quinta-feira, 28 de março de 2024

Aluísio Mendes aponta falta de maturidade e coerência de Felipe Camarão


O vice-governador do Maranhão, Felipe Camarão (PT), foi alvo de críticas por retirar seu apoio ao empresário Fred Campos após o Republicanos firmar aliança junto ao pré-candidato à prefeitura de Paço do Lumiar pelo PSB.

De acordo com o ATUAL7, após Campos firmar aliança com o deputado federal Aluísio Mendes e o partido Republicanos, o movimento causou desconforto em Camarão, que já havia criticado a aproximação da prefeita Paula Azevedo (PCdoB) com políticos ligados ao ex-presidente Jair Bolsonaro.

“Diante desse apoio não posso incoerente. Mantenho minha palavra. Retiro-me das articulações e deixo a decisão com o diretório municipal do PT. E não farei em hipótese alguma, neste caso, campanha contra a Paula vez que minha crítica era pontual neste sentido. Logo, são dois aliados que apoiaram o governo e o que um vale para um tem que valer para o outro […] Não tenho mais declarar apoio o Fred neste contexto”, declarou.

A reação de Camarão, no entanto, gerou controvérsia, especialmente porque o Republicanos faz parte da base de apoio do governo Lula em âmbito nacional. Na oportunidade, Aluísio Mendes apontou uma falta de maturidade política e coerência do titular da Seduc.

“Não vi a colocação do vice-governador sobre isso, mas se houve acho que ele deveria também tirar o apoio ao presidente Lula, que fez do seu governo um governo de coalizão, inclusive com a participação do Republicanos que hoje ocupa uma pasta no ministério dos Portos e Aeroportos. Falta ao vice governador maturidade e coerência, logo ele que por anos esteve ligado ao grupo político da ex-governadora Roseana Sarney e hoje está travestido de petista”, declarou.

Campos, por sua vez, fortalece sua candidatura com uma ampla aliança, o que lhe garante vantagens, como maior tempo de propaganda eleitoral gratuita, determinado pelo número de membros do partido no Congresso Nacional.

Não é de hoje que o vice-governador e titular da Seduc, Felipe Camarão é criticado pela falta de maturidade e coerência, o prefeito do município de Rosário/MA, Calvet Filho, do Republicanos, também fez duras críticas ao  vice-governador, Felipe Camarão, que durante evento do Partido dos Trabalhadores (PT) fez declarações contra o prefeito, afirmando que ele seria extremista e fazia parte da ultradireita no município relembre..

“Eu apenas defendo os valores cristãos, eu defendo a família, eu defendo e valorizo as pessoas”, afirmou Calvet Filho. O prefeito destacou a importância de suas crenças e sua dedicação à comunidade, contrastando com o que ele descreveu como despreparo e preconceito por parte do secretário de educação.

“Mostrou o despreparo, o desrespeito e o preconceito com a minha classe evangélica, com a minha classe de pessoas que acreditam no futuro melhor”, acrescentou o prefeito, enfatizando a suposta falta de consideração de Camarão para com sua comunidade religiosa.

Calvet Filho também fez críticas à postura política de Camarão, alegando que ele se aproveita de situações para ganho pessoal. “Eu quero dizer que infelizmente eu voltei por tabela em um oportunista como esse que se diz hoje petista”, declarou o prefeito, sugerindo uma mudança de postura por parte do vice-governador.


Só lembrando que tanto Campos e Calvet Filho são aliados do deputado federal Aluísio Mendes e do governador Carlos Brandão, e botaram o bloco rua e conseguiram grandes votações em seus respectivos municípios para eleger o atual governador do Maranhão Carlos Brandão e seu vice Camarão que agora  deu para atacar os aliados de Brandão.

Nenhum comentário:

" Liderança de Calvet Filho com 50% em pesquisa eleitoral é a resposta da população, vendo um ótimo trabalho de reconstrução de Rosário que foi sucateada por gestões passadas", diz Macarrão

O Agente Administrativo da polícia federal, pré-candidato a vereador de Rosário, Carlos Macarrão ( Podemos), destacou ao blog que a pesquisa...