terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Roseana chama Sebastião Uchôa à catraca e Aluísio Mendes cai de paraquedas

Para que se tenha uma dimensão da esculhambação que domina o governo, com todos os problemas que estão ocorrendo no Sistema Penitenciário, o secretário Sebastião Uchôa, estava em Recife descansando em sua residência invejável  e esperava dedicar pelo menos 20 dias para se divertir e passear com a família. Toda problemática é como ele tem deixado claro, não é dele, mas da governadora Roseana Sarney. Soube que ao ser localizado pelo Gabinete Civil, recebeu um recado bastante espinafrado para retornar imediatamente à nossa capital e assumir as suas responsabilidades.Há suspeitas de que ele esteja querendo se esquivar das inúmeras denúncias que pesam sobre ele, na questão das mortes e fugas no Complexo de Pedrinhas e os pomposos contratos e convênios milionários que estariam nas proximidades dos 100 milhões de reais, que devem ser investigados pelo Ministério Público.
Outro que caiu de paraquedas foi o secretário Aluísio Mendes, da Segurança Pública. Depois de contribuir para a queda do seu parceiro o coronel Franklin Pacheco, do Comando da PM, sumiu e agora reaparece para querer se projetar com o trabalho que vem sendo feito pela Policia Militar, sob o comando do coronel Zanoni Porto. Ele ainda não caiu na real, de que a Policia Militar não e mais subordinada à Secretaria de Segurança Pública e que nenhum coronel vai dar continência para um agente da Policia Federal e nem tampouco ser submetido a humilhação, como ele impôs a um oficial do Estado Maior da PM, retirando-o da mesa de uma solenidade da própria instituição militar no município de Codó. A presença dele em querer tomar a frente das prisões feitas pela PM e voltando aos discursos surrados da incompetência, não agradou vários oficiais superiores. Aluísio Mendes ainda não esclareceu as razões pelas quais não informou com antecipação a PM, os ataquesaos coletivos incendiados, uma vez que com o aparelho conhecido com guardião ele monitora muita gente do bem e do mal. Se a governadora Roseana Sarney mantiver Aluísio Mendes, querendo se intrometer nos serviços da PM vai criar problemas e prejudicar. Como ele não entende de investigação e outros procedimentos técnicos, o correto para interação com a Polícia Militar são os delegados.
Por Quarto Poder

Nenhum comentário:

Jovem de Rosário morre ao ser atropelada por caminhonete em São Luís; o motorista atropelador fugiu

Uma jovem identificada como Rosany Alves, residente na cidade de Rosário, morreu, na madrugada deste domingo (27), em São Luís, vítima de at...