terça-feira, 27 de outubro de 2015

Chupa Brandão: João Castelo afirma que será candidato a prefeito de São Luís


Tucano assegura contar com o apoio do senador Aécio Neves

O deputado federal e ex-prefeito de São Luís, João Castelo, afirmou que será candidato a prefeito da capital nas eleições de 2016 pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).

“O PSDB terá candidato a prefeito de São Luís e esse candidato já tem nome confirmado pelo presidente nacional Aécio Neves, será João Castelo” afirmou.

A declaração de João Castelo deve provocar a reação do presidente estadual da sigla, o vice-governador Carlos Brandão, que trabalha desde o ano passado para esvaziar o correligionário.
Flávio Dino queria Brandão trabalhando como laranja para ajudar eleger Edivaldo Holanda JR.


Brandão, apesar de pouco se manifestar publicamente sobre o tema, trabalha nos bastidores para manter o PSDB no projeto politico do governador Flávio Dino (PCdoB), que tem como pré-candidato o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

Uma aliança com Edivaldo para a indicação do candidato a vice-prefeito, por exemplo, é uma das propostas de ala do partido ligada a Brandão.

No caso de candidatura própria, a preferência de Brandão é pelo deputado licenciado Neto Evangelista, que atua no primeiro escalão do governo Flávio Dino.

Castelo, no entanto, é o único nome da sigla que figura nas primeiras posições nas pesquisas de intenções de votos realizadas até então.

Barrado – No ano passado, apesar de figurar como um dos principais candidatos ao Senado Federal, João Castelo teve a sua candidatura barrada pelo comando do PSDB.

Carlos Brandão, naquela oportunidade candidato a vice de Dino, trabalhou para esvaziar Castelo e ajudar, ao mesmo tempo, a eleger Roberto Rocha ao Senado.

Ao negar legenda para João Castelo, que já foi governador e senador da República, o partido optou por indicar o primeiro suplente do senador Roberto Rocha para o Senado. O nome escolhido foi o do ex-deputado federal Pinto Itamaraty.

Castelo ainda chegou a recorrer à direção nacional da sigla, que por sua vez deu liberdade para que o diretório estadual decidisse sobre a candidatura.

Ocorre que em 2015, a direção nacional do PSDB já promoveu uma intervenção no comando estadual.

Brandão foi desautorizado pela direção nacional a realizar convenção estadual. E recebeu o comunicado de que será a direção nacional quem decidirá sobre os rumos da sigla nas eleições de 2016.

Como em 2018 o partido deve novamente concorrer à Presidência da República, o PSDB trata como prioridade a candidatura própria em todas as capitais em 2016.

É neste aspecto que o deputado federal João Castelo trabalha, para obter legenda no próximo ano.

O PSDB terá candidato a prefeito de São Luís e esse candidato já tem nome confirmado pelo presidente nacional Aécio Neves, será João Castelo João Castelo, deputado federal pelo PSDB.


De O Estado

Nenhum comentário:

Vídeo: Gestão Calvet Filho, obra de Reforma do Hospital Municipal a todo vapor em Rosário

  As obras do Hospital Municipal de Rosário, estão a todo vapor. A unidade está recebendo uma reforma geral, além disso, após conclusão da o...