quarta-feira, 24 de abril de 2024

Dinheiro de convênios federais pagou até escola de filhos de Josimar Maranhãozinho, diz PF


Segundo o relatório final da operação Engrenagem,  há indícios de que valores tenham sido direcionados para contas do irmão, de aliados e até para custear a educação dos filhos de Josimar de Maranhãozinho (PL). A informação foi divulgada pela Folha de São Paulo nesta quarta-feira (24).

A investigação foca na fraude de um convênio do Ministério da Agricultura para “adequação de estradas vicinais” em Zé Doca, administrada pela irmã do parlamentar.O contrato em questão, avaliado em R$ 1,8 milhão, foi celebrado com a 

empresa PRL Pereira ME, identificada pela PF em transações suspeitas com indivíduos e entidades ligadas ao deputado. O relatório também menciona outros R$ 15 milhões destinados a cidades maranhenses em 2020, provenientes do Ministério da Saúde e direcionados por Maranhãozinho.

O advogado do deputado, José Eduardo Cardozo, afirma que todas as transações foram devidamente declaradas à Receita Federal. Já a PF sustenta a existência de uma rede de empresas suspeitas de serem de fachada, possivelmente utilizadas para desvios em diversos contratos financiados por emendas parlamentares de Maranhãozinho.

O documento aguarda manifestação da PGR (Procuradoria-Geral da República) desde dezembro de 2023. Cabe à PGR denunciar, pedir novas medidas ou arquivar o inquérito.

Maranhãozinho já havia sido alvo de investigações anteriores, como na operação Descalabro, de 2021, na qual foi flagrado em seu escritório político com grandes quantidades de dinheiro.

Nenhum comentário:

Vídeo: Passageiro passa mal e morre em voo da Azul entre Imperatriz e São Luís

Na madrugada desta sexta-feira (17), um passageiro passou mal a bordo de um voo (Imperatriz – São Luís) e acabou falecendo. Segundo a assess...