segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Técnicos do Programa leishmaniose visceral intensificam ações contra o calazar em feiras de São Luís.

Os  técnicos do Programa  da leishmaniose visceral do Governo do Estado e da  prefeitura do  município de São Luís realizaram, ações todo este mês de Agosto,  educativas em feiras de São Luís  e para os estudantes das escolas da rede municipal  com o tema “Educação em Saúde e Identificação de Educandos com Sinais e Sintomas para a Doença”. O objetivo foi incentivar a participação de estudantes, pais e responsáveis na prevenção da  leishmaniose visceral e tegumentar causam calazar e ferida brava .


As  ações  foram realizadas  na  Feira do João Paulo e na feirinha  São Luís. A programações  contaram com apresentação da  palestrante Sheyla falando das prevenções. 
Prevenção

Os principais reservatórios da doença são raposas, tamanduás e cães silvestres e cães domésticos. Destes, o principal são os cachorros. Ao serem infectados, eles podem apresentar complicações semelhantes às acometidas nos seres humanos. Para prevenir a doença, ambientes limpos para evitar o criadouro do mosquito-palha, vetor da doença. É recomendável usar repelentes, além de utilizar telas nos cestos de lixo. No caso dos animais de estimação, visitas periódicas ao veterinário são recomendáveis.


Nenhum comentário:

Edivaldo inicia obras no Vinhais e garante asfalto em outros bairros de São Luís

O prefeito Edivaldo Holanda Junior acompanhou na manhã desta terça-feira (17), no Vinhais, o início de uma ampla frente de serviços de re...