segunda-feira, 7 de junho de 2021

Presidente da CBF Rogério Caboclo é afastado do cargo após denúncia de assédio sexual e Moral


A Comissão de ética da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) decidiu afastar por 30 dias, o presidente Rogério Caboclo após denúncia de assédio sexual e moral feita por uma funcionária. A entidade está sendo comandada pelo vice Antônio Carlos Nunes.

A funcionária assediada gravou uma conversa com o presidente Rogério Caboclo que faz parte da denúncia apresentada. OGloboesporte.com teve acesso a um áudio anexado na denúncia. O Fantástico mostrou a conversa.

A conversa entre os dois acaba quando o presidente da CBF pergunta: “Você se masturba?”.

Constrangida, a funcionária se levanta e deixa a sala de Caboclo.

Nenhum comentário:

Flávio Dino prorroga medidas sanitárias e diz que uso de máscaras continua obrigatório no Maranhão

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), anunciou, em coletiva nesta sexta-feira (11), a prorrogação das medidas sanitárias no estado ...