segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Maranhão já soma 80 casos de microcefalia divididos em 38 município

Secretaria de Saúde confirmou mais 24 casos nesta segunda-feira; Grande Ilha de São Luís tem 26 registros


O Maranhão teve mais 24 casos de microcefalia confirmados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) nesta segunda-feira (21). De 56 passaram para 80 recém-nascidos com a doença. Os dados são do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (Sinasc). O número de municípios com casos de microcefalia no Estado também aumentou, de 28 para 38.
A SES informou que em São Luís, os números subiram de 13 para 21 e em São José de Ribamar de 4 para 5. Portanto, a Região Metropolitana da capital já soma 26 diagnósticos confirmados. Nos boletins anteriores, a secretaria informou que todos os bebes nasceram com microcefalia relacionada ao zika vírus. No estado, apenas um óbito foi confirmado na cidade de São José de Ribamar. No boletim desta segunda, a entidade não explicou se existe a relação.
Centros de referência
A Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que sete unidades de saúde estão habilitadas no Maranhão para acompanhar os bebês com microcefalia. Quatro em São Luís e três no interior. Na capital, segundo a SES, as maternidades Marly Sarney e Hospital Universitário Materno Infantil (HUUFMA) estão recebendo os casos a partir do parto e fazendo o serviço de follow up ambulatorial, acompanhamento do corpo médico feito em situações em que bebês nascem com algum tipo de problema de saúde. Ainda em São Luís, os hospitais Complexo Estadual Hospitalar Juvêncio Mattos e Hospital Municipal da Criança estão recendo os casos provenientes de outras unidades maternidades de risco habitual ou atenção primária.
No interior, a Maternidade Municipal Carmosina Coutinho, de Caxias, o Hospital Estadual Macrorregional de Coroatá e o Hospital Estadual Regional Materno Infantil de Imperatriz estão acompanhando recém-nascidos de todos os outros municípios como os mesmos métodos realizados em São Luís, segundo informou a secretaria.

Nenhum comentário:

Vereadora Kellyane denuncia descaso na Escola Chapeuzinho Vermelho em Bacabeira

A Vereadora Kellyane, esteve nesta tarde desta quarta-feira 21, fiscalizando a Escola Chapeuzinho Vermelho na Sede do Município de Bacabe...