sábado, 4 de agosto de 2012

Empossada primeira presidente da Associação Comercial de Bacabeira

Bacabeira-MA: A empresária Núbia Costa Barros é a primeira presidente da Associação Comercial de Serviços e Indústria de Bacabeira, município localizado a 58 km de São Luís. A posse foi realizada quinta-feira (2), na sede da Câmara de Vereadores do município.

A entidade foi formalizada como resultado de um trabalho feito em parceira com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) de conhecimento e fomento ao associativismo como uma das formas de fortalecer social e economicamente o município.

A ação é parte do Projeto Adensamento da Cadeia de Petróleo, Gás e Energia no Território de Influência da Refinaria Premium I, que capacita cerca de 120 empresas instaladas em São Luís, Bacabeira, Santa Rita e Rosário, para que se tornem fornecedoras de produtos e serviços para os grandes empreendimentos que se instalam no estado, especialmente a Refinaria da Petrobras – maior da América Latina -, construída pelo Consórcio GSF (Galvão, Serveng e Fidens).

Além de Bacabeira, o município de Santa Rita oficializará a constituição da Associação Comercial, Industrial e de Serviços do município, em evento que acontece hoje, às 19h, na Escola Municipal Orlado Gasileu.

A gestora do projeto no Sebrae, Marina Lavareda, disse que foram executadas diversas ações e fomento ao associativismo e cooperativismo, com o propósito de estruturar e fortalecer a rede de possíveis fornecedores dessa cadeia produtiva e melhorar o ambiente de negócio.

“Fizemos palestras nos dois municípios com representantes da Associação Comercial de Açailândia, para troca de experiências e conhecimentos. Realizamos cursos na área de atendimento ao cliente e gestão financeira. O próximo passo será o ciclo de palestras sobre captação de sócios contribuintes”, informou a gestora.

O Sebrae realizou ainda o mapeamento das micro e pequenas empresas atuantes na região e promoveu palestras com pequenos grupos para disseminar a importância de uma Associação Comercial como entidade representativa de classe. 

Papel - A presidente da Associação Comercial de Bacabeira reconheceu o papel do Sebrae na criação da entidade. “Esse apoio foi fundamental para que nós, empresários, pudéssemos nos organizar enquanto entidade e, assim, fortalecer a atuação de cada um por meio do todo. A nossa meta agora é agregar mais associados e engajá-los em nossas ações”, declarou.

De amplitude nacional, o Projeto Adensamento da Cadeia de Petróleo, Gás e Energia, parceria do Sebrae e Petrobras, é executado no Maranhão desde junho de 2010.

A intenção é estimular micro e pequenas empresas de áreas diversas, potenciais fornecedoras da cadeia produtiva, no sentido de estruturarem-se melhor em planejamento e gestão do negócio, além de ampliar o acesso a novos mercados.

Na primeira etapa do projeto maranhense, que será encerrada em setembro deste ano, já realizou a sensibilização e adesão de 120 empresas – das áreas de treinamento, consultoria, metal/mecânica, construção civil, etc, instaladas nos quatro municípios atingidos pela refinaria – São Luís, Bacabeira, Santa Rita e Rosário.

Dessas, atualmente 58 se encontram em processo de adaptação para a exigência da cadeia produtiva de petróleo, gás e energia e 12 delas estão aptas a prestar serviços e fornecer obras e/ou produtos.

“As empresas que estão em vias de conquistar esse nível são avaliadas a partir de um indicador estabelecido pelo projeto, bastando apenas regularizar um ou outro documento e providenciar uma adequação melhor às normas ambientais”, explicou Marina Lavareda.

Mais

Para a segunda etapa do projeto – prevista para iniciar em setembro de 2012 – um novo grupo de empresários será formado. Aqueles que participaram da primeira etapa vão continuar com esse processo de desenvolvimento, para que possam estar preparados não apenas para a Refinaria Premium I, mas para os grandes projetos que estão chegando ao Maranhão.

Nenhum comentário:

Moradores denunciam descaso da Travessa Bom Jesus na Malvinas.

Os moradores da Travessa Bom Jesus no Bairro da Malvinas em Rosário, estão vivendo um drama de anos de descaso que a comunidade vive que ...