terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Paciente com suspeita de zika não vai poder doar sangue por 30 dias

Aqui está um complicados, os sintomas não são tão característicos e exclusivos. Geralmente quem está com Zika fica com febre baixa (menor do que 38,5°C), com duração de um a dois dias, erupções cutâneas, dor muscular leve, dor nas articulações, coceira e conjuntivite, na maior parte dos casos. Já foi identificado também quadros em que pacientes não apresentam febre.
Após a suspeita de transmissão do vírus zika por meio de uma transfusão de sangue para um paciente de Campinas (a 93 km de São Paulo), o Ministério da Saúde decidiu adotar medidas para reforçar a triagem de novos doadores e o monitoramento de possíveis reações adversas após o procedimento.

As medidas ocorrem após o Hemocentro da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) informar, na última terça-feira (15), que um paciente foi infectado pelo vírus zika após receber transfusão de sangue de um doador com a doença. Segundo, revelou, um exame do Instituto Adolfo Lutz confirmou o contágio, ocorrido em março deste ano. O paciente que adquiriu zika, no entanto, não teve sintomas da doença.

O Ministério da Saúde investiga o caso. "Muito provavelmente isso tenha ocorrido, mas ainda é um caso a confirmar", diz o secretário de Atenção à Saúde, Alberto Beltrame. Até então, a transmissão do vírus era atrelada apenas à picada pelo mosquito vetor, o Aedes aegypti.


Fonte Folha de S. Paulo

Nenhum comentário:

Vereadora Kellyane denuncia descaso na Escola Chapeuzinho Vermelho em Bacabeira

A Vereadora Kellyane, esteve nesta tarde desta quarta-feira 21, fiscalizando a Escola Chapeuzinho Vermelho na Sede do Município de Bacabe...