domingo, 3 de janeiro de 2016

Asfalto aberto por chuvisco revela que a prefeitura de São Luís não fiscaliza obras da Caema



Esta é a terceira vez que obra de terceirizada desmorona pouco depois de entregue. Semosp tem entre as suas atribuições o acompanhamento de pavimentação e reparos em vias urbanas

Uma chuvica que caiu na madrugada do dia 1º de janeiro revelou um dado alarmante sobre a parceria entre o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e o governador Flávio Dino (PCdoB): as obras feitas pela Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) na infraestrutura viária de capital não estão sendo fiscalizadas pela Prefeitura de São Luís.

É o que se pode perceber sobre o que ocorreu no dia 1º de janeiro na Rua 1, do bairro Cohajap, que teve o asfalto cedido em vários pontos de quase toda a extensão da via após um pequeno chuvisco, formando crateras que chegaram a engolir um carro de passeio e um ônibus. Embora o secretário de Governo, Lula Fylho, tenha utilizado o Twitter para tentar eximir a prefeitura da responsabilidade sobre o prejuízo causado aos cofres públicos e a população pela má qualidade da obra, informações na página da própria Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp) de São Luís, comandada pelo arquiteto Antônio Araújo, afirmam o contrário.


BINÉ MORAIS/O ESTADOOBRA DA ARTEC/ CAEMANa Areinha, ônibus também caiu em buraco do asfalto que cedeu 15 dias após ser recuperado

Além da execução própria de obras e serviços na cidade, a Semosp tem entre suas atribuições a obrigação de fiscalizar o estado de conservação e as intervenções de manutenção efetuadas em vias urbanas, estradas vicinais e municipais, por meio de uma superintendência criada e mantida com verba pública exclusivamente para isso. Neste caso, embora o asfalto que cedeu no Cohajap tenha sido colocado pela Construtora ARTEC, prestadora de serviços da Caema, foi a falta de acompanhamento por parte da prefeitura quem ocasionou o desmanche da obra.

Longe de ser um fato isolado, esta é a terceira vez que uma intervenção efetuada em via urbana pela mesma prestadora de serviços da Caema desmorona poucas dias depois de entregue, confirmando a inercia do poder público municipal em fiscalizar as obras de pavimentação e reparos executadas pela terceirizada do órgão estadual.Continue lendo aqui!

Do Atual 7


Nenhum comentário:

Boi de Maracanã realiza cerimônia de batizado e apresenta nova indumentária

Cerimônia de Batizado do Boi de Maracanã Homenagens e muita emoção durante a cerimônia de batizado do Boi de Maracanã, na madrugada des...