sábado, 14 de abril de 2012

Salário mínimo subirá para R$ 667 em 2013, estima governo

Até 2015, valor pode chegar a R$ 803, de acordo com o crescimento do País

O governo federal encaminhou ao Congresso Nacional o projeto da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), que aponta um crescimento de 7,3% no valor do salário mínimo, que será de R$ 667,75.

O impacto do aumento nas contas públicas ainda não foi divulgado. A estimativa é baseada na regra padrão para cálculo do salário, somando-se o PIB do ano anterior, que foi de 2,73%, e a inflação, que foi de 4,5%.

Como o Ministério do Planejamento estima um crescimento real do PIB em 5,5% em 2013, que deve se manter nos próximos anos, o salário mínimo poderá passar para R$ 729,20 em 2014 e R$ 803,93 em 2015.

O documento enviado ao Congresso prevê ainda um crescimento de 5,5% do PIB, um aumento de um ponto percentual em relação à meta de 2012, e queda de 0,2 pontos da inflação acumulada, que deverá de 4,5%.

De acordo com a ministra da pasta, Miriam Belchior, a estimativa otimista do governo deve-se à provável recuperação do mercado mundial até o ano que vem.

— O Brasil será um dos poucos países que crescerá em 2012 mais que em 2011. Em 2013, haverá uma recuperação da economia mundial, ainda que leve, puxada pelos países emergentes. Nós aqui no Brasil consideramos que estamos em condições de responder a essa incerteza internacional. A gente tem batido os recordes de geração de renda e, portanto, haverá um aumento recorde do salário.

A ministra Miriam Belchior acrescenta que os programas PAC e Minha Casa, Minha Vida continuam sendo prioridades do governo para o Orçamento.

Nenhum comentário:

Kellyane denuncia descaso e abandono da U.E. Pe. Possidônio Monteiro em Bacabeira.

Mais uma denúncia, mais um descaso por parte da gestora Fernanda Gonçalo do Município de Bacabeira. A Vereadora Kellyane,  esteve nesta m...