sábado, 16 de abril de 2022

Em Abril já registra dois casos de feminicídio na Região Metropolitana de São Luís.


Por Blog do Carlos Martins 

Um sinal de alerta foi ligado para autoridades do Maranhão, sobre os dois casos de feminicídio na Região Metropolitana de São Luís, que aconteceu neste mês de Abril nos municípios de Bacabeira e Santa Rita. O mês ainda não acabou e autoridades tem que abrir os olhos para esse tipo de crime que vem crescendo contra as mulheres.

O primeiro crime  de feminicídio, segundo a Policia Civil a  ocultação de cadáver teria acontecido no último domingo (10), no povoado Gameleira, na cidade de Bacabeira. No último dia 13 de abril, o subtente chegou a registrar o desaparecimento da companheira, mas após a investigação ser iniciada, a Polícia Civil conseguiu provas que apontaram Mário Sérgio Jardim como principal suspeito.O corpo de uma mulher identificada como Viviane Batista Marques foi encontrado nas proximidades da cidade de Vargem Grande nesta sexta-feira (15).

Outro caso de femicidio a vitima  Deusimar Ribeiro dos Santos, 32 anos, conhecida por "Deusinha", foi morta pelo próprio companheiro identificado por Adailton. O crime ocorreu na madrugada desta quarta-feira (13), na residência do casal, localizada no Povoado Jiquiri, área rural do município de Santa Rita, próximo ao posto de saúde. Os Familiares da vítima contaram a polícia militar que "Deusinha" estava deitada na cama quando foi golpeada com uma facada no peito. 

Adailton havia chegado há cerca de 1 mês de outro estado onde trabalhava como montador. Sendo que ciúme excessivo pode ter sido a causa mais provável para o assassinato. 

De acordo com o Tenente Ítalo, comandante da PM de Santa Rita, as buscas seguem no sentido de prender o suspeito. 

A vitima deixa dois filhos, um de quatro anos e outro de colo.

feminicídio é o homicídio praticado contra a mulher em decorrência do fato de ela ser mulher (misoginia e menosprezo pela condição feminina ou discriminação de gênero, fatores que também podem envolver violência sexual) ou em decorrência de violência doméstica. A lei 13.104/15, mais conhecida como Lei do Feminicídio, alterou o Código Penal brasileiro, incluindo como qualificador do crime de homicídio o feminicídio.


Nenhum comentário:

Em reunião, Prefeitura e Estado definem ações de segurança no sistema de transporte de São Luís

  Por determinação do prefeito Eduardo Braide, as secretarias municipais de Segurança com Cidadania (Semusc) e de Trânsito e Transportes (SM...