segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

José Reinaldo confessou que agiu como uma espécie de “cavalo de tróia” na campanha do deputado João Castelo em 2012.


Deputado federal José Reinaldo cofessou que traiu o deputado Castelo na sua campanha de 2012  para favorecer Edivaldo Holanda Jr e Flávio Dino.
O ex-governador e deputado federal José Reinaldo Tavares (PSB) acabou confessando em entrevista ao jornal Pequeno neste domingo (10), que agiu como uma espécie de “cavalo de tróia” na campanha do deputado João Castelo (PSDB), em 2012.
Ele revelou com todas as letras que entrou na campanha do tucano para evitar que ele se aliasse ao grupo da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), o que facilitaria sua reeleição.
Na época, Tavares assumiu a articulação política do então prefeito e fez com que todos os partidos se afastassem dele, favorecendo a vitória de Edivaldo Júnior (PDT).
Infiltrado 
Aliados da deputada federal Eliziane Gama temem que José Reinaldo seja em sua campanha um agente infiltrado pelo grupo do governador Flávio Dino (PCdoB).
Os sinais são muitos: desde a dificuldade em fechar alianças com outras legendas até as idas e vindas de declarações da própria Eliziane.
Membros da Rede Sustentabilidade e do PPS já começaram a analisar mais de perto – numa espécie de contra-espionagem – as ações do ex-governador.

Nenhum comentário:

Em Rosário, Roubo das 530 doses de H1N1 da geladeira do Hospital SESP completa dois meses sem solução.

No município de Rosário o roubo  das 530 doses da vacina  influenza H1N1 da geladeira do sistema de frios do Hospital SESP durante a ca...