terça-feira, 30 de junho de 2015

Governo segue ouvindo cidadãos para elaboração do Plano Plurianual e Orçamento Participativo

Em continuidade à série de escutas territoriais por todo o Maranhão, nesta quarta-feira (1°), o Governo do Estado leva as discussõespara cidades de Grajaú e Zé Doca. As escutas tem por objetivo garantir a participação popular na elaboração do Plano Plurianual (PPA) e Orçamento Participativo (OP), através da realização de plenárias onde representantes de instituições da sociedade civil e de órgãos públicos apresentam suas contribuições.

Os encontros estão sendo coordenados pela Secretaria Estadual de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) e a Secretaria de Planejamento e Orçamento (Seplan). O secretário da Sedihpop, Francisco Gonçalves, explica que a intenção do Governo do Estado é reunir sugestões oriundas dos diferentes pontos do estado, com o principal objetivo de direcionar investimentos, através de demandas regionais, que serão executadas pelo PPA para o período de 2016-2019 e nos orçamentos anuais do mesmo período.

“O Governo do Estado realiza escutas em 15 territórios do estado. A idéia é, a partir dos territórios da cidadania, mobilizar as redes sociais e governamentais que participaram de diferentes processos de mobilização e debates sobre políticas públicas do estado”, explicou Francisco Gonçalves.
As plenárias contemplam 15 territórios: Vale do Mearim; Cerrado do Sul; Baixo Parnaíba; Sertão do Maranhão; Vale do Itapecuru; Baixada Ocidental; Centro Maranhense; Alto Turi Gurupi; Médio Mearim; Vale do Pindaré; Campos e Lagos; e Lençóis e Munim. As escutas são realizadas em cidades-polo.

Antes de Grajaú e Zé Doca, as Escutas Territoriais já passaram pelas cidades de Caxias, Bacabal, Chapadinha, Balsas, Colinas, Imperatriz, Itapecuru e Pinheiro. E ainda passará por outras seis cidades. “Optamos em iniciar pelos territórios mais distantes com cidades-polos, estratégias que apresentam melhor acesso e espaço público com estrutura do estado e de parceiros para viabilizar a realização do evento”, informou a secretária de Estado de Planejamento e Orçamento (Seplan), Cynthia Mota Lima.
No território do Vale do Mearim, onde já ocorreu a escuta de Bacabal, no dia 17 de junho, ocorrerá outra, desta vez em Pedreiras, no dia 4 de julho.

O resultado da sistematização das propostas será divulgado na Plataforma de Participação Popular, ferramenta digital que será disponibilizada na página eletrônica do Governo do Estado para possibilitar a interação permanente entre o povo e o poder público estadual. As demandas priorizadas nas escutas serão votadas em plenárias e na Plataforma de Participação Popular.

CALENDÁRIO DAS ESCUTAS TERRITORIAIS 

DATA
CIDADE POLO
TERRITORIO
01/07
Grajaú
Centro Maranhense
Zé Doca
Alto Turi Gurupi
03/07
Lago da pedra
Médio Mearim
Santa Inês
Vale do Pindaré
04/07
Pedreiras
07/07
Viana
Campos e Lagos
10/06
Barreirinhas
Data ainda a ser definida
São Luís
Metropolitano


Nenhum comentário:

Empresa ligada a Câmara paga pesquisa que foi feita na data do " arrastão", apontou Jonas Magno em Rosário

Com sua rejeição nas alturas, o aprendiz de politico Jonas Magno- PDT candidato a prefeito em Rosário divulgou nesta quinta-feira 22 uma pes...