sexta-feira, 3 de janeiro de 2020

Auxiliar de segurança penitenciária é morto a tiros em frente a banco na Cohab


A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) lançou nota lamentando o assassinato de um auxiliar de segurança penitenciária, lotado na Unidade Prisional de Ressocialização São Luís 5 (UPSL5). Carlos Augusto Correa foi morto na manhã desta sexta-feira (03).

Ele teria sido alvejado com, pelo menos, cinco tiros nas costas em frente ao Banco do Brasil, no bairro Cohab, em São Luís. A Polícia Civil, por sua vez, disse que vai investigar as circunstâncias da ocorrência. Ainda não se sabe o que motivou o crime. "A Seap informa que está dando assistência à família do auxiliar", informou a nota.

Imagens divulgadas por populares mostram uma grande quantidade de sangue no chão, em frente à agência. Depois de ter sido alvejado, o homem foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e ainda foi encaminhado para uma unidade hospitalar da capital maranhense, mas não resistiu aos ferimentos.

Nenhum comentário:

Maranhão chega a 71 casos confirmados de coronavírus

Na noite desta quarta-feira (1), o Secretário de Estado da Saúde do Maranhão, Carlos Lula, informou em suas redes sociais que o estado re...