quarta-feira, 22 de maio de 2024

Assembleia dobra salário de Brandão, Camarão e de secretários


A Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou, nesta terça-feira (21), projeto de lei de autoria da Comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização e Controle que reajusta os vencimentos do governador Carlos Brandão (PSB), do vice-governador, Felipe Camarão (PT), e dos secretários de Estado.

O projeto passou em plenário por maioria, em votação simbólica, com os votos contrários apenas dos deputados Yglésio Moyses (PRTB), Othelino Neto (PCdoB), Soldado Leite (PSC) e Wellington do Curso (Novo). Um requerimento de apreciação em regime de urgência, de autoria do deputado Roberto Costa (MDB), possibilitou que a matéria fosse votada em sessão extraordinária.

Com a aprovação, o novo salário do governador maranhense passa de R$ 15.915,40 para R$ 33.006,39, a partir de 1º de junho deste ano - o que o tira da rabeira do ranking salarial de governadores brasileiros.

O valor equipara-se ao que já ganham os deputados estaduais maranhenses: desde 1º de fevereiro, os parlamentares recebem R$ 32.196,02 - valor que chegará a R$ 34.774,64 a partir de 1º de fevereiro de 2026.

Além do subsídio do chefe do Executivo, foram reajustadas, também, as remunerações do vice-governador (de R$ 14.198,18 para R$ 31.289,17) e dos secretários de Estado (de R$ 11.154,24 para R$ 28.245,23).

O texto agora vai a sanção do chefe do Executivo estadual.

Nenhum comentário:

Criança de três anos que foi atingida por coice de cavalo em Santa Rita, morre a caminho de hospital em São Luís

Uma criança de três anos, identificada por Kauê Mendes dos Santos, morreu nesta quinta-feira (20), após ser atingido por coice de um cavalo,...