínimo de informação.

Trata-se de duas pastas primordiais, e que necessitam de atenção na mesma medida. Já que o estado possui uns dos piores indicadores de analfabestismo do Brasil.

Os maranhenses não precisam só de UPAs para viver. Educação, sugurança pública, transportes, ações sociais, defesa do consumidor quase passaram despercebidas pelo governo.

Nenhum comentário:

Wesley Sousa, primeiro músico profissional a assumir cargo legislativo em São Luís

[São Luís] - Wesley Sousa, renomado professor do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), músico e ativista social, dá um passo significativo e...