terça-feira, 8 de dezembro de 2020

Calvet Filho promete uma gestão sem corrupção em Rosário


O prefeito de Rosário Calvet Filho (PSC) foi o entrevistado desta segunda-feira (7), no Ponto Final, na Rádio Mirante AM, com o radialista e blogueiro Jorge Aragão. Ele contou um pouco da sua trajetória até chegar a ser eleito prefeito pela primeira vez após disputar quatro eleições. Ouça a entrevista aqui.

“Eu não caí de paraquedas. Pela quarta vez eu fui candidato na minha cidade. Desde 2008 eu disputo a eleição na minha cidade. Foi uma disputa muito difícil, pois lutamos contra o adversário do governador, contra dois senadores que inclusive estiveram na cidade. Eu adotei uma postura de ir de casa em casa, com humildade, mesmo nos locais mais distantes nós estivemos. Nas ruas você via a multidão com os meus adversários. De cada 10 casas, nove tinham o cartaz dele. Mas Deus é maravilhoso e as pessoas voluntariamente gravaram vídeos e me ajudaram a conquistar essa grande vitória. Eu pensei em desistir, pois todos nós somos limitados, mas Deus me deu força e me mostrou o caminho para continuar e nós começamos a construir essa candidatura com o apoio de outros que eram adversários e entenderam que era hora de ficar do lado da mudança, das propostas, pois não era possível formar uma oligarquia na cidade. O povo de Rosário estava sendo oprimido, os contratados já estavam sendo obrigados a participar de atos e apoiar a outra candidatura. Nós tínhamos contra nós um juiz federal, governador do estado do Maranhão, três senadores da república, a prefeita do município que era tia do nosso adversário e tínhamos uma câmara com treze vereadores onde somente dois nos apoiava. Foi Literalmente uma briga de Davi contra Golias”, afirmou

Calvet disse que está enfrentando dificuldade neste momento de transição por conta da falta das informações necessárias sobre a situação do município.

“Eu fico triste por conta disso. Eu queria acreditar que ela não deixaria a cidade como está. A cidade está só lixo. O Parque da Cidade está tomada pelo lixo. A cidade está abandonada. Nós estamos preocupado com a transição, pois nós não estamos tendo acesso a documentos e nós já deveríamos ter reunido com a atual gestão, mas eles só aceitaram marcar a primeira reunião para a próxima quarta-feira, o que é muito complicado, pois antes seriam três meses para planejar a gestão, mas com a pandemia ficamos com pouco tempo e isso é uma preocupação neste momento”, explicou.

Calvet disse que a estação Ferroviária será transformada no Centro Cultural de Rosário e reforçou o projeto Moradia Digna que foi uma de suas plataformas de campanha. Ele também afirmou que incetivará a prática do esporte na cidade e nas escolas.

O prefeito eleito defendeu a harmonia com a Câmara de Rosário. “Eu quero que eles sejam nossos aliados, pois o apoio dele em prol da cidade é fundamental. Eu gostaria muito de contar com apoio deles até porque a Câmara tem sido muito criticada na cidade e é uma oportunidade de mostrar que eles vão trabalhar pelo nosso povo. Eu tenho dever e obrigação de fazer os melhores 4 anos da cidade de Rosário. Faremos uma gestão sem corrupção”, destacou.

Calvet Filho destacou que dará prioridade à saúde “A prioridade na cidade será a saúde. É gritante a necessidade da população. Eu estive com o meu líder no estado, o deputado federal Aluísio Mendes que vai encaminhar uma emenda para imediatamente começarmos a colocar as coisas para funcionar na saúde. Nós vamos até Brasília buscar o apoio do presidente Jair Bolsonaro. Também vamos procurar o governo do Estado e buscar parcerias. Rosário é um grande município da região e deveria contar com maior apoio do estado. O governador é governador de todo o Maranhão. Eu vou buscar essa parceria sem dúvida alguma”, garantiu.

Calvet criticou a divulgação de pesquisas que apontavam a vitória do seu adversários há dois dias da eleição. Mas eu quero aqui parabenizar o instituto Emit que acertou em cheio o resultado e a nossa vitória.

Por Jorge Aragão.

Nenhum comentário:

Flávio Dino prorroga medidas sanitárias e diz que uso de máscaras continua obrigatório no Maranhão

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), anunciou, em coletiva nesta sexta-feira (11), a prorrogação das medidas sanitárias no estado ...