segunda-feira, 28 de junho de 2021

Vídeo: Lázaro é morto após troca de tiros com a polícia


Suspeito de matar uma família no Distrito Federal e cometer crimes  numa série de assaltos em chácaras na capital do país e em Goiás, Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, foi morto durante confronto com forças policiais na manhã desta segunda-feira (28/6). 

Segundo confirmou um coronel da polícia goiana, logo após ser apreendido, o homem de 32 anos foi levado com vida ao Hospital Municipal Bom Jesus, em Águas Lindas, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.



Mais cedo, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, fez o anúncio em suas redes sociais de que o serial killer teia sido preso. Instantes depois, agentes que trabalham na captura informaram que ele estaria morto.

O maníaco estava foragido havia 20 dias. Nesse período, o suspeito invadiu várias propriedades rurais fez reféns, roubou alimentos e impôs terror com violência e ameaças.

A lista de crimes pelos quais Lázaro Barbosa era acusado continha casos de homicídio a triplo homicídio, estupros, tentativa de latrocínio, porte ilegal de arma de fogo, furto e roubos. O homem já havia fugido de três penitenciárias em Goiás, Bahia e Distrito Federal entre 2007 e 2016.



Nenhum comentário:

A resposta é trabalho, Rosário terá uma unidade fixa do VIVA/PROCON.

Mais de 100 pessoas foram atendidas, somente neste primeiro dia, terça-feira (27), para  Serviços, como emissão de RG (1ª e 2ª vias), CPF, o...