segunda-feira, 27 de abril de 2020

Apoiador de Jair Bolsonaro, Roberto Rocha pode entrar em choque com o PSDB

A crise política e institucional deflagrada com o rompimento do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) colocou o senador Roberto Rocha (PSDB) numa situação desconfortável. Apoiador entusiasmado do presidente, numa ação não alinhada à do seu partido, o senador maranhense terá agora de rever sua posição ou entrar numa perigosa rota de colisão com o partido. Isso porque o líder do PSDB na Câmara federal, deputado Carlos  Sampaio (SP), anunciou ontem que pedirá a instalação de uma CPI Mista (Câmara e Senado) para investigar as denúncias, isso logo depois de o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, a maior estrela do tucanato, ter pedido a renúncia do presidente Jair Bolsonaro, e do governador de São Paulo, João Doria, que atualmente dá as cartas na agremiação, chamar o presidente da República de “Vírus do Planalto”. Se a situação se acirrar mais ainda, como está prometendo, o senador Roberto Rocha poderá entrar em choque com o partido e ter de escolher de que lado vai ficar.

Via Reporte do Tempo.

Nenhum comentário:

Em Rosário: Auxiliar Administrativo da prefeitura e blogueiro de Irlahi ataca grupo de Calvet Filho e o apresentador de live Jackson Santos

Blogueiro tenta calar o Direito de Jackson Santos de se expressar . O blogueiro e Auxiliar Administrativo da prefeitura Suerle Mourão do SM ...