terça-feira, 24 de março de 2015

Neto Evangelista destaca experiência de Frei Betto nas ações do Plano ‘Mais IDH’

Secretário da Sedes, o Dep. e Estadual Neto Evangelista
O secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, participou da palestra proferida pelo ativista social e escritor, Frei Betto, principal expositor do Painel “Pobreza e Políticas Públicas”, realizado pelo Governo do Estado, nesta segunda-feira (23), como parte das articulações do Plano de Ação ‘Mais IDH’, que já começou a atuar nos 30 municípios com os piores Indicadores de Desenvolvimentos Humano do Maranhão.

O evento, que aconteceu no Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, contou com a presença do governador Flávio Dino e de grande público formado por representatividades de movimentos sociais e sociedade civil organizada.

O secretário destacou a importância da participação de Frei Betto no processo atual superação do estado. “Frei Betto tem larga experiência em movimentos sociais, é um estudioso renomado no assunto e tem muito a contribuir conosco no desenvolvimento do Plano ‘Mais IDH’. Tê-lo aqui, partilhando conosco suas experiências, só enriquece ainda mais o debate e as nossas iniciativas no intuito de melhorar a vida dos maranhenses, que é o principal propósito do nosso plano de ações”, disse Neto Evangelista.

“Este é um momento de reafirmação do Plano ‘Mais IDH’, o objetivo é alinhar as ações sociais que nós já estamos desenvolvendo nas 30 cidades do Maranhão, com as reflexões nacionais que existem sobre a temática do combate à pobreza”, destacou o governador Flávio Dino, definindo este como um momento de qualificação e revisão dos primeiros meses de ação do Plano.

Embaixador do Maranhão

O painel com a participação de Frei Betto é uma iniciativa do Estado para discutir com a sociedade os rumos que serão tomados para promover o desenvolvimento socioeconômico do Maranhão e, consequentemente, a melhoria da qualidade de vida da população.

Carlos Alberto Libanio Christo, o Frei Betto, 68 anos, é denominado o embaixador do Maranhão na luta pela superação dos indicadores sociais. Suas experiências como coordenador do extinto Programa Fome Zero e sua intensa atuação nos movimentos sociais de base o credenciaram para integrar a mobilização em torno do propósito de diminuir as desigualdades e fazer com que as riquezas naturais e potencialidades econômicas do Maranhão sejam utilizadas em prol de todos, conforme prevê o Plano ‘Mais IDH’.

“É animador ver o mais ‘Mais IDH’ como política prioritária para o Maranhão. E é importante envolver a população, é preciso o voluntariado e a cooptação de todo tipo de ajuda e adesão dos maranhenses ao ‘Mais IDH’”, orientou o ativista, certo de que só com a parceria dos maranhenses será possível formar um mutirão solidário para o resgate de todo o estado e para a superação da pobreza.

Nenhum comentário:

Logo após aprovação da Anvisa, governo de SP aplica em enfermeira a 1ª dose de vacina contra Covid-19 no Brasil

São Paulo começou a vacinar a população contra a COVID-19 neste domingo (17). A imunização teve início após a aprovação do uso emergencial d...