quarta-feira, 29 de abril de 2020

Jonas Magno desesperado por votos comete crime eleitoral em Rosário

O vereador e pré-candidato a prefeito Jonas Magno PDT, vem cometendo  crimes eleitorais   gravíssimos  por abuso do poder econômico, campanha antecipada e uso da coisa pública para campanha eleitoreira, realizando o cadastro do Auxilo Emergencial de beneficiarios que é um trabalho da prefeitura de Rosário e da Caixa Econômica Federal.

Para tentar bular a lei Jonas Magno coloca que a ação está sendo realizada pelo partido (PDT), que está realizando o cadastramento na sede do partido no centro de Rosário. O Ministério Publico Eleitoral tem que investigar o caso com rigor.


Pré-candidato a prefeito Jonas Magno para enganar  o MPE  vem usando o partido para cometer crimes eleitorais.


No máximo o vereador Jonas Magnos pode solicitar melhorias no atendimento do cadastro  do Auxilio Emergencial e fiscalizar a realização por parte da prefeitura e da Caixa, se está atendendo corretamente os moradores mais humildes que não tem um celular para baixar aplicativo Emergencial da Caixa para receber o beneficio de R$ 600 reais.

O vereador passou 4 anos omisso sem realizar uma ação para beneficio da população e sequer realizou a fiscalização do hospital SESP, que está um caos. Agora que está  perto das eleições o vereador está desesperado atrás de votos.

A Semas vem realizando todos procedimentos de apoio ao cadastro do Auxilio Emergencial, que é auxiliando os beneficiários que também recebem ao bolsa família .

Segundo a Semas em contato com o blog declarou que a Secretaria Municipal vem cumprindo todas as  normas do governo federal para dá segurança e suporte nas informações aos beneficiários nesta luta contra Covid 19.

E a Semas declarou que não tem nenhum vínculo com o vereador cujo seu trabalho era fiscalizar o bom trabalho dos funcionários da Semas, cujo o parlamentar tem que evitar aglomerações.
Prefeitura de Rosário vem dando apoio no  cadastro do Auxílio Emergencial como mostra página. 


Agora cabe o Ministério Público Eleitoral  notificar o vereador e pré candidato a prefeito. 


Depois de ter cometido o crime eleitoral o parlamentar com certeza  vai para redes sociais chorar  alegando  que a matéria é Fake News".

Mas as provas mostram, que a matéria é verdadeira cujo o parlamentar tem todo direito de enviar uma nota ao blog .

Veja as provas!










Em nota da matéria passada o vereador e pré-candidato prefeito destacou, que o comunicador de verdade não falseia a realidade, não age com parcialidade a favor de candidatos, ainda que um deles seja seu pai  relembre. 

A democracia não tolera mentiras, agressões imorais e fake news. Lutaremos sempre pela boa política.
Contra a politicagem e as mentiras entraremos na Justiça.

Nenhum comentário:

Em Rosário: Auxiliar Administrativo da prefeitura e blogueiro de Irlahi ataca grupo de Calvet Filho e o apresentador de live Jackson Santos

Blogueiro tenta calar o Direito de Jackson Santos de se expressar . O blogueiro e Auxiliar Administrativo da prefeitura Suerle Mourão do SM ...