terça-feira, 16 de julho de 2019

Esquerda rosariense deverá realizar protesto pacífico durante visita do presidente Bolsanaro em Rosário.

A esquerda rosariense deverá realizar um protesto pacífico  durante a visita do presidente  Bolsanaro no mês de Agosto em Rosário  para inauguração  do complexo Ferroviário ( antiga estação de trem)  e a entrega de  500 moradias em Salva Terra obras do governo  federal .

Segundo informações  a esquerda rosariense  deverá se manifestar  pela prisão do ex- presidente Lula onde alegam que foi ilegal e a aprovação  da Reforma da previdência   aprovada em 1° turno na Câmara Federal .

Presidente Jair Bolsonaro visitará São Luís, Alcântara e Rosário em Agosto

O processo que culminou com a ordem de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi expedida pelo ex-juiz federal  e agora Ministro da Justiça  do Governo  Bolsanaro  Sérgio Moro, teve início há cerca de cinco anos, quando a força-tarefa da Operação Lava Jato iniciou a investigação da compra de um apartamento triplex à beira-mar no Guarujá (SP).
Os investigadores informaram que o ex-presidente teria sido beneficiado com o repasse de R$ 3,7 milhões em propina – parte paga por meio do triplex no Guarujá (SP) - em troca de conceder vantagens à empreiteira OAS em contratos com a Petrobras. Outra parte do dinheiro teria sido recebida por meio do pagamento das despesas de armazenamento do acervo presidencial acumulado por Lula em seus oito anos de mandato. Quatro dias depois, Moro aceitou a denúncia, tornando Lula réu na Lava Jato. A partir daí teve início a ação penal.
Por outro lado a esquerda alega ilegalidade na prisão do ex- presidente  .
A prisão do ex-presidente Lula, após condenação   a prisão viola o princípio da presunção da inocência tratado no artigo 5º da Constituição, que trata do trânsito em julgado da sentença. 
Segundo a esquerda  a ilegalidade foi mantida porque a presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, decidiu não pautar a discussão sobre o assunto pelo plenário da Corte.
O ministro do STF Edson Fachin retirou da pauta da Corte o julgamento de um pedido de liberdade apresentado pela defesa de Lula que estava previsto para ocorrer pela  2ª Turma da corte.Também  Fachin mandou arquivar processo de investigação que associava do ex- presidente Michel Temer a um documento encontrado no escritório de um senador do PP investigado por compra de silêncio de testemunhas.

Nenhum comentário:

"Flávio Dino quer mais um aumento na taxa de vistoria de automóveis, antes era R$ 11,80 ele quer R$ 115 reais”, diz deputado Wellington ao cobrar informações

O deputado estadual Wellington do Curso utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa para denunciar um novo aumento na taxa de vistoria n...