domingo, 10 de maio de 2020

Feirantes da Cidade Operária terão um novo espaço para trabalhar na capital

A Prefeitura de São Luís iniciou o remanejamento de vendedores de frutas, verduras e alimentos diversos que ficavam dispostos na avenida principal do bairro Cidade Operária, para o estacionamento do hortomercado do bairro. 

A ação, coordenada pela Secretaria Municipal da Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), tem como objetivo diminuir o fluxo de pessoas no espaço da feira, especialmente durante o período de vigência do lockdown. A medida se junta a uma série de outras implementadas pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior, como a fiscalização do fechamento de comércio não essencial durante o bloqueio total, necessário no combate ao novo coronavírus (Covid-19).

Em parceria com o Comitê Gestor de Limpeza Urbana, foi realizada a higienização do estacionamento do hortomercado para receber até 50 barracas. Cada feirante receberá a sua barraca, que terá a padronagem da Prefeitura. Mas em casos específicos, a Semapa autoriza a utilização de barracas próprias.

Para se cadastrar e ocupar o novo espaço, os feirantes deverão entrar em contato com a gerência do hortomercado e solicitar a mudança de local. Após a solicitação, a direção do mercado fará a análise do espaço que os feirantes já ocupam para autorizar a alteração para o novo espaço que dará aos profissionais a possibilidade da comercialização de seus produtos com segurança, respeitando o isolamento e evitando a aglomeração de pessoas.

Por enquanto, a Semapa prevê que os feirantes ocuparão o novo espaço pelo período de vigência do lockdown, mas devido à pandemia, a equipe da Secretaria estuda a possibilidade de permanência dos profissionais por mais tempo. Nesse ínterim, a fiscalização ocorrerá normalmente.

As normas do decreto que regulamenta o lockdown, permanecem valendo no novo espaço, assim, os consumidores, funcionários e comerciantes deverão utilizar máscaras de proteção, assim como manter a higienização de superfícies e disponibilização de álcool em gel ou água e sabão para uso dos clientes.

Nenhum comentário:

MPE continua em silêncio sobre os crimes eleitoras praticados por Jonas Magno em Rosário

  O Ministério Público Eleitoral continua em silêncio sobre os crimes eleitorais praticados pelo o pré-candidato a prefeito de Rosário Jonas...