sexta-feira, 15 de maio de 2020

Nelson Teich pede demissão do Ministério da Saúde

O ministro da Saúde, Nelson Teich, pediu exoneração do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nesta sexta-feira (15). A informação foi confirmada pela assessoria da pasta. A saída ocorre antes de completar um mês da posse dele no cargo. O secretário executivo, general Eduardo Pazuello, assume interinamente, de acordo com o jornal O Estado de S. Paulo.

Teich assumiu a pasta em  17 de abril. Essa é a segunda saída de um ministro da Saúde em meio à pandemia do coronavírus. Teich havia substituído Luiz Henrique Mandetta.
Nos últimos dias, Teich e Bolsonaro tiveram divergências. A saída do ministro ocorre após pressão do presidente para alteração dos protocolos do Ministério da Saúde sobre o uso de cloroquina em pacientes com a Covid-19. A recomendação da pasta, hoje, é a utilização apenas em casos graves e de internação.

Nenhum comentário:

Em Rosário, Roubo das 530 doses de H1N1 da geladeira do Hospital SESP completa dois meses sem solução.

No município de Rosário o roubo  das 530 doses da vacina  influenza H1N1 da geladeira do sistema de frios do Hospital SESP durante a ca...