quarta-feira, 26 de julho de 2023

Prefeito de Estreito se torna alvo do MP após show polêmico com cenas quentes de cunho sexual

 


O prefeito de Estreito, Léo Cunha (PL), tornou-se alvo de uma investigação criminal do Ministério Público do Maranhão (MP-MA), através da Assessoria de Investigação dos Ilícitos Praticados por Agentes Políticos Detentores de Foro Ratione Muneris.

A investigação tem como objetivo apurar cenas de cunho sexual no show da cantora Manu Bahtidão, que causou polêmica nas redes sociais, ocorrido no último domingo (23), na praia da Ilha Cabral em Estreito relembre.

O Ministério Público também vai apurar o valor de R$ 190 mil pagos a artista, consumo de cachaça com maconha na casa do prefeito e a postura de Léo Cunha, no palco, consumindo bebida alcoólica.

“As informações obtidas por esta Assessoria de Investigação, por meio de diversas matérias jornalísticas veiculadas por sites e páginas de redes sociais, da ocorrência de show da cantora “Manu Batidão”, na praia na Ilha Cabral, em Estreito, no dia 23.07.2023, promovido pela Prefeitura Municipal de Estreito” diz um dos trechos do documento.

A investigação foi assinada por três promotores. Fábio Henrique Mendes, José Carlos Filho e Reginaldo Carvalho.






Nenhum comentário:

SESI-MA desvaloriza a Cultura de Rosário, durante inauguração de unidade no Município

  Nesta quarta-feira, dia 10 de abril, às 16 horas, durante a  inauguração do Serviço Social da Indústria ( SESI-MA ),   do Centro de Atendi...