segunda-feira, 21 de março de 2022

VERGONHA: Irmão de ex-prefeita debocha dos produtores que fornecem para o PNAE em Rosário


O irmão da ex-prefeita Irlahi Moraes, Wallace Moares e tio do ex-vereador Jonas Magno, debochou dos moradores da comunidade de São Miguel em rede Social descrevendo que os moradores estavam com medo de perde a boquinha do PNAE-
 Programa Nacional de Alimentos Escolares, promovido pela Prefeitura Municipal de Rosário na gestão Calvet Filho, através da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (SEMED) e da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (SEAGRI) que ajuda centenas de produtores, demais empreendedores rurais e mais de 18 associações de diversas comunidades de Rosário. 

Wallace que sempre ficou calado a 8 anos quando a irmã era prefeita de Rosário e nunca ajudou moradores do povoado de São Miguel agora ataca o gestão atual de Calvet Filho por conta das enchentes provocadas pelo Rio Itapecuru em um trecho do povoado.

O interessante que quando a irmã foi prefeita durante 8 anos  e o sobrinho era vereador não existia o Rio Itapecuru e nem enchente e agora o Rio Itapecuru existe na gestão Clavet Filho. 

A Prefeitura de Rosário, através da Secretaria Municipal de Segurança e Cidadania (SEMUSC) por meio da Coordenação de Defesa Civil do município e em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA), realizou a instalações de réguas para medição do nível do Rio Itapecuru e afluentes. Os equipamentos foram colocados em pontos estratégicos nos povoados Itaipu e Pirangi, além do bairro Irã, e em breve a régua principal será colocada sob a ponte que atravessa o Rio Itapecuru.

As réguas permitem um acompanhamento mais preciso de possíveis cheias dos corpos d'água, inclusive, pelas comunidades atingidas ou que possam ser atingidas pelas inundações nos períodos de chuva. Antes a Defesa Civil Municipal monitorava apenas com dados de outros municípios do Baixo Itapecuru - principalmente Itapecuru-Mirim, além de órgãos estaduais e federais, pois as réguas colocadas em 2009 já estavam em deteriorização, e outras nem existiam mais.

Com as réguas de medição, a Defesa Civil de Rosário passa a estabelecer seus parâmetros, permitindo ações mais efetivas e rápidas de prevenção e redução de danos visando, sobretudo, a preservação da vida humana nas áreas ribeirinhas do município de Rosário.




 

Nenhum comentário:

Em reunião, Prefeitura e Estado definem ações de segurança no sistema de transporte de São Luís

  Por determinação do prefeito Eduardo Braide, as secretarias municipais de Segurança com Cidadania (Semusc) e de Trânsito e Transportes (SM...