sábado, 7 de maio de 2016

Alô, PF! Fraude no sorteio “Minha Casa, Minha Vida” em Rosário

Prefeita Irlahi Linhares,não passou de um jogo de cartas marcadas o sorteio dos imoveis
O sorteio para distribuição de residências do programa federal Minha Casa, Minha Vida em Rosário (cidade a 60 quilômetros de São Luís), pode ter sido fraudado, de acordo com indícios detectados pelo. Segundo a denúncia, três pessoas de uma mesma família foram sorteadas. Pelas regras do programa federal, conforme o Ministério das Cidades, num mesmo sorteio, uma mesma família ou uma única pessoa não podem ser beneficiadas duas vezes ou mais.
Na última sexta-feira (06), um sorteio serviu de critério para a distribuição de 800 casas nos residenciais Jose Ferreira Lima, na Vila Diná (300 unidades), e no  Antonina Moraes (500 unidades). As fraudes teriam ocorrido no cadastro de beneficiados. A mais grave é a existência de cadastros homologados de pessoas que são, ou foram, proprietários de outros imóveis, o que contraria os pré-requisitos do programa direcionado a famílias com renda mensal de até R$ 1,6 mil. Se as fraudes forem confirmadas, o sorteio pode ser refeito.
Um cenário que realmente coloca em dúvida a real necessidade dessas pessoas que foram beneficiadas com ajuda do dinheiro o público, que na teoria deveria ser usado apenas com famílias em real estado de vulnerabilidade social. Suspeita-se que pessoas de alto cargo de confiança da própria prefeitura tenha facilitado a inclusão de amigos e de pessoas próximas na relação de beneficiários. Cabe o Ministério Público Federal apurar mais um possível ato escandaloso na gestão de Irlahi Linhares Moraes.
com informações maranhão de verdade 

Nenhum comentário:

Ibope aponta Braide com 54% e Duarte com 46%

A TV Mirante divulgou nesta sexta-feira (27), no JM2, a última pesquisa Ibope no segundo turno da eleição para prefeito de São Luís, entre o...