sábado, 17 de janeiro de 2015

Mais Médicos será estendido em Rosário e mais 32 municípios maranhenses

O Ministério da Saúde (MS), vai ampliar para mais 33 a lista dos municípios maranhenses contemplados com o programa mais médicos do Governo Federal.O Ministério da Saúde vai expandir o Programa Mais Médicos para assegurar profissionais em municípios com dificuldade de contratação na Atenção Básica. O novo edital abre uma nova oportunidade para 1.500 prefeituras e garante a incorporação de 100% das vagas do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab). A seleção, que será aberta nesta sexta-feira (16), integra 424 cidades que ainda não participam do Mais Médicos. 

Na primeira etapa do programa mais médicos o Maranhão teve 16 municípios contemplados nessa ação federal, que visa ampliar a oferta de atendimento de saúde no país principalmente em regiões distantes dos centros urbanos com ampliação do estado contará com 49 municípios contemplados com o programa.

Participação- Municípios e médicos terão até os dias 28 e 29 de janeiro, respectivamente, para confirmar sua participação e efetuar a inscrição no sistema do Programa (http://maismedicos.saude.gov.br/). Estão aptas a aderir as prefeituras do Provab 2014, que encerra em fevereiro, e aquelas de maior vulnerabilidade econômica e social. Foram priorizadas, por exemplo, as cidades com 20% de sua população em extrema pobreza, com IDH baixo e muito baixo, localizadas no semiárido, Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Ribeira e nas periferias de capitais e regiões metropolitanas. Também foi garantida expansão para os distritos indígenas.  

Os médicos brasileiros continuam tendo prioridade na seleção. Só que agora, ao invés de uma, eles terão três oportunidades para escolher o município em que irão atuar. Na inscrição, cada profissional definirá até quatro cidades de diferentes perfis, conforme a sua prioridade. Os candidatos concorrem somente com aqueles que optarem pelos mesmos municípios e, quem não conseguir alocação, terá acesso às vagas remanescent A data e horário da inscrição do médico não serão mais considerados como critérios de seleção. Para a classificação do médico na concorrência das vagas foram estabelecidas as seguintes regras: ter título de Especialista em Medicina de Família e Comunidade; experiência comprovada na Estratégia Saúde da Família; ter participado do Programa de Educação pelo Trabalho - PET (Vigilância, Saúde, Saúde da Família e Saúde Indígena); VER-SUS; do ProUni ou FIES. Como critérios de desempate serão considerados a maior proximidade entre o município desejado e o de nascimento e ter maior idade.

Outra novidade é que os candidatos brasileiros poderão escolher entre os benefícios do Mais Médicos ou 10% nas provas de residência do país. Caso todas as vagas não sejam preenchidas, o edital será aberto aos brasileiros que se formaram no exterior e, em seguida, aos profissionais estrangeiros. Criado em 2013, o Programa Mais Médicos ampliou à assistência na Atenção Básica fixando médicos nas regiões com carência de profissionais. Por meio da iniciativa, 14.462 mil médicos passaram a atender a população de 3.785 mil municípios, o equivalente a 68% dos municípios do país e os 34 Distritos Sanitários Indígenas (DSEIs). Cerca de 50 milhões de brasileiros são beneficiados.


MARANHÃO
Açailândia
Alcântara
Aldeias Altas
Altamira do Maranhão
Alto Alegre do Maranhão
Amarante do Maranhão
Anajatuba
Arame
Arari
Axixá
Bacabal
Balsas
Barra do Corda
Buriti Bravo
Buriticupu
Cantanhede
Carolina
Caxias
Chapadinha
Formosa da Serra Negra
Imperatriz
Lagoa Grande do MaranhãoMaracaçumé
Marajá do Sena
Matinha
Monção
Olinda Nova do Maranhão
Paço do Lumiar
Palmeirândia
Parnarama
Penalva
Peritoró
Pinheiro
Presidente Dutra
Rosário
Santa Helena
Santa Inês
São Domingos do Maranhão
São João dos Patos
São José de Ribamar
São Luís
Tasso Fragoso
Timon
Trizidela do Vale
Turiaçu
Urbano Santos
Viana
Vila Nova dos Martírios
Vitorino Freire
Zé Doca



Nenhum comentário:

Prefeitura de Rosário realiza Piseiro da vacinação contra Covid-19 de (20 a 23)

A SEMANA DE VACINAÇÃO DA D2 (SEGUNDA DOSE) DA PFIZER CONTRA O NOVO CORONAVÍRUS (COVID-19), REFERENTE AS DOSES QUE FORAM APLICADAS NO ARRAIAL...