domingo, 7 de janeiro de 2018

Assassino do jornalista Décio Sá, Jhonatan Silva mata detento dentro de Pedrinhas

Jhonatan de Sousa Silva condenado a 25 anos pelo assassinato do jornalista Décio Sá está sendo acusado de matar a facadas o chefe do Bonde dos 40 Alan Kardec Dias Mota. Os dois eram companheiros de cela na Penitenciária de Pedrinhas. O crime ocorreu neste domingo (07).
Segundo Informações é que Jhonatan teria utilizado um chuço para cometer o crime.
A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Estado do Maranhão informou que o ferido Alan Kardec foi socorrido e levado ao Hospital Municipal Dr. Clementino Moura (Socorrão 2). Ele não resistiu aos ferimentos e morreu ao dar entrada no hospital.
A Secretaria de Administração Penitenciária emitiu nota à imprensa, confirmando o ocorrido. Jhonatan Silva foi ouvido no plantão da Vila Embratel e a Polícia Civil informou que abriu inquérito para apurar o caso.

Tocador de áud Secretaria de Administração Penitenciaria emitiu nota à imprensa, confirmando o ocorrido. Jhonatan Silva foi ouvido no plantão da Vila Embratel e a Polícia Civil informou que abriu inquérito para apurar o caso.

Nenhum comentário:

Braide comemora nota “A” no Ranking de Transparência do TCE-MA

A Prefeitura de São Luís, na gestão do prefeito Eduardo Braide (PSD), segue acumulando resultados positivos no quesito transparência. O mais...